Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

02
Dez23

Bolinhos de Coco

(Sem Glúten e Lactose)

O hábito NÃO faz o monge! Podem não ser os bolinhos mais bonitos que já viram mas, deliciosos, garantidamente, o são!

Já dizia o ditado “A necessidade aguça o engenho!", e é precisamente pela necessidade de servir alimentos isentos de glúten e/ou lactose que vou descobrindo algumas maravilhas gustativas!

Experimentem, se não, como vão saber se gostam?

IMG_2959.jpeg


Bolinhos de Coco

  • 2 Ovos
  • 80 g de Açúcar amarelo 
  • 140 g de Farinha de arroz
  • 140 g de Amido de milho
  • 140 g de Polvilho doce
  • 1 Colher de Sopa de Fermento em pó 
  • 120 g de Coco ralado
  • 80 ml de Bebida vegetal de Coco
  • 100 g de Óleo de Coco
  • Raspa de 1 Limão 
  • Cobertura (Opcional): Coco; Canela; Açúcar Branco q.b

 

Preparação:

  1. Coloque numa tigela o açúcar com os ovos e bata bem com uma colher de pau.
  2. Junte as farinhas e o polvilho (peneirados), o fermento, o coco ralado, a bebida vegetal, o óleo de coco e a raspa do limão, e misture com as mãos, somente o suficiente até obter uma massa uniforme. (Não amasse.)
  3. Faça bolinhas com as mãos, acha-te-as ligeiramente, passe pela(s) sua(s) cobertura(s) favorita(s) e disponha num tabuleiro forrado com papel vegetal.

    IMG_2941.jpeg

  4. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C, por cerca de 10-15 minutos. Os bolinhos estão prontos quando estiverem ligeiramente douradinhos.
  5. Depois, retire do tabuleiro e deixe arrefecer em cima de uma grelha.
  6. Sirva e delicie-se.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Pode substituir: o polvilho doce por amido de milho; o óleo de coco por óleo de milho, óleo de amendoim ou outra gordura vegetal.
26
Nov23

Trança M&M - Companhia Ilimitada

(Trança de Batata-doce com Recheio de Maçã & Marmelo)

A irmandade Maçã & Marmelo em comunhão com a massa adocicada, a canela e a amêndoa, concebe uma simbiose inacreditável, o que torna esta trança muitíssimo interessante.

Preparada com ingredientes básicos da nossa despensa, a massa húmida, deliciosamente macia e enriquecida por excelênciadeixa-nos deslumbrados com esta infalível receita. Mas a beleza desta trança não se limita aos sabores e às texturas impecáveis. A massa sedosa e maleável é uma tela em branco a ansiar que um artista a transforme.

De certeza que ainda não experimentaram esta maravilha, tão perfeita que derrete na boca, por isso terão uma magnífica surpresa!

A parte mais difícil disto tudo, é ter paciência suficiente para aguardar que a trança arrefeça!

IMG_2899.jpeg

IMG_2909.jpeg

Uma sugestão para a sua mesa de Natal🎄, que vai arrebatar os seus convidados!


Trança de Batata-doce com Recheio de Maçã e Marmelo

  • 200g de Batata-doce branca (cozida e descascada)
  • 200g de Maçã Reineta crua (polpa)
  • 200g de Marmelo cru (polpa)
  • 100ml de Leite 
  • 20ml de Licor de Anis 
  • 40g de Manteiga com Sal
  • 7g de Fermento de Padeiro seco
  • 1 Ovo M
  • 65g de Açúcar amarelo
  • Raspa de 1 Limão 
  • 450g de Farinha de Trigo
  • 1 Colher de Chá de Mel
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó 
  • 1 Ovo (para pincelar)
  • 35g de Amêndoa laminada 
  • 1 Colher de Sopa de de Açúcar mascavado (polvilhar)
  • Opcional: Geleia q.b (para finalizar)


Preparação:

  1. Coza a batata-doce, cortada em rodelas, em água com uma pitadinha de sal. Depois, escorra bem e deixe arrefecer completamente.
  2. Coloque num copo, a batata-doce, a manteiga (amolecida), o leite (morno) e o licor de anis, e triture bem com a varinha magica. Transfira para a tigela da batedeira ou para o robot de cozinha e adicione o fermento, o ovo (à temperatura ambiente), o açúcar a raspa do limão e a farinha. Amasse muito bem, em velocidade média, usando o gancho de massa, até formar uma massa lisa que se desprende das laterais da tigela. Este processo pode demorar 10 a 20 minutos dependendo da batedeira, da farinha e até da humidade do ar, por isso seja paciente. O resultado será uma massa solta.
  3. Forme uma bola com a massa, coloque numa tigela e tape com película aderente. Deixe a levedar no mínimo 1 hora, até que duplique de tamanho.
  4. Entretanto, coloque a cozer, num pouco de água, as maçãs e os marmelos descascados e cortados aos pedaços. De seguida, escorra e deixe arrefecer.
  5. Esmague muito bem com um garfo, a polpa da maçã e do marmelo até obter um puré e, depois, misture bem o mel e a canela em pó. (Cá em casa gostamos do puré com alguns pedacinhos de fruta mas, se preferir um puré homogéneo triture com a varinha mágica.)
  6. Depois de levedar, transfira a massa para a bancada enfarinhada e divida-a em 3 partes com o mesmo tamanho e estique-as com as pontas dos dedos.

    IMG_2865.jpeg

  7. Coloque em cada parte da massa uma porção do puré de maçã e marmelo.

    IMG_2871.jpeg

  8. Enrole, formando rolos. Coloque-os lado a lado num tabuleiro forrado com papel vegetal.

    IMG_2875.jpeg

  9. Dê forma à trança, juntando as pontas e dobrando-as para baixo. Tape com um pano limpo e deixe levedar por cerca de 45-60 minutos até dobrar de tamanho novamente.
  10. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  11. Pincele o ovo batido com 1 colher de sopa de leite ou água. Distribua a amêndoa laminada e polvilhe com açúcar mascavado.

    IMG_2891.jpeg

  12. Leve ao forno por cerca de 25 a 35 minutos (dependendo do seu forno). Verifique se está cozido ao fim de 25 minutos.
  13. Retire do forno e deixe arrefecer em cima de uma grelha. Pincele com geleia para dar um toque brilhante.
  14. Sirva a trança, morna ou fria.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Prepare a massa um dia antes e leve ao forno de manhã. Depois da massa levedar, deixe descansar no frigorífico durante a noite, para que a farinha tenha tempo de absorver os líquidos. Este passo não é necessário, mas deixa a massa muito mais saborosa e mais fácil de manusear.
  • Se quiser cozer a massa no mesmo dia, deixe levedar por 1 a 2 horas (dependendo da temperatura ambiente) até que duplique de volume.
20
Nov23

✨Bolo de Maçã Assada com Amêndoa✨Isento de Glúten e Lactose

Se têm maçãs maduras na vossa fruteira, à disposição, então terão que experimentar este bolo de maçã, sem glúten, lactose e manteiga, bem húmido e levemente doce.

A cobertura de leite condensado cozido, com canela, complementa perfeitamente os sabores da maçã assada e da amêndoa torrada, formando uma combinação cabalmente deliciosa.

Um deleite caseiro, com muito bom gosto, que acaba com aquelas maçãs já ultrapassadas no tempo. Sabem aquelas que já ninguém quer comer porque estão moles? São mesmo essas! 😁
 

IMG_2827.jpeg

 

IMG_2835.jpeg


Bolo de Maçã Assada com Amêndoa 
💫 (Isento de glúten e lactose)

  • 50 g de Óleo de Milho ou Amendoim 
  • 135 g de Açúcar amarelo
  • 1 Colher de Sopa de Geleia de Marmelo ou Mel
  • 1 Ovo
  • Raspa de 1 Limão
  • 1/2 Colher de Chá de Canela em pó 
  • 150 g de Farinha de Arroz
  • 100 g de Farinha de Amêndoa
  • 60 g Amido de Milho
  • 50 g Polvilho doce
  • 14 g de Fermento em pó
 
 Cobertura:
  • 120 g de Leite Condensado Cozido
  • 1 Colher de Chá de Bebida vegetal de Amêndoa
  • 1/2 Colher de Chá de Canela em Pó
  • 40 g de Amêndoa palitada torrada
 
Preparação:
  1. Pré-aqueça o forno a 170°C.
  2. Unte uma forma com uma gordura vegetal e polvilhe com farinha de arroz.
  3. Coloque a polpa da maçã assada, o óleo, a geleia, o ovo e o açúcar num copo e triture bem com a varinha mágica, até obter um puré homogéneo e sem pedacinhos de maçã. (Ou utilize um processador de alimentos para fazer este passo.)
  4. Numa tigela, coloque os restantes ingredientes e misture. Verta o puré e envolva com uma colher, até que a massa esteja bem misturada. (A massa deve ficar um pouco espessa). Se as suas maçãs estiverem muito suculentas, a massa pode ficar um pouco mais líquida do que é suposto. Nesse caso, adicione, aos poucos, amido de milho (1 a 2 colheres de sopa) e misture novamente.
  5. Coloque a massa na forma e alise gentilmente com uma espátula ou colher.

    IMG_2810.jpeg

  6. Leve o bolo ao forno, por cerca de 30 minutos, até que ao inserir um palito no centro do bolo este saia limpo.
  7. Deixe o bolo arrefecer 10 minutos na forma e depois desenforme.

    IMG_2816.jpeg

  8. Prepare a Cobertura: Coloque todos os ingredientes num tacho, menos a amêndoa, e leve a lume baixo. Mexa bem até ficar um creme bem macio e sem "grumos". De seguida, cubra o bolo com o creme e distribua a amêndoa palitada torrada.
  9. Deixe arrefecer por completo e sirva.

Bom apetite!

  • (*) Se quiser, substitua a Maçã Reineta pela Maçã Golden (madura). Eu experimentei e também ficou muito bom.
  • Coloque as maçãs numa travessa, junto com 1 pau de canela e 1/2 estrela de anis, e leve ao forno até ficarem bem assadas. Depois, deixe que arrefeçam completamente.
  • Como alternativa à cobertura que aqui sugiro, polvilhe o bolo com um pouco de açúcar em pó (para ficar ainda mais bonito).
  • Coloque a amêndoa palitada a torrar um pouco, no forno ou numa frigideira.
16
Nov23

Empadão de Bacalhau 🎣

Esta é um receita de empadão, com peixe, muito fácil de preparar e cheia de sabor. A cama de bacalhau estufado com o alecrim fresco e a cebola caramelizada, coberta por um cremoso puré de batata e couve-flor, vai deixar-vos a pedir mais!

São os bons ingredientes, a simplicidade e o gosto, que tornam este empadão sedutor!

Experimentem e distribuam boas vibrações, porque é isso que conta!

IMG_2761.jpeg

 

Empadão de Bacalhau 

  • 5 Batatas grandes 
  • 1 Couve-flor
  • 2 Postas de Bacalhau (demolhado)
  • 4 Cebolas
  • 4 Dentes de Alho
  • 1 Tomate maduro 
  • 1/2 Pimento vermelho 
  • Azeite q.b
  • 25 ml de Vinho Branco
  • 1/2 Colher de Chá Alecrim fresco
  • 1 Folha de Louro
  • Sal q.b
  • Pimenta q.b
  • Noz-moscada q.b
  • Salsa fresca q.b
  • 1 Ovo batido (para pincelar)

 

Preparação:

  1. Prepare o puré: descasque as batatas e retire as folhas da couve-flor, corte em quartos e coza, em água temperada com sal e pimenta, juntamente com 1 cebola. Quando estiver cozido, escorra e com um passe-vite desfaça tudo, para o mesmo tacho. Acrescente a noz-moscada (a gosto), e envolva bem até formar um puré homogéneo. Retifique os temperos e reserve.
  2. Coloque ao lume um tacho com água. Assim que a água começar a levantar fervura junte as postas do bacalhau e reduza o lume. Deixe cozer em lume brando durante cerca de 8 minutos. Retire o bacalhau e deixe arrefecer um pouco. Retire a pele e as espinhas do bacalhau e lasque-o. Reserve.
  3. Corte 2 cebolas em rodelas finas. Coloque num tacho juntamente com um pouco de azeite e leve a lume baixo até a cebola ficar ligeiramente caramelizada. Retire para uma taça e reserve.
  4. No mesmo tacho, prepare um refogado com azeite, os dentes de alho picados e 1 cebola picada. De seguida, adicione o tomate (pelado), cortado aos pedaços, o pimento vermelho (cortado aos quadradinhos), a folha de louro, o alecrim picadinho, a salsa picada, a pimenta (a gosto), e o vinho branco. Mexa bem e deixe cozinhar por 5 minutos. Junte um pouquinho de água quente, mexa e deixe ferver. Adicione o bacalhau às lascas e deixe cozinhar por uns 3 minutos, envolvendo tudo delicadamente. Se necessário rectifique o sal e a pimenta. Com o bacalhau pronto, retire a folha de louro, coloque numa assadeira, cubra com a cebola (reservada) e regue com o azeite. Termine com o puré.
  5. Pincele o topo com o ovo batido, faça uns riscos com ajuda de um garfo e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 15 a 20 minutos, até ficar dourado. Sirva de imediato.

Bom apetite!

14
Nov23

O Benfazejo Bolo de Laranja e Cenoura!

(SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE )

Caso para dizer que é um bolo nascido da "provocação" familiar! Então, fui desafiada a fazer um bolo sem glúten e sem lactose, saboroso, e, claro, interessante. Como não viro costas a uma boa "dificuldade" gastronómica fiquei a matutar, primeiro, quais seriam os ingredientes principais e, depois, qual seria o melhor tipo de massa para este desafio, se fofa e húmida ou um pouco mais densa e cremosa. Com a receita alinhavada, a partir de diversos pormenores na mente, avancei com a sua execução. Conclusão, o projecto não ficou aquém das expectativas e teve uma adesão em massa dos comilões da familia.

O bolo fica com duas texturas diferentes, uma semelhante à da Queijada e a outra lembra-me mesmo o Bolo de Amêndoa, meio esfarelada. Nós gostamos, por isso, espero que vocês também!

IMG_2779.jpeg

IMG_2791.jpeg


Bolo de Laranja e Cenoura 

(Sem Glúten e Sem Lactose)

  • 4 Ovos L
  • 110 g de Açúcar amarelo 
  • 30 g de Manteiga sem lactose
  • (55 g) 1 Cenoura pequena (descascada)
  • 180 ml de Sumo de Laranja (+/- 2 Laranjas)
  • Raspa de 2 Laranjas
  • 60 g de Farinha de arroz
  • 60 g de Amido de milho
  • 60 g de Polvilho doce
  • 100 g de Farinha de Amêndoa
  • 24 g de Fermento em pó

Cobertura:

  • 100 g de Chocolate negro com amêndoas e laranja 


Preparação :

  1. Pre-aqueça o forno a 180°C.
  2. Descasque e rale a cenoura finamente. Reserve.

    IMG_2744.jpeg

  3. Numa tigela, junte os ovos com o açúcar e bata durante 5 minutos. Adicione a manteiga derretida e bata por 5 segundos. Acrescente o sumo da laranja em fio, depois, a raspa de laranja e a cenoura, e bata na velocidade mínima por mais 5 segundos. 
  4. Noutra tigela, misture a farinha de arroz, o amido de milho, o polvilho doce, a farinha de amêndoa e o fermento.
  5. Por fim, com uma vara de arames, envolva os secos na massa em 3 vezes, com movimentos circulares.
  6. Verta numa forma untada com um óleo vegetal (girassol, coco ou outro) e polvilhada com farinha de arroz.

    IMG_2745.jpeg

  7. Leve ao forno por cerca de 30 minutos. Faça o teste com o palito para ver se está cozido.
  8. Deixe o bolo arrefecer na forma por 30 minutos, antes de desenformar.

    IMG_2751.jpeg

  9. Desenforme e finalize com o chocolate (derretido em banho-maria ou no microondas). Deixe arrefecer completamente e sirva.

    IMG_2783.jpeg

Bom apetite!

07
Nov23

Bolo de Marmelo e Canela

Estaria a mentir, se dissesse que ontem não me lambuzei no tempo do prazer inebriante!

Este prazenteiro bolo sumarento e fofo, é uma verdadeira revolução doceira e está destinado a ser dividido desenfreadamente, já que, toda a gente anseia por uma generosa fatia. Além disso, posso garantir que o sabor não trânsfuga de forma alguma para se filiar noutro qualquer bolo. A integração do marmelo concede-lhe húmidade, além de sabor, e a canela dá-lhe um toque ímpar!

Convide o(a) seu(sua) amigo(a) para se juntar a si na experiência desta façanha, para que não seja preciso "vir a salto"! 

IMG_2672.jpeg

 

IMG_2698.jpeg


Bolo de Marmelo e Canela

  • (300 g) 2-3 Marmelos (descascados e descaroçados)
  • 2 Cascas de Limão
  • 130 ml de Bebida vegetal de Aveia
  • 70 g de Manteiga
  • 2 Ovos
  • 240 g de Açúcar Mascavado
  • 450 g de Farinha de Trigo
  • 20 g de Fermento em pó
  • (2 g) 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio
  • (3 g) 1 1/2 Colheres de Chá de Canela em pó
  • Raspa de 1 Limão

 

Cobertura:
  • 150 g de Leite Condensado Cozido
  • 1 Colher de Sobremesa de Bebida vegetal de Aveia
  • 1 Colher de Chá de Manteiga
  • 1/2 Colher de Chá de Canela em Pó
  • 50 g de Miolo de Noz, picado grosseiramente

 

Preparação do Bolo:

  1. Descasque e retire o caroço dos marmelos, corte-os aos pedaços e coza-os em água com as cascas de limão. Depois, escorra bem, retire as cascas, e deixe arrefecer por completo.
  2. Pré-aqueça o forno a 180°C.
  3. Numa tigela, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, a canela e a raspa do limão. Reserve.
  4. Num copo, coloque a bebida vegetal e os marmelos cozidos, e triture muito bem com a varinha mágica até obter um creme. Reserve.
  5. Noutra tigela, junte o açúcar e os ovos e bata, com uma batedeira, em velocidade média-alta, por 30 segundos. Acrescente a manteiga derretida e o creme anterior, e misture bem, por 15 segundos.
  6. Adicione o preparado anterior aos ingredientes secos e misture, em velocidade baixa, apenas até incorporar e ficar uma massa uniforme. (Cerca de 7-10 segundos).
  7. Verta a massa numa forma préviamente untada com manteiga e enfarinhada. Alise a massa, gentilmente, com uma espátula de silicone.

    IMG_2660.jpeg

  8. Leve ao forno, por 30-35 minutos, até que ao inserir um palito no centro do bolo este saia seco.
  9. Deixe o bolo arrefecer na forma por cerca de 10 minutos e depois desenforme. Deixe arrefecer.

    IMG_2670.jpeg

  10. Prepare a Cobertura: Coloque todos os ingredientes num tacho, menos a noz, e leve a lume baixo. Mexa bem até ficar um creme bem macio e sem "grumos"De seguida, cubra o bolo com o creme e distribua o miolo de noz.
  11. Deixe arrefecer completamente e sirva.

Bom apetite!

02
Nov23

Omelete de Bacalhau com Couve e Feijão-fradinho

A omelete de bacalhau é uma das minhas omeletes favoritas e, juntamente com a couve e o feijão-fradinho, cria um prato incrivelmente saudável, com fibras ​​e proteínas (entre outros nutrientes), e, também, avuloma o sabor no prato. Uma opção... eletrizante!

Esta refeição, atesta o nosso "motor" com boa energia, fundamental, para enfrentarmos a labuta do dia.

Sigam a receita, passo a passo, e experimentem uma refeição simples que supera as adversidades, de forma natural!

IMG_2555.jpeg


Omelete de Bacalhau com Couve e Feijão-fradinho
 

  • 120 g Feijão-fradinho (cozido e escorrido)
  • 200 g Couve (Penca)
  • 3 Dentes de alho
  • Sal q.b
  • Azeite q.b
  • 3 Ovos
  • +/- 150 g de Bacalhau demolhado (desfiado)
  • 1 Cebola


Molho Verde:

  • 2 Colheres de Sopa de Salsa, picadinha 
  • 1 Cebola, pequena 
  • 1/3 Chávena de Chá de Azeite
  • 1/2 Colher de Chá de Mostarda Dijon
  • 1 Colher de Café de Vinagre de Arroz
  • Sal q.b


Preparação:

  1. Lave e corte as folhas de penca em tiras grossas. Leve a cozer numa panela com água e um pouco de sal. Quando estiverem cozidas, escorra.
  2. Entretanto, prepare o Molho Verde: Pique a cebola e a salsa para uma taça pequena. Junte uma pitadinha de sal, o vinagre e a mostarda e misture bem. Acrescente aos poucos o azeite enquanto mistura.
  3. Adicione numa frigideira um fio de azeite e os alhos picadinhos. Acrescente a penca e refogue bem, mexendo de vez em quando. Tenha atenção para não queimar. Quando já estiver ao seu gosto rectifique o tempero, se for necessário. 
  4. Caso opte pelo feijão-fradinho de lata, lave-o bem e escorra-o. Junte-o à penca e mexa. Se a mistura estiver seca, pode acrescentar mais um pouco de azeite, mas não exagere para que também não fique gordurosa. Reserve.
  5. Prepare a Omelete: Numa taça, bata os ovos, envolva o bacalhau e 1 cebola picadinha. Reserve.
  6. Numa frigideira anti-aderente, coloque um pouco de azeite e leve ao lume a aquecer. Acrescente 1/3 da mistura de ovos, deixe cozinhar em lume brando até a omelete estar ligeiramente dourada e, por fim, dobre-a. Retire para um prato e repita o processo, por mais duas vezes.
  7. Sirva a Omelete acompanhada com a mistura de Couve e Feijão-fradinho. Termine com o molho verde.

Bom apetite!

31
Out23

A Monstra "Laringela" 🧟‍♀️

(Sem lactose)

Querem um prato de Halloween deliciosamente assustador?🧌

Sugiro esta Monstra "Laringela", cujas "entranhas" têm um delicioso molho de tomate, atum e cogumelos salteados, combinados com diversos vegetais, todos, encarcerados entre fatias de beringela, e na "face" estão uns "olhos" de cenoura roxa e azeitona verde, um "nariz" de cenoura e uns "dentes" de cenoura roxa.

Experimentem e tenham um jantar, "mostruosamente", saboroso! 

IMG_2654.jpeg

 

🦇Lasanha de Beringela com Atum🦇

  • 1 Lata de Atum em Azeite
  • Azeite q.b
  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 1 Colher de Chá de Salsa (fresca, picadinha)
  • 1 Colher de Chá de Paprika Fumada
  • 20 ml de Vinho Branco
  • 2 Beringelas
  • 1 Cenoura grande ou 2 pequenas
  • 3 Alhos-franceses
  • 1 Couve roxa
  • 1/2 Pimento vermelho
  • 1/3 Cabeça de Funcho
  • 6 Azeitonas verdes
  • 4 Fatias de Queijo (de preferência, amanteigado, sem lactose)
  • Sal e pimenta q.b

 

Preparação dos vegetais:

  1. Comece por refogar a cebola e os dentes de alho picados, com o azeite.
  2. Acrescente a couve roxa (cortada fininha), o alho francês (em rodelas finas), as cenouras e o pimento (aos quadradinhos), e o funcho laminado. Adicione a paprika, o vinho branco, e a salsa. Deixe cozinhar durante 2 minutos.
  3. Junte, ainda, 30 ml da água quente, sal e pimenta preta. Deixe cozinhar por cerca de 15 minutos em lume brando. (Os vegetais não devem ficar secos, por isso, se for necessário acrescente mais um pouco da água quente).
  4. Verifique os temperos e reserve.

 

Molho de Tomate:

  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 2 Tomates
  • 1/4 Pimento vermelho
  • 4 Alcaparras
  • 30 ml de Vinho Branco
  • Azeite q.b
  • Manjericão, q.b.
  • Oregãos q.b
  • Sal e pimenta preta q.b
  1. Pique a cebola e o alho e coloque num copo juntamente com um fio de azeite. Junte o tomate, as alcaparras, o vinho branco, o pimento (aos bocados), o manjericão, os oregãos, o sal e a pimenta. Triture tudo com a varinha mágica até obter um molho homogéneo.


Cogumelos salteados:

  • 200 g de Cogumelos Paris Inteiros, frescos
  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 2 Colheres de Sopa de Azeite
  • 1 Colher de Chá de Oregãos
  • Sal e Pimenta preta
  1. Lave e corte os cogumelos em fatias. Salteie, numa frigideira, com azeite, a cebola e os dentes de alho picadinhos, os oregãos e um pouco de sal e pimenta. Cozinhe até ficarem tenros, e reserve.


Montagem:

  1. Corte as beringelas, com casca, em fatias finas no sentido longitudinal. Coloque numa tigela e mergulhe-as em água com um pouco de vinagre ou limão, para não oxidarem.
  2. Em duas assadeiras pequenas ou numa grande, coloque uma camada de: molho de tomate, beringela, vegetais, cogumelos e atum (escorrido). De seguida, cubra com molho de tomate e repita as camadas até terminar todos os ingredientes. No final, cubra com molho de tomate e acrescente uma camada de queijo.
  3. Leve ao forno pré-aquecido, a 180 ºC, durante 25 a 30 minutos. A beringela irá cozer no próprio molho.
  4. Sirva de seguida.

Bom apetite!🧛‍♀️

 

Dicas:

  • Se quiser pode adicionar um Molho Bechamel. Este molho em união com a beringela fica muito agradável.
30
Out23

🎀 Bolo de Pera com Abóbora 💞

(Sem lactose)

Um simples Espumante, levemente doce, com notas florais e fresco, funciona muito bem quando se trata da harmonização de vinhos com frutas. Além disso, se forem incluídas algumas especiarias como, por exemplo, a canela, o anis-estrelado, a noz-moscada ou o cravinho, o sabor fica ainda mais surpreendentemente!

Quanto à massa deste bolo, tem uma textura macia, bem húmida, com a cremosidade da pera entranhada no seu íntimo que se "derrete" na boca, tornando-se desnecessário acrescentar uma grande quantidade de manteiga (ou seja, gordura). Para culminar, os pedaços de pera "deslaçam-se" no forno, formando uma "calda" que se funde com a massa, dando um sabor soberbo!

Vejam vocês mesmos como, um Espumante acessível e um Fruto, são capazes de dar um charme, um encanto especial, a um bolo!

IMG_2620.jpeg

 

IMG_2636.jpeg


Bolo de Pera com Abóbora

  • 100 ml de Bebida Vegetal de Amêndoa 
  • 1 Estrela de Anis-estrelado
  • 1 Casca de Tangerina ou Laranja (sem a parte branca)
  • 1 Pau de Canela 
  • 150 g de Pera (polpa)
  • 140 g de Açúcar Mascavado
  • 2 Ovos
  • 240 g de Farinha de Trigo T55
  • 20 g de Amido de Milho
  • (5 g) 1 Colher de Chá (cheia) de Fermento em pó
  • 60 g de Manteiga sem Lactose 
  • 3 Peras (descascadas, descaroçadas e cortadas ao meio)
  • 60 g de Abóbora (descascada e fatiada)
  • Espumante q.b
  • Manteiga sem Lactose q.b. (para barrar a forma)
  • 2 Colheres de Sopa de Açúcar amarelo
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó
  • 40 g de Amêndoa com pele (triturada)

 

Preparação:

  1. Coloque a bebida vegetal, o anis, o pau de canela e a casca da tangerina num tacho pequeno e leve ao lume até ferver. Depois, tape o tacho e deixe em infusão até arrefecer.
  2. Descasque 3 peras e a abóbora e corte-as. Coloque numa taça e adicione o espumante (suficiente para cobrir). Tape com película aderente e deixe ao frigorífico, no mínimo 1 hora.
  3. Unte bem uma forma com manteiga. Retire 1 colher de sopa de amêndoa triturada e reserve. Distribua a restante pelas laterais da forma e polvilhe o fundo com 2 colheres de sopa de açúcar amarelo misturado com 1 colher de chá de canela em pó.

    IMG_2561.jpeg

  4. Distribua pela base da forma as metades da pera e as fatias da abóbora.
  5. Com uma batedeira, bata o açúcar com os ovos até ficar um creme fofo e esbranquiçado.
  6. Peneire, para uma tigela, a farinha de trigo, o fermento e o amido de milho. Reserve.
  7. Retire da bebida vegetal, o anis, o pau de canela e a casca da tangerina. Adicione a polpa da pera, cortada aos pedaços, e triture bem com a varinha mágica até ficar um puré.
  8. Misture, gentilmente, com uma colher de silicone, metade da mistura dos secos no preparado de açúcar e ovos. Depois, junte o puré e, de seguida, o que resta da mistura dos secos.
  9. Por fim, derreta a manteiga, em banho-maria ou no microondas, sem deixar que fique demasiado quente, e envolva-a delicadamente na massa.
  10. Com cuidado, verta a massa na forma, por cima da pera e da abóbora.

    IMG_2568.jpeg

  11. Cubra a forma com película aderente e deixe no frigorífico no mínimo 30 minutos. (Se puder, deixe no frigorífico durante a noite).
  12. No dia seguinte, pré-aqueça o forno a 180 °C.
  13. Retire a forma do frigorífico e distribua a amêndoa anteriormente reservada.
  14. Leve ao forno durante 30-35 minutos. Confira a cozedura do bolo com um palito, que deverá sair seco depois de espetado no centro.
  15. Retire do forno e deixe arrefecer na forma por 10 minutos, de seguida, desenforme.

    IMG_2572.jpeg

  16. Deixe arrefecer por completo e sirva.


Bom apetite!

 

Dicas:

  • Se pretender um bolo mega húmido, leve ao lume, num tacho pequeno, o espumante que utilizou/restou para cobrir a pera e a abóbora, uma casca de tangerina, um pauzinho de canela e 1 colher de chá de açúcar mascavado, e deixe ferver durante 7-10 minutos. De seguida, desligue o lume e deixe arrefecer. Depois de desenformar o bolo, retire a casca de tangerina e o pauzinho de canela da calda. Pincele a superfície do bolo com um pouco desta calda.
  • Este bolo deve ser servido, preferencialmente, à temperatura ambiente.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub