Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

21
Mai24

Bolinhos com Arroz e Amêndoa

Sabem aquela sensação de letargia que dá a meio da tarde e que temos de vencer porque ainda temos tanto para fazer até acabar o dia?!

Para ter energia suficiente para o combate a essa letargia, fiz estes bolinhos com um exterior crocante, quebradiços, bem levezinhos, e que acompanham tão bem um cafezinho ou um chá!

Estes bolinhos são um óptimo deleite para a nossa tarde e também para a nossa manhã. 

IMG_4334.jpeg


Bolinhos com Arroz e Amêndoa

  • 300 g de farinha de trigo
  • 150 g de farinha de arroz
  • 60 g de farinha de amêndoa 
  • 40 g de polvilho doce
  • (21 g) 1 1/2 colheres de sopa de fermento em pó
  • 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio 
  • 1 colher de chá de canela em pó 
  • 90 g de manteiga com sal 
  • 90 g de açúcar amarelo
  • 2 ovos
  • raspa de 1 limão
  • 150 g de iogurte natural (usei, kefir)


Preparação:

  1. Peneire para uma tigela a farinha de trigo e misture a farinha de arroz, a farinha de amêndoa, o polvilho, o fermento, o bicarbonato e a canela. Reserve.
  2. Com uma batedeira, bata a manteiga (amolecida) com o açúcar e a raspa do limão até obter um creme claro e fofo. Adicione os ovos, um de cada vez, e misture bem. De seguida, junte o iogurte. (Vai ficar com aspecto de talhada mas não se preocupe, é mesmo assim, no fim fica uma massa óptima.)
  3. Acrescente os sólidos e a raspa do limão, e misture com uma espátula silicone até formar uma massa maleável. (Não trabalhe demasiado a massa.)
  4. Divida a massa em bolinhas com cerca de 40 g. Achate-as ligeiramente, com a palma da mão, e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal. Cubra com película e deixe repousar no frigorífico durante 30 minutos.

    IMG_4426.jpeg

  5. Coloque o tabuleiro no forno pré-aquecido a 220°C por cerca de 15 minutos ou até dourar. (Esteja atento, uma vez que o tempo de cocção depende muito do tamanho dos seus bolinhos e da temperatura do forno).
  6. Transfira os bolinhos para uma grelha para arrefecerem completamente e sirva.

Bom apetite!

17
Mai24

Bolo de Maçã, Milho e Arroz

(Sem glúten)

Actualmente sou muito mais exigente, não é qualquer conversa que me entusiasma, qualquer festa que me toca, qualquer prato que me delicia!

Este bolo com farinha de milho e arroz (sem glúten) não só é surpreendentemente fácil de fazer, como também é coberto por uma camada generosa de maçã cremosa que se alia à  sua massa sem a dominar, como acontece com algumas coberturas elaboradas com cremes. Não é por acaso que se quer repetir uma fatia deste saboroso bolo!

Um lanche com especial companhia, posto a conversa em dia, e um doce maravilha, "só" isso já é uma alegria!

IMG_4421.jpeg

 

IMG_4425.jpeg


Bolo de Maçã, Milho e Arroz
(Sem glúten)

  • 4 maçãs, maduras (+/- 700 g)
  • 410 g iogurte natural (usei, kefir)
  • 4 ovos M
  • 45 g azeite
  • raspa de 1/2 limão 
  • 265 g açúcar amarelo
  • 240 g farinha de milho fina
  • 130 g farinha de arroz
  • 15 g amido de milho
  • 1 colher de chá canela em pó
  • 1/2 colher de chá de gengibre em pó 
  • (15 g) 1 colher de sopa (cheia) fermento em pó 


Preparação :

  1. Unte bem uma forma com manteiga, forre a base com papel vegetal e reserve.
  2. Descasque e rale as maçãs e misture bem 2 colheres de sopa de sumo de limão + 1 colher de sopa de açúcar amarelo + 1 colher de chá de canela. Distribua pelo fundo da forma e pressione muito bem com uma colher ou espátula de silicone. Reserve.

    IMG_4413.jpeg

  3. Bata as claras em castelo até ficarem firmes.
  4. Numa taça, misture as gemas com o iogurte e depois junte o azeite e a raspa do limão.
  5. Coloque os restantes ingredientes numa tigela e misture. Acrescente a mistura anterior e misture até obter uma massa uniforme. Por fim, envolva gentilmente as claras em castelo.
  6. Verta a massa na forma, por cima da maçã.

    IMG_4420.jpeg

  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 45 minutos. Faça o teste com o palito até sair seco.

    IMG_4419.jpeg

  8. Deixe o bolo arrefecer 10 minutos na forma, depois, passe uma faca pelas laterais do bolo, coloque um prato sobre a forma e inverta. Retire com cuidado o papel vegetal. Quando o bolo estiver completamente frio, sirva.

Bom apetite!

16
Abr24

Scones de Batata-doce com Aveia (sem glúten)

À medida que as temperaturas da primavera se aproximam das do verão, beber um copo de leite bem geladinho torna-se um verdadeiro paraíso, especialmente quando inclui um bom Scone como este de Batata-doce e Aveia.

Contrariamente a alguns Scones, que precisam de uma pincelada de ovo ou um pouco mais de tempo no forno para obter aquela cobertura dourada, estes já trazem a graciosa vivacidade incorporada graças à batata-doce, com o seu rico tom. Estes bolinhos são internamente macios e têm o delicioso talento de se combinarem maravilhosamente com os mais variados recheios.

Esta receita é uma ótima forma de aproveitar as sobras de batata-doce e aqui a estrela é transformada num bolinho rico, bem saboroso e lindamente colorido!

IMG_4176.jpeg

 

Scones de Batata-doce com Aveia 
(Sem glúten)

  • 130 de batata-doce cozida
  • 150 g de iogurte sólido natural (usei, skyr)
  • 200 de farinha de aveia
  • 130 g de farinha de milho fina (fubá)
  • 60 g de açúcar amarelo
  • 1/2 colher de chá canela em pó
  • 1 colher de chá fermento em pó
  • colher de chá bicarbonato de sódio
  • 60 g de manteiga com sal


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 220ºC.
  2. Coloque numa tigela, as farinhas, o açúcar, a canela, o fermento e o bicarbonato e misture. Com a ponta dos dedos, um esmagador, um garfo ou duas facas, misture a manteiga (fria) até que fique uma mistura parecida com pão ralado grosso.
  3. Triture  a batata-doce cozida com o iogurte, até ficar um creme homogéneo, e depois adicione aos sólidos. Envolva até formar uma massa quebradiça.
  4. Vire a massa sobre a bancada e amasse delicadamente até formar uma massa quase macia (tenha cuidado para não a trabalhar demais). Com um rolo da massa estique gentilmente a massa com cerca de 2-2,5 cm de espessura. Com um cortador de biscoito ou um copo corte os scones e coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal. Leve ao frigorífico por 30 minutos.

    IMG_4174.jpeg

  5. Coloque no forno durante 15 minutos ou até dourar. Transfira os scones para uma grelha para arrefecerem um pouco e sirva.

Bom apetite!

27
Fev24

Bolo de Batata doce e Cenoura perfumado

A receita deste bolo fazia parte do meu top 10 para publicação há já algum tempo e como tinha batatas doces laranjas em casa, foi desta.

Ao desenvolver esta receita, tive o cuidado de experimentar diferentes ingredientes e ajustar as suas quantidades para obter a textura e o sabor perfeitos. O primeiro ingrediente que realço é o amido de milho que torna a massa do bolo mais macia e em segundo lugar, o iogurte que aumenta a sua suavidade.

A batata doce e a cenoura não só concedem um sabor delicioso ao bolo como, também, garantem que não fica seco. Além de que, é uma magnífica forma de acrescentar alguns tubérculos à dieta!

Esta é uma receita que vai demorar um pouco a confecionar, pois primeiro é necessário cozer a batata doce e a cenoura para preparar o puré, o que não dá muito trabalho e indubitavelmente não é difícil, mas deve-se ter em consideração no tempo de preparação.

O resultado final, é um bolo maravilhosamente húmido e super macio/cremoso, tendo como "cereja no topo do bolo" uma massa com um sabor profundo, visto ser perfumada com especiarias e vinho do Porto.

IMG_3770.jpeg

 

IMG_3776.jpeg


Bolo de Batata doce e Cenoura perfumado

  • 200 g de batata doce laranja (descascada)
  • 200 g de cenoura (descascada)
  • 3 ovos grandes 
  • 200 g de iogurte sólido natural 
  • 40 g de manteiga com sal
  • 260 g de açúcar amarelo
  • (30 ml) 2 colheres de sopa de vinho do Porto
  • 360 g de farinha de trigo para bolos com fermento
  • (8 g) 1 colher de sopa de amido de milho
  • (3 g) 1 1/2 colheres de chá de canela em pó
  • (1 g) 1/2 colher de chá de gengibre em pó 
  • (4 g) 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Cobertura:

  • 150 g de leite condensado cozido
  • 30 g de chocolate branco  
  • raspa de 1/2 laranja
  • 50 g de amêndoa palitada torrada

 

Preparação:

  1. Coza a batata doce e a cenoura, aos pedaços, num pouco de água. Escorra bem e deixe arrefecer. Depois, triture com a varinha mágica até obter um puré homogéneo. 
  2. Pré-aqueça o forno a 180 °C. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
  3. Numa tigela, junte o puré, o iogurte, os ovos, a manteiga (derretida), o açúcar e o vinho do Porto e bata, com uma batedeira, até incorporar bem todos os ingredientes.
  4. Noutra tigela, misture as farinhas com as especiarias e o bicarbonato de sódio (peneirados). Acrescente nos líquidos e misture, na velocidade mais baixa da batedeira, somente até obter uma massa uniforme. (Certifique-se que não bate demasiado a massa, caso contrário o bolo ficará denso).
  5. Verta a massa na forma e leve ao forno a cozer por cerca de 50 minutos ou até que ao inserir um palito no centro do bolo este saia seco.
  6. Deixe o bolo arrefecer e depois desenforme.
  7. Prepare o creme: derreta o chocolate branco, em banho-maria ou no microondas, e misture com o leite condensado e a raspa da laranja, até obter uma mistura uniforme.
  8. Quando o bolo estiver completamente frio, cubra com o creme e distribua a amêndoa. 

Bom apetite!

10
Fev24

Scones com Figos e Gin de Laranja

Andava eu a ver o que tinha nuns cestos, que estão nas prateleiras superiores, na minha despensa quando encontrei uma dúzia de figos secos que restaram do Natal. Da despensa para o forno foi um ápice e o resultado foi muito bom.

Um Scone com diferentes texturas, estaladiço (o suficiente), e pronto a receber uma série de adições deliciosas, como marmelada, geleia ou manteiga.

Experimentem todas as receitas de Scones que já publiquei e descubram qual é o vosso favorito. Os gostos a cada um pertencem e podem ser partilhados!

IMG_3624.jpeg

 

Scones com Figos e Gin de Laranja 

  • 10 Figos secos
  • Raspa de 1/2 Laranja
  • 50 ml Gin de Laranja 
  • 150 g de Farinha de Trigo Integral
  • 150 g de Farinha de Milho (fubá)
  • 30 g de Manteiga com sal (fria)
  • 25 g de Açúcar mascavado
  • 150 g de Iogurte Skyr natural 
  • (8 g) 2 Colheres de Chá de Fermento em pó

 

Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 220º C.
  2. Misture os figos (triturados) com a raspa da laranja e o gin, numa taça pequena. Reserve.
  3. Coloque numa tigela, as farinhas e a manteiga (aos cubos). Com as mãos esfregue, rapidamente, até que a mistura se assemelhe a migalhas finas de pão. Junte o açúcar e o fermento, misture e faça uma cova no centro. Adicione a mistura dos figos e o skyr. Envolva delicadamente todos os ingredientes, com uma colher, fazendo um movimento circular. Tente não trabalhar muito a massa.
  4. Vire a massa para uma bancada, pressione-a um pouco com as duas mãos e estenda suavemente com um rolo da massa até ter uma altura de cerca de 2 cm. Mergulhe um cortador de bolachas, ou um copo, num pouco de farinha e corte os bolinhos (tendo a atenção para não torcer o cortador). Coloque-os num tabuleiro, forrado com papel vegetal, deixando alguma distância uns dos outros. Cubra com película aderente e leve ao frigorífico durante 15 minutos.
  5. Coloque no forno a cozer por cerca de 15 minutos, até ficarem douradinhos.
  6. Sirva mornos ou frios.

Bom apetite!

26
Ago23

Deleite de Iogurte com Bolacha e Café

Estes "gémeos fraternos", embora muito similares, cada um tem a sua própria "placenta" e são dois deleites distintos, um contém um iogurte com o "gene" da lactose (impróprio para os intolerantes) e o outro, por ser vegetal, não (logo pode ser desfrutado por todos)!

Conseguiram identificar a "identidade" de cada um? Não, então eu desvendo! O da direita é com iogurte de soja e amêndoa, por conseguinte, o da esquerda é com iogurte grego. 

Escolham o vosso favorito e deliciem-se!

IMG_1722.jpeg


Deleite de Iogurte com Bolacha e Café 

  • (135 g) 1 Iogurte Grego natural açúcarado
  • (135 g ) 1 Iogurte de Soja e Amêndoa 
  • 2 Cafés expresso
  • 14 Bolachas Nacional Torradas
  • Canela em pó q.b
  • Chocolate Negro (decoração)


Preparação:

  1. Prepare o café expresso e deixe arrefecer.
  2. Misture o iogurte grego com a canela ao seu gosto.
  3. Num copo, intercale 6 bolachas torradas, mergulhadas no café, com o iogurte grego, até acabarem os ingredientes. (A última camada deve ser com iogurte). Adicione uma bolacha torrada partida e chocolate negro ralado, por cima.

    IMG_1713.jpeg

    IMG_1714.jpeg

    IMG_1715.jpeg

  4. Repita o processo anterior com o iogurte de soja e amêndoa.
  5. Deixe no congelador cerca de 30 minutos ou no frigorífico até à hora de servir.
  6. Sirva bem fresco.

IMG_1716.jpeg

Bom apetite!

14
Ago23

Bolo de Ameixa Vermelha

A receita deste bolo é perfeita para apreciar as ameixas, desde a vermelha à branca, muito típicas desta altura do ano. Cá em casa adoramos este maravilhoso fruto, por ser suculento, macio, colorido e rico em fibras, vitaminas e minerais. Para além disso, é uma das frutas menos calóricas. As ameixas merecem, mesmo, ser estimadas e saboreadas em qualquer momento do dia.

O que oferecem as ameixas vermelhas a este bolo? Ora, oferecem-lhe cremosidade e sabor, além de uma bonita cor! Além do mais, a união do queijo creme e do iogurte concede húmidade e um gosto especial à massa.
 
Este bolo fresco, que é um tesouro deleitoso, “assenta que nem uma luva” nesta altura do ano! Experimentem!
 
IMG_1370.jpeg

 

IMG_1378.jpeg

Quando ficamos deliciados com algo o que fazemos? Repetimos! É o que vou fazer!


Bolo de Ameixa Vermelha

  • 300 g de Ameixas Vermelhas, maduras (+/-3 Uni.)
  • 130 g de Queijo Creme para Barrar Kéfir
  • 80 g de Manteiga com Sal
  • 140 g de Açúcar Amarelo
  • Raspa de 1 Limão
  • 4 Ovos, grandes
  • 1 Iogurte Grego Natural Ligeiro
  • 220 g de Farinha de Trigo T65
  • (14 g) 1 Colher de Sopa de Fermento em Pó
  • 2 Colheres de Sopa de Açúcar Amarelo
  • 1/3 Colher de Chá de Canela em Pó
  • Manteiga para untar q.b.
  • Farinha para polvilhar q.b.

 

Preparação:

  1. Comece por pré-aquecer o forno a 180ºC.
  2. Numa taça, misture bem 2 colheres de sopa de açúcar amarelo e 1/3 colher de chá de canela em pó. Reserve.
  3. Com a batedeira, na velocidade máxima, bata a manteiga (amolecida à temperatura ambiente) e o queijo creme, durante 5-7 minutos. De vez em quando, raspe as laterais da tigela, com uma espátula, para que a mistura fique bem cremosa.
  4. De seguida, junte o açúcar e a raspa do limão e bata durante 4 minutos.
  5. Entretanto, peneire a farinha com o fermento para uma tigela e reserve.
  6. Adicione na massa os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição.
  7. Acrescente o iogurte e bata, em velocidade mínima, durante 30 segundos.
  8. Incorpore, em velocidade mínima, a farinha e o fermento por aproximadamente 30 segundos ou até que a massa fique homogénea e cremosa.
  9. Verta a massa na forma, previamente untada com manteiga e enfarinhada, e nivele gentilmente com uma espátula.

    IMG_1361.jpeg

  10. Descasque as ameixas vermelhas e corte em rodelas e/ou pedacinhos. (Para fazê-lo facilmente, faça um corte em redor da ameixa, longitudinalmente, e rode as duas metades em direções opostas. Pegue na metade da ameixa com o caroço e remova-o cuidadosamente, cortando em redor, com a ponta de uma faca). Distribua a ameixa sobre a superfície do bolo e polvilhe com a mistura de açúcar e canela.

    IMG_1363.jpeg

  11. Leve ao forno, durante 40-45 minutos. O tempo de cocção depende do forno, por isso, faça o teste do palito - para verificar, espete o palito no centro do bolo, se este sair seco está pronto.
  12. Retire o bolo do forno, deixe arrefecer e depois desenforme. Sirva polvilhado com um pouco de açúcar em pó ou decore ao seu gosto.

Bom apetite!

27
Jul23

Panna Cotta Caramelo Machiatto com Choco chips

A Panna cotta de Iogurte "encheu-me as medidas"! Além do iogurte substituir otimamente as natas, e ser mais saudável, oferece uma "paleta" de sabores capaz de acabar com aquelas escolhas repetitivas, como morango, limão ou laranja.

A respeito desta Panna Cotta, porque gosto de aventuras gastronómicas, gosto da novidade, e gosto do que me trás novas sensações, fiz algumas transformações à receita de Panna Cotta de Iogurte publicada anteriormente. E tenho a dizer que, desta vez, dividi a mistura, não por três mas, por duas taças e mesmo assim... comia-se mais. No próximo "capitulo" farei o dobro da receita!

O que dizer mais acerca desta Panna Cotta Caramelo Machiatto com Choco chips, bem... é refrescante, apresenta um combinado sedoso e crocante, e é 100% deliciosa!

IMG_1453.jpeg


IMG_1456.jpeg


Panna Cotta Caramelo Machiatto com Choco chips

  • 1 Folha de Gelatina Incolor
  • 150 ml de Leite semi-desnatado sem Lactose
  • (160 g) 1 Iogurte Proteína Caramelo Machiatto 
  • 40 g de Bolachas Mini Pepitas de Chocolate


Preparação:

  1. Coloque a folha de gelatina em água fria e deixe hidratar por 2-3 minutos ou até amolecer. Depois, espreme-a com a mão.
  2. Deite o leite num fervedor e leve ao lume brando até levantar fervura. Desligue o lume e misture bem a gelatina.
  3. Junte o iogurte e mexa bem, com um batedor de varas, até obter uma mistura homogénea. De seguida, verta a mistura em 2 ou 3 taças ou copos pequenos.

    IMG_1442.jpeg

  4. Cubra com película e leve ao frigorífico por pelo menos 4 horas, para prender. (O ideal é preparar a Panna Cotta no dia anterior, e deixar no frigorífico até à hora de servir).
  5. Na altura de servir, distribua as bolachas em pedaços e/ou inteiras.

Bom apetite!

07
Jul23

Panna Cotta de Iogurte com Puré de Maçã & Nozes

Panna Cotta, uma sobremesa modesta porém muito saborosa! Eu e a minha família ficamos afeiçoados a esta "personagem"!

Já dizia Ludwig Mies van der Rohe "Menos é mais!"

IMG_1399.jpeg


Panna Cotta de Iogurte com Puré de Maçã & Nozes

  • 1 Folha de Gelatina Incolor
  • 200 ml de Leite meio-gordo (usei: Leite sem Lactose)
  • (160 g) 1 Iogurte Proteína Baunilha
  • 3 Maçãs, grandes
  • 1 Colher de Sopa de Vinho do Porto
  • 1 Colher de Chá de Mel
  • 1 Pau de Canela
  • 1 Casca de Limão 
  • 30 g de Miolo de Noz, picado grosseiramente
  • Canela em pó


Preparação
:

Panna Cotta

  1. Coloque a folha de gelatina em água fria e deixe hidratar por 2-3 minutos ou até amolecer. Depois, espreme-a com a mão.
  2. Deite o leite num fervedor e leve ao lume brando até levantar fervura. Desligue o lume e misture bem a gelatina.
  3. Junte o iogurte e mexa bem, com um batedor de varas, até obter uma mistura homogénea. De seguida, verta a mistura em 3 chávenas ou copos pequenos.

    IMG_1389.jpeg

  4. Cubra com película e leve ao frigorífico por pelo menos 4 horas, para prender.

 

Puré de Maçã

  1. Descasque as maçãs, retire os caroços e corte-as em pedaços pequenos.
  2. Coloque as maçãs, o pau de canela, o vinho do Porto, o mel e a casca do limão num tacho pequeno. Adicione 1/2 de chávena de água e mexa.
  3. Tape o tacho, com um testo, e deixe cozinhar em lume baixo, mexendo de vez em quando, por 30 minutos ou até estarem bem macias. (Enquanto as maçãs cozinham, vá verificando se não secam. Se for necessário, acrescente um pouco mais de água).
  4. Depois, desligue o lume e prove. Se quiser, adicione mais mel. Comece com 1 colher de chá e adicione a partir daí.
  5. De seguida, retire o pau de canela e a casca do limão. Triture com a varinha mágica até obter a consistência desejada. (O puré de maçã vai engrossar um pouco à medida que arrefece, mas, se estiver muito líquido coloque-o de volta no tacho e cozinhe até reduzir). Depois, coloque numa taça e deixe arrefecer completamente.

    IMG_1391.jpeg

  6. Desenforme cada Panna Cotta num prato. Adicione o Puré de Maçã, um pouco de Nozes picadas e polvilhe com Canela. Sirva bem fresca.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Na minha casa apreciamos o Puré de Maçã elaborado com maçãs doces, isso equivale dizer variedades de maçã como Golden, Royal Gala, JonaGold ou Fuji. Neste "quadro", utilizei a Maçã Golden e não houve necessidade de acrescentar açúcar para ficar um puré docinho e saboroso.
  • O ideal é preparar a Panna Cotta no dia anterior ao que for servido, e deixar no frigorífico até a hora de degustar.
  • Para desenformar a Panna Cotta, passe uma faca em torno do molde ou coloque um pouco de água quente numa tigela e mergulhe rapidamente o molde, por 1-2 segundos. Abane ligeiramente e desenforme. Se for necessário, utilize a ponta de uma faca para soltá-la do molde.
  • A Panna Cotta conserva-se durante 3 dias no frigorífico .
16
Mai23

Queijo (caseiro) com Leite de Vaca e Iogurte de Ovelha

Como entusiastas de alimentos tradicionais, não podiamos deixar de experimentar o nosso queijo caseiro. E correu muito bem, já que nos últimos meses andamos fascinados com a ideia de termos o nosso próprio queijo.

Não tendo forma de obter o leite de ovelha utilizei o iogurte, e funciona perfeitamente.

O processo de preparação do queijo é muito simples, apenas com calor e algo ácido, como vinagre ou sumo de limão, combinado com o leite e o iogurte fará com que a coalhada (parte sólida) se separe do soro (líquido). O queijo resultante não tem a complexidade dum queijo envelhecido (que nem toda a gente gosta, principal as crianças), mas oferece um sabor lácteo e suave. 

A primeira vez que preparei este queijjinho ficou no frigorífico 7 dias antes de o consumir, desta vez deixei 10 dias e ficou, igualmente, fantástico. Continua a oferecer um sabor suave, um pouco mais doce, e uma textura macia, mas um pouco mais seca.

A simplicidade deste queijo faz dele um regalo!

 

IMG_0982.jpegQueijo com 10 dias de maturação.

IMG_0985.jpeg

 

Queijo (caseiro) com Leite de Vaca e Iogurte de Ovelha 

  • 1 L de Leite de Vaca Meio-gordo
  • 250 g de Iogurte natural de Ovelha (sólido)
  • 8 g de Sal
  • 12 ml de Vinagre de Arroz (pode usar: Vinagre de Vinho Branco ou de Cidra)

 

Preparação:

  1. Coloque o leite dentro de uma panela, adicione o sal e leve ao lume até ferver.
  2. Quando leite começar a levantar fervura, a criar aquelas bolhinhas, desligue o lume e adicione o iogurte natural. Mexa bem e, depois, misture o vinagre. (O leite deve começar a talhar).
  3. Tape a panela com um testo e aguarde 20 minutos, para que o leite talhe por completo.
  4. Acomode um coador fino grande, sobre um recipiente fundo.
  5. Vire o leite talhado para o coador e deixe descansar por mais 10 minutos.
  6. Depois aperte bem com uma espátula de silicone, para retirar todo o liquido. Tenha atenção para que o coador nao entre em contacto com o liquido que está por baixo.

    IMG_0886.jpeg

  7. Com cuidado, vire o queijo para um pano limpo e coloque numa taça.

    IMG_0887.jpeg

  8. "Amasse" bem o queijo, para dar forma.

    IMG_0899.jpeg

  9. Mude para um guardanapo de pano, coloque na taça, tape com pelicula e deixe no frigorífico no mínimo 12 horas. Pode servir no dia seguinte ou faça a maturação do queijo.
  10. Para fazer a maturação: diariamente mude o guardanapo de pano, coloque na taça, tape com pelicula e coloque no frigorifico. Importante: Todos os dias deve repetir este procedimento.
  11. Ao fim de 7 dias o queijo tem por fora uma "capa" durinha e um interior mole.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Para que o queijo não ganhe bolores indesejaveis é importante que guarde no frigorífico. 
  • Se aparecerem manchas nos vossos queijos, que vão variando de amarelo a laranja, vermelho e castanho ou ainda rosa ou salmão, é porque estão contaminados com a bactéria Pseudomona. Em alguns queijos a casca pode-se tornar pegajosa e exalam um odor desagradável. Estas bactérias podem provocar um sabor amargo principalmente na casca, dado que não se desenvolvem no interior do queijo.  As Pseudomonas são um tipo de bactérias responsáveis por imperfeições visuais e organoléticas em queijos, mas não são perigosas para a saúde do consumidor.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub