Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

08
Jul24

Bolinhos de Courgette e Limão

Na minha odisseia a tentar inserir as fotos nos Posts, reparei que agora só consigo fazer o upload de imagens com o tamanho máximo de 5MB quando o máximo "possível" nesta plataforma é de 10MB! Já a minha Mãe dizia "Quem não tem cão, caça com gato!" Vai daí... uploads!

Lamentável não poder apresentar as imagens destes deliciosos bolinhos com a melhor resolução, mas o que importa mesmo é que podem fazê-los em casa, apreciar e experimentar relaxadamente!

Ah, como é que surgiram os magníficos? Com umas bonitas courgettes no frigorífico a "dar azo à imaginação" e um iogurte (pois claro, também é importante), dá-se a ideia destes bolinhos macios, bem levezinhos, e saborosos! 

IMG_4725.jpeg


Bolinhos de Courgette e Limão 

  • 130 g courgette, descascada 
  • (150 g) 1 iogurte natural 
  • 1 colher de sopa de mel
  • 2 colheres de sopa de sumo de limão 
  • raspa de 1 limão grande 
  • 400 g de farinha de trigo com fermento
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 85 g de açúcar amarelo
  • 60 g de manteiga com sal 
  • 1 ovo grande

 

Preparação:

  1. Descasque e rale a courgette. Reserve.
  2. Numa taça, misture o iogurte com o mel, o sumo e a raspa de limão. Reserve.
  3. Coloque a farinha peneirada, o bicarbonato, o sal e o açúcar numa tigela e misture com uma colher. Adicione a manteiga (fria), cortada em pedaços pequenos, e esfregue na farinha com as mãos para formar migalhas grossas. De seguida, adicione a courgette e misture bem. Faça uma cova, acrescente o ovo batido com o iogurte e mexa até formar uma massa homogénea. (Não mexa mais do que o necessário.)
  4. Com as mãos enfarinhadas, faça bolas com a massa e coloque-as, afastadas umas das outras, num tabuleiro forrado com papel vegetal. Achate-as ligeiramente com as palmas das mãos.

    IMG_4724.jpeg

  5. Coloque no forno pré-aquecido a 220°C durante 15 minutos. Os bolinhos estarão prontos quando estiverem dourados.

Bom apetite!

06
Fev24

Bolo de Cenoura e Maçã

A minha receita de Bolo de Abóbora e Maçã, com uma massa macia e super húmida, que se funde na boca.

Um bolo infalível e realmente incrível, com a riqueza suficiente para transformar um simples lanche num evento 5🌟! É tão, tão bom... é perfumado e arrebatador como um bolo deve ser! 

IMG_3608.jpeg

 

IMG_3616.jpeg


Bolo de Cenoura e Maçã 

  • 300g cenoura (descascada e ralada)
  • 250g maçã (descascada e ralada)
  • 100g manteiga com sal
  • 220g açúcar mascavado
  • 2 colheres de sopa de mel
  • raspa de 1 laranja
  • 4 ovos 
  • 50g kefir natural 
  • 300g farinha de trigo para bolos com fermento
  • 50g farinha de arroz
  • 50g farinha de amêndoa 
  • 1 colher de chá de fermento em pó 
  • 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio 
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1/3 colher de chá de noz-moscada ralada ou em pó 
  • 40g amêndoa laminada
  • açúcar em pó q.b


Preparação:

  1. Numa tigela, bata a manteiga (amolecida), o açúcar, o mel e a raspa da laranja até obter um creme. Junte os ovos, um a um, e depois o kefir.
  2. Noutra tigela, misture todos os outros ingredientes secos, excepto a amêndoa laminada, e depois envolva-os no creme anterior.
  3. De seguida, rale a cenoura e a maçã e envolva na massa com uma colher. Verta numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha. Com uma colher ou espátula alise suavemente a massa e distribua a amêndoa laminada.

    IMG_3596.jpeg

  4. Leve a cozer no forno pré-aquecido a 170 °C, cerca de 50 minutos. Faça o teste com um palito.
  5. Desenforme o bolo, deixe arrefecer completamente e polvilhe com açúcar em pó antes de servir.

Bom apetite!

24
Dez23

✨Arroz Doce Cremoso

(Sem Lactose)

Um FELIZ NATAL a todos os Blogueiros que por aqui andam! 

Deleitem-se com um Arroz Doce Cremoso, uma especialidade cá de casa, em que não faltam as gemas! 

IMG_3198.jpeg

 

IMG_3214.jpeg


Arroz Doce Cremoso
(Sem lactose)

  • 250 g de arroz (especial para a confecção do doce)
  • 1,4 l de bebida vegetal de amêndoa 
  • 1 pitada de sal
  • 1 casca de limão 
  • 1 pau de canela
  • 1 estrela de anis
  • 160 g de geleia de arroz 
  • 60 g de mel
  • 2 gemas de ovo
  • 20 g de margarina vegetal
  • raspa de 1 limão 
  • canela em pó q.b


Preparação:

  1. Lave o arroz e coloque-o num tacho juntamente com 1l de bebida vegetal (fervente), uma pitada de sal, a casca de limão, o pau de canela, a estrela de anis, e coza-o, em lume brando, cerca de 15 minutos. Vá mexendo, de vez em quando, para não agarrar ao tacho.
  2. Num fervedor, ferva a restante bebida vegetal juntamente com a margarina, depois, junte ao arroz em fio, mexendo sempre muito bem. Deixe cozer 5 minutos, junte-lhe a geleia de arroz e o mel e deixe cozer mais 5-7 minutos. Tire do lume.
  3. Numa tigelinha à parte desfaça as gemas com um pouco do caldo do arroz, mexendo bem. Adicione-as ao arroz em fio, junte a raspa do limão e envolva bem. Leve novamente ao lume e aqueça um pouco para engrossar o arroz.
  4. Retire o pau de canela, a casca do limão e a estrela de anis. Sirva em tigelinhas ou num prato comum.
  5. Decore a seu gosto com canela em pó.
Bom apetite!
24
Out23

Bolo de Dióspiro Maça e Pistáchios

Lembro-me daquele sketch do Herman José (o "Severino") em que dizia "Na verdade... eu é mais bolos”. Não há melhor expressão para descrever o que sinto. A confeitaria é o meu maior amor gastronómico.

A fruta seleccionada para esta maravilha, o Dióspiro Maçã, também conhecido como Dióspiro de Roer ou Caqui, é uma fruta que deslumbra pela sua doçura e versatilidade.

Se gostam de Dióspiros experimentem este bolo, onusto de perfume, com um interior fofo e húmido, e uma doçura cremosa à superfície que contrasta com os pistáchios crocantes!

Como a massa deste bolo é um pouco densa, durante a cocção tende a crescer mais no centro, o que, para mim, é algo que não gera preocupação visto que o essencial é o sabor.

Basta olhar para a linda superfície deste bolo para se ficar em êxtase! Elegante e delicioso, este é um bolo para impressionar!

IMG_2465.jpeg

 

IMG_2471.jpeg

O bolo faz parte da nossa existência e não necessita de um motivo especial para ser preparado/servido/degustado!

Sentem-se aventureiros? #boraexperimentar



Bolo de Dióspiro Maça e Pistáchios 

  • 70 g de Xarope de Agave
  • 10 g de Mel
  • 15 g de Manteiga (para a calda)
  • (500 g ) 2 a 3 Dióspiros Maça
  • 3 Ovos (à temperatura ambiente)
  • 130 g Manteiga com sal (à temperatura ambiente)
  • 180 g de Açúcar Mascavado
  • 115 g de Farinha de Trigo
  • 1 1/2 Colher de Chá de Fermento em pó
  • 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio
  • 180 ml de Leite meio-gordo 
  • 270 g de Farinha de Milho fina (Fubá)
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó
  • ¼ Colher de Chá de Noz-moscada em pó
  • 1 Limão grande (raspa)
  • 50 g de Miolo de Pistáchios torrados (triturado) + 20 g (picado grosseiramente)
  • Manteiga e farinha q.b

 

Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 170º C.
  2. Unte com manteiga as laterais de uma forma e polvilhe com farinha.
  3. Misture o xarope de agave, o mel e 15 g de manteiga num tacho pequeno e leve a lume brando até a manteiga derreter. De seguida, baixe um pouco o lume e deixe ferver por 3 minutos ou até a mistura engrossar. Verta a calda no fundo da forma, de forma a cobri-lo.
  4. Descasque e corte os dióspiros em fatias. Disponha no fundo da forma.

    IMG_2429.jpeg

  5. Num processador de alimentos triture 50 g de pistáchios até ficar uma farinha. Reserve.
  6. Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e reserve.
  7. Com a batedeira, bata a manteiga e a raspa do limão com o açúcar até ficar um creme fofo e esbranquiçado. Cerca de 5 minutos, na velocidade máxima.
  8. Junte as gemas e misture bem.
  9. Peneire a farinha de trigo, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio, a canela e a noz-moscada e agregue ao preparado anterior, em velocidade baixa, alternando com o leite.
  10. Adicione a farinha de milho (peneirada) e a farinha de pistáchios, e bata até obter uma massa uniforme, cerca de 10 segundos.
  11. Por fim, envolva gentilmente as claras em castelo.
  12. Verta a massa, cuidadosamente, sobre os dióspiros e alise o topo.

    IMG_2439.jpeg

  13. Cubra com os pistáchios picados grosseiramente. Leve ao forno a cozer cerca de 40-45 minutos. Verifique espetando um palito no centro do bolo, se este sair limpo está pronto.
  14. Retire do forno e deixe arrefecer 10 minutos antes de desenformar. Passe uma espátula ou uma faca em redor do bolo e vire-o num prato.

    IMG_2447.jpeg

  15. Quando o bolo estiver completamente arrefecido, delicie-se (só ou acompanhado/a).

 

Bom apetite!

23
Out23

Feliz segunda-feira! Happy Monday!

Com uma delícia…

Segunda-feira, primeiro dia (útil) de uma nova semana, é importante que começe com uma atitude positiva e "fresca". Para "dar um up", que tal esta delícia? 😉

IMG_1477.jpeg

 

❤️Sigam a receita Panquecas com Canela e Limão (Sem glúten e lactose), e besuntem-se com chocolate, mel, geleia, compota, ...!

Bom apetite!

15
Set23

Um fenómeno da noite, para o dia! Bolo de Amêndoa com Vinho do Porto, Canela e Uva-morangueira!

A Uva-morangueira resulta do cruzamento de vinhas americanas (Vitis labrusca) e europeias (Vitis vinifera). Quando atinge a maturidade é doce e super saborosa.

Como este tipo de uva não é comercializado no supermercado, resta-me "rezar" para conseguir "caçar" este tesouro no mercado local. Esta semana "a sorte bateu-me à porta"... encontrei-a! Assim sendo, preparei este prazeroso Bolo de Amêndoa com Vinho do Porto, Canela e Uva-morangueira.

Bom, ter que levantar de madrugada, num fim de semana, para preparar um bolo é deveras azucrinante! Especialmente para os que têm filhotes! Por isso, ter a possibilidade de preparar a massa do bolo no dia anterior, para cozer no dia seguinte, sem perder qualidade, é... estonteante! Deste modo, temos condições para nos levantar de manhã, sair para uma caminhada e aproveitar o ar fresco, relaxada...mente! Que foi o que fiz! Nas manhãs como a desta, fico grata por ter uma fatia de bolo, recheada com uma mistura de sabores deliciosos e um perfume frutado, em casa à minha espera!

Este bolo tem uma massa macia, fofa e húmida (sem deixar aquela sensação gordurosa na boca). Nada denso e não é excessivamente doce!

Soa-vos bem? Então, experimentem e tenham um pequeno-almoço, incrível, bem rápido!

IMG_1962.jpeg

 

IMG_1984.jpeg

É a receita perfeita para as manhãs e/ou tardes de fim de semana, feriados e, também, uma inclusão bem-vinda à mesa do almoço ou jantar!

 

Bolo de Amêndoa com Vinho do Porto, Canela e Uva-morangueira

  • 300 g de Farinha de Trigo
  • 6 g de Fermento em pó
  • 4 g de Bicarbonato de Sódio
  • 150 g de Açúcar Amarelo 
  • 2 g de Canela em pó 
  • 50 g de Amêndoa torrada com pele (picada grosseiramente) 
  • 100 g de Manteiga com Sal
  • 2 Ovos
  • 1 Colher de Chá de Mel (usei, de Urze)
  • 200 g de Bebida vegetal de Amêndoa 
  • 50 g de Vinho do Porto
  • Raspa de 1/2 Limão 
  • 60 g de Maçã ralada (descascada) 
  • 1 Cacho de Uva-morangueira 


Preparação:

  1. Unte bem uma forma e polvilhe com farinha.
  2. Numa tigela grande, misture a farinha (peneirada), o fermento, o bicarbonato, a canela e a amêndoa. Faça uma cova no centro e coloque a manteiga amolecida.
  3. Noutra tigela misture a bebida vegetal, o mel, a raspa do limão e os ovos (ligeiramente batidos com um garfo).
  4. Acrescente a mistura anterior na tigela dos sólidos, juntamente com o vinho do Porto e a maçã.
  5. Envolva todos os ingredientes com uma espátula de silicone até ficar uma massa cremosa.
  6. Verta a massa na forma e espalhe gentilmente, de forma a que fique uniforme.

    IMG_1944.jpeg

  7. Cubra a forma com película aderente e deixe no frigorífico durante a noite, ou pelo menos durante 8 horas.
  8. No dia seguinte, pré-aqueça o forno a 180 °C.
  9. Retire a forma do frigorífico e distribua as uvas pela superfície da massa.

    IMG_1954.jpeg

  10. Leve ao forno por cerca de 30 a 35 minutos, até que ao inserir um palito no centro do bolo este saia seco. Retire do forno e deixe arrefecer na forma durante 20-30 minutos.

    IMG_1958.jpeg

  11. Desenforme o bolo e deixe arrefecer completamente antes de servir.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • A colheita da uva-morangueira é, geralmente, feita na altura do Outono. Da fermentação desta uva, também conhecida por Uva-americana, resulta o Vinho "Morangueiro” ou Vinho "Americano”, como é conhecido em algumas regiões do país, inclusive, nos Açores, é apelidado de “Vinho de cheiro” por conter um aroma frutado e sabor característico, bem acentuado.
  • Podem substituir as uvas por outro fruto, tal como, mirtilos, morangos, ameixas (em cubinhos), maçã (fatiada), ou por frutos secos.
22
Ago23

Chegados da Figueira (que não é da Foz) para este… Bolo com Figos (frescos)!

O Verão "cheira" a momentos especiais de descontração e a "presentes" deliciosos, como o delicado Figo, um dos frutos que mais gosto, e a minha "doce" MJ adora, especialmente o "Pingo de Mel" (pela sua doçura). Na verdade, o figo não é um fruto mas, sim, uma flor invertida! A Natureza e todas as suas criaturas são incrivelmente "mágicas"!

Adoro fruta no seu estado puro e, quando abunda, aproveito para confeccionar pratos saborosos, tal como este bolo. A suculência do figo, torna-o perfeito para a preparação desta receita!

Se pensam que ter num bolo invertido uma massa fofa, húmida, com um "creme doce" (do figo), é delícia demais para ser verdade, enganam-se... porque, é!

IMG_1702.jpeg

 

IMG_1708.jpeg


Bolo com Figos (frescos)

  • 5 Figos frescos, grandes (de preferência: "Pingo de Mel")
  • 100 g de Manteiga
  • 2 Ovos, grandes 
  • (6 g) 1 Colher de Chá de Mel
  • 100 g de Açúcar Amarelo 
  • 210 g de Farinha de Trigo para Bolos com Fermento
  • 1 Pitadinha de Noz-moscada (opcional)
  • 1 Colher de Sopa de Manteiga (para untar a forma)
  • 1 Colher de Sopa de Farinha de Trigo (para polvilhar o fundo da forma)
  • 40 g de Miolo de Noz, triturado grosseiramente (para polvilhar as laterais da forma)


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte bem uma forma redonda com manteiga, polvilhe o fundo com farinha de trigo e as laterais com a noz triturada.
  2. Lave os figos, seque-os com papel de cozinha e retire o topo do caule. Corte 3 figos em quartos ou em sextos, cada um, e distribua pelo fundo da forma.
  3. Com uma batedeira, bata os ovos inteiros com a manteiga amolecida até formar uma mistura bem cremosa. (Velocidade média-alta, por 4-5 minutos).
  4. Adicione o açúcar e o mel, e bata, por mais 5 minutos, até obter um creme fofo.
  5. Adicione a farinha peneirada e a noz-moscada (ralada na hora, de preferência) e misture, só até ficar uma massa homogénea. (Velocidade baixa, por 8-10 segundos).
  6. Por último, adicione 2 figos cortados em bocadinhos. Envolva, gentilmente, com uma vara de arames (fouet), de forma mais ou menos uniforme (não mexa muito!).
  7. Transfira cuidadosamente a massa para a forma, sobre os figos.
  8. Alise, delicadamente, a massa com uma espátula, para não mover os figos da base da forma.
  9. Coloque no forno por 25 minutos, ou até que ao inserir um palito no centro este saia limpo.
  10. Desenforme o bolo. Deixe arrefecer completamente e sirva à temperatura ambiente.

Bom apetite!

25
Jul23

Farófias com Creme de Amêndoa e Gemas

(Sem Lactose e sem Glúten)

A doçaria tradicional portuguesa é riquíssima, e as farófias fazem parte da nossa cozinha há numerosas gerações, não se perderam no tempo para nossa alegria. As farófias feitas à moda antiga são cozidas em leite e, por isso, não se torna viável servi-las a toda a gente (especialmente aos que apresentam a incapacidade total para digerir a lactose). Para quebrar esse "obstáculo", substitui-o pela Bebida Vegetal. Visto por outra perspetiva, este câmbio acrescenta a riqueza do sabor da Amêndoa Torrada ao creme. Para além disso, suprimi o açúcar refinado e abasteci com mel e agave (alimentos com menor índice glicémico).

Se adoram umas Farófias leves, com um interior suave, que se desfaz na boca, e um Creme requintado, então esta receita é para vocês... cativa qualquer paladar!

A base de qualquer refeição deve começar no sabor! Isto é um dever! 

IMG_1499.jpeg


Farófias com Creme de Amêndoa & Gemas 

(Sem Lactose e sem Glúten)

  • 700 ml de Bebida vegetal de Amêndoa Torrada 
  • 4 Ovos (bem frescos)
  • 1 Casca de Limão
  • 1 Pau de Canela
  • 1 Colher de Sopa de Mel
  • 2 Colheres de Sopa de Agave
  • 1 Colher de Sobremesa (cheia) de Amido de Milho
  • Canela em pó (para polvilhar)


Preparação:

  1. Leve a bebida vegetal ao lume, num tacho largo, com o agave, o pau de canela e a casca de limão. Quando ferver, reduza o lume para o mínimo.
  2. Separe as gemas das claras. Reserve as gemas, para mais tarde fazer o creme.
  3. Bata as claras em castelo com 1 pitadinha de sal, e, quando estiverem quase firmes, adicione o mel, continuando a bater até obter um preparado bem firme.

    IMG_1497.jpeg

  4. Remova o pau de canela e a casca de limão da bebida vegetal. Deite colheradas do preparado de claras. Deixe cozer cerca de 3 minutos de cada lado, voltando-as cuidadosamente. Retire as farófias com uma escumadeira, deixando escorrer bem, e disponha num Prato ou Travessa (fundos). 
  5. Coloque as gemas numa tigela e misture o amido de milho (peneirado). De seguida, comece por temperar a gemas com um pouco da bebida vegetal e, depois, verta lentamente a restante bebida; mexa sempre com uma colher de silicone ou uma vara de arames. 
  6. Coe para um tacho pequeno e leve a lume brando, mexendo continuamente para cozer e engrossar. Verta o creme para uma Molheira.
  7. Regue as farófias com um pouco do creme (sirva o restante à parte) e polvilhe com canela em pó. Sirva mornas ou frias.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Não encha demasiado o tacho quando cozer as claras, elas vão flutuar e crescer um pouco. E também, não deixe cozer demasiado; se elas começarem a ficar mais pequenas então é porque já passaram do ponto.
  • Se o seu creme criar grumos basta passar a varinha mágica e ficará macio. "Crise" evitada!
  • Pode, também, regar as farófias com a totalidade do creme ou servi-lo à parte numa Molheira.
23
Jul23

Leite Creme aromatizado com Anis Estrelado, Canela & Limão

(Isento de Lactose e Glúten)

Não me perguntem se este Leite Creme e do 7º ou do 8º Céu, porque não vos sei dizer qual o número do "andar"!  O que sei dizer é que, é uma delícia aveludada, um tesouro de sabores e, claro, pode ser apreciado por toda a gente  (intolerantes à lactose e celíacos). Honestamente, não sinto falta nenhuma do leite, aliás, a bebida vegetal torna o creme mais leve e de fácil digestão.

Experimentem este Leite Creme, super saboroso/aromático, e digam se não é surpreendente!

IMG_1494.jpeg

 

Leite Creme aromatizado com Anis Estrelado, Canela & Limão
(Isento de Lactose e Glúten)

  • 600 ml de Bebida vegetal de Amêndoa (sem adição de açúcar)
  • 1 Anis Estrelado
  • 1 Pau de Canela 
  • 1 Casca de Limão 
  • 1 Colher de Sopa (cheia) de Mel
  • 2 1/2 Colheres de Sopa de Xarope de Agave
  • 45 g de Amido de Milho
  • 2 Gemas de Ovo
  • Açúcar (para queimar) q.b
  • Canela em pó (para finalizar) q.b


Preparação:

  1. Num fervedor de inox, aqueça a bebida vegetal de amêndoa juntamente com o anis estrelado, o pau de canela e a casca do limão até ferver. Depois de fervida, desligue o lume e deixe a infusão repousar, tapada, durante 30-40 minutos. (Quanto mais tempo deixar repousar melhor).
  2. Numa tigela junte o mel, o xarope de agave e as gemas, e mexa com uma colher de silicone até obter uma mistura cremosa. Adicione o amido de milho (peneirado) e misture bem até ficar homogéneo.
  3. De seguida, retire o anis estrelado, o pau de canela e a casca do limão da bebida vegetal. Lentamente, despeje a bebida vegetal na mistura de gemas, mexendo constantemente para evitar a formação de grumos.
  4. Passe a mistura anterior por um coador, para um tacho pequeno e volte a aquecer em lume médio-baixo, mexendo sempre até engrossar. Este processo leva cerca de 7 minutos.
  5. Distribua o leite de creme por taças ou numa travessa grande e deixe arrefecer.
  6. Antes de servir o Leite Creme, polvilhe com um pouco de açúcar e queime com o maçarico de cozinha ou com uma pá para leite creme em brasa até obter uma crosta dourada e crocante. Para finalizar, polvilhe com canela em pó (ao seu gosto).

Bom apetite!

22
Jul23

Granola de Cevada Estaladiça (Caseira)

Para incorporar mais variedade no nosso pequeno-almoço, preparei esta Granola com Flocos de Cevada integral, que gostamos muito, por ter um sabor a frutos secos.

Esqueça a sua Granola de Aveia habitual, por um tempo, e descubra esta maravilha!

Há que comer bem, para nos sentirmos bem!

IMG_1489.jpeg

 

IMG_1491.jpeg


Granola de Cevada Estaladiça (Caseira)

  • 220 g de Flocos de Cevada integral 
  • 1 Colher de Sopa Chocolate em Pó
  • 1 Colher de Sobremesa de Canela em Pó
  • 70 g de Mel
  • 1 Colher de Sobremesa Óleo de Coco
  • 1 Colher de Sopa de Sementes de Girassol
  • 1 Colher de Chá de Sementes de Sésamo pretas (ou brancas)
  • 1 Clara de Ovo
  • 40 g de Miolo de Noz (aos pedaços)

 

Preparação:

  1. Bata a clara em castelo com uma pitadinha de sal. Reserve.
  2. Coloque numa taça, os flocos de cevada, o chocolate, a canela e as sementes de girassol, e misture bem.
  3. Adicione o mel e o óleo de coco, e volte a misturar, até obter uma mistura homogénea.

    IMG_1483.jpeg

  4. Junte a clara em castelo, gentilmente, sem mexer muito.
  5. Deite no tabuleiro. Pressione um pouco a mistura, para que fique com pedaços mais crocantes.

    IMG_1485.jpeg

  6. Leve ao forno pré-aquecido a 160ºC, só a grelha de cima, durante 25-30 minutos. A meio do processo de cozedura, adicione as sementes de sésamo pretas para que fiquem torradas e mais saborosas.
  7. Retire do forno, junte as nozes e deixe arrefecer completamente.

    IMG_1487.jpeg

  8. Guarde a granola num frasco hermético para que se mantenha crocante.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • A meio do processo de cozedura vire a granola cuidadosamente, com uma espátula, para que fique com uma consistência uniforme.
  • Não deixe a granola assar por muito tempo, apenas até que fique dourada por cima. Pode parecer que ainda não está pronta, mas continuará a ficar crocante à medida que arrefece.
  • Pode adicionar Pepitas de Chocolate depois da Granola arrefecer completamente.
  • Para um sabor cítrico (fresco) junte raspa de laranja, limão ou lima (1-2 c. chá) na mistura, antes de assar.
  • Adicione outros futas secas como uvas passas, cranberries e/ou damascos secos picados, se preferir uma granola mais docinha, com um sabor frutado fascinante.
  • Pode substituir o Mel por: Xarope de Ácer (Maple syrup), Agave ou Geleia de Arroz.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub