Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

07
Jun24

Scones com Kefir

Tenho umas pequenas “flores” para fermentar no meu leite deste o início deste ano, altura em que a minha amiga Paula teve a amabilidade de me oferecer um frasquinho com grãos de Kefir. Já há algum tempo que pensava em cultivar estas "flores" e as desejava, e fiquei exultante quando a minha amiga disse-me que estava a ofertar alguns grãos. Então, 275 km percorridos os bem alegres grãos de kefir chegaram a minha casa, e assim continuam alegremente a crescer no meu frigorífico.

Para quem não conhece, o iogurte Kefir é uma bebida probiótica, consumada pela fermentação do leite. Esta fermentação é feita por um composto formado por uma mistura de colónias de bactérias e leveduras, que servem-se de grande parte da lactose do leite. Esta bebida é rica em proteínas, cálcio e vitamina D, e tem alguns benefícios associados como ajudar a manter um intestino saudável, bem como para a saúde em geral, além de ser até 99% sem lactose.

O iogurte de kefir deixa os bolinhos mais macios e com aquele sabor amanteigado, sem que para isso seja necessário acrescentar grandes quantidades de manteiga.

Só me resta dizer, experimentem!

IMG_4501.jpeg

 

Scones com Kefir

  • 400g de farinha de trigo T65
  • 40g de farinha de milho fina
  • 25g de fermento em pó
  • 65g de manteiga
  • 50g de açúcar amarelo
  • 1 colher de chá de canela em pó 
  • 130ml de leite
  • 130ml de iogurte kefir natural 


Preparação:

  1. Numa tigela, misture as farinhas e o fermento e, depois, junte a manteiga (fria) e esfregue com as mãos até que fique parecida com uma massa tipo pão ralado fino. Acrescente o açúcar e a canela e misture bem. Faça uma cova no centro.
  2. Misture o leite com o kefir e verta na mistura dos secos. Envolva até que os ingredientes estejam todos bem incorporados.
  3. Retire a massa da tigela, para uma superfície enfarinhada e estenda delicadamente com um rolo da massa ou com a palma da mão até ficar com cerca de 2,5 cm de espessura. Com um cortador redondo de 5 cm ou um copo, corte o máximo de rodelas possível. Pegue nos pedaços de massa que sobraram, junte-os e volte a estender. Corte mais algumas rodelas. Coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal e deixe descansar por 10 minutos no frigorífico.

    IMG_4502.jpeg

  4. Coloque no forno pré-aquecido a 200 °C, por aproximadamente 13 a 15 minutos, até dourar levemente.

    IMG_4497.jpeg

  5. Retire do forno e sirva com manteiga, doce de abóbora (ou outros ao seu gosto), e acompanhe com o seu chá preferido ou um abatanado (como eu).

Bom apetite!

28
Mai24

Pão caseiro de Trigo e Milho

Hoje, 28 de Maio, assinala-se o Dia Internacional pela Saúde da Mulher. Neste dia, governos, agências internacionais, organizações civis e outros tipos de entidades unem-se na promoção da saúde feminina. Segundo a Dra. Margarida Martinho (Secretária Geral da Sociedade Portuguesa de Ginecologia) "A vulnerabilidade feminina face a certas doenças e causas de morte está, muitas vezes, mais relacionada com a situação de desigualdade da mulher na sociedade do que com fatores biológicos."

Para se conseguir mudar esta situação exige-se o esforço diário de todos!

Bem, acerca do título deste post...

"Abandonado" estava um cubo de fermento de padeiro fresco que serviu para fazer por este pão de trigo e milho para o nosso lanche a meio da manhã.

Este pão, por ser feito com uma mistura de farinha de trigo e farinha de milho, apresenta-se com uma crosta dourada e crocante e um interior macio, muito saboroso.

Saído do forno, uns minutos para amornar, e fomos muito felizes com um pedaço deste pão barrado com manteiga.

IMG_4450.jpeg


IMG_4458.jpeg


Pão caseiro de Trigo e Milho
 

  • 30 g fermento de padeiro fresco 
  • 100 ml água
  • 10 g açúcar amarelo 
  • 3 ovos M
  • 100 g farinha de milho fina
  • 12 g sal 
  • 40 g azeite
  • 500 g farinha de trigo T65


Preparação:

  1. Numa taça, dissolva o fermento de padeiro na água morna.
  2. Numa tigela, coloque o açúcar, os ovos, a farinha de milho e o sal e bata com a batedeira (com varas de arame) durante 1 minuto. Acrescente a mistura de fermento e bata por mais 1 minuto. Junte o azeite e bata por 30 segundos. Adicione a farinha de trigo e continue a bater (com as varas de amassar) por uns segundos, até incorporar todos os ingredientes.
  3. Polvilhe a bancada com um pouco de farinha, vire a massa e molde-a em forma de bola. Coloque-a dentro da tigela e cubra com película aderente. Deixe levedar num local aquecido durante 1 hora.
  4. Retire a massa da tigela, forme um retângulo e coloque-o num tabuleiro forrado com papel vegetal. Pincele levemente a superfície do pão com água e polvilhe com um pouco de farinha de trigo. 

    IMG_4459.jpeg

  5. Leve ao forno pré-aquecido a 180 °C por cerca de 45 minutos, ou até que o pão esteja douradinho. 
  6. Retire do forno e deixe arrefecer em cima de uma grelha.

Bom apetite!

17
Mai24

Bolo de Maçã, Milho e Arroz

(Sem glúten)

Actualmente sou muito mais exigente, não é qualquer conversa que me entusiasma, qualquer festa que me toca, qualquer prato que me delicia!

Este bolo com farinha de milho e arroz (sem glúten) não só é surpreendentemente fácil de fazer, como também é coberto por uma camada generosa de maçã cremosa que se alia à  sua massa sem a dominar, como acontece com algumas coberturas elaboradas com cremes. Não é por acaso que se quer repetir uma fatia deste saboroso bolo!

Um lanche com especial companhia, posto a conversa em dia, e um doce maravilha, "só" isso já é uma alegria!

IMG_4421.jpeg

 

IMG_4425.jpeg


Bolo de Maçã, Milho e Arroz
(Sem glúten)

  • 4 maçãs, maduras (+/- 700 g)
  • 410 g iogurte natural (usei, kefir)
  • 4 ovos M
  • 45 g azeite
  • raspa de 1/2 limão 
  • 265 g açúcar amarelo
  • 240 g farinha de milho fina
  • 130 g farinha de arroz
  • 15 g amido de milho
  • 1 colher de chá canela em pó
  • 1/2 colher de chá de gengibre em pó 
  • (15 g) 1 colher de sopa (cheia) fermento em pó 


Preparação :

  1. Unte bem uma forma com manteiga, forre a base com papel vegetal e reserve.
  2. Descasque e rale as maçãs e misture bem 2 colheres de sopa de sumo de limão + 1 colher de sopa de açúcar amarelo + 1 colher de chá de canela. Distribua pelo fundo da forma e pressione muito bem com uma colher ou espátula de silicone. Reserve.

    IMG_4413.jpeg

  3. Bata as claras em castelo até ficarem firmes.
  4. Numa taça, misture as gemas com o iogurte e depois junte o azeite e a raspa do limão.
  5. Coloque os restantes ingredientes numa tigela e misture. Acrescente a mistura anterior e misture até obter uma massa uniforme. Por fim, envolva gentilmente as claras em castelo.
  6. Verta a massa na forma, por cima da maçã.

    IMG_4420.jpeg

  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 45 minutos. Faça o teste com o palito até sair seco.

    IMG_4419.jpeg

  8. Deixe o bolo arrefecer 10 minutos na forma, depois, passe uma faca pelas laterais do bolo, coloque um prato sobre a forma e inverta. Retire com cuidado o papel vegetal. Quando o bolo estiver completamente frio, sirva.

Bom apetite!

14
Mai24

Scones de Pera e Amêndoa

(Sem glúten)

Quando encontrei as peras em promoção o meu pensamento transportou-me para o universo destes bolinhos. Não sendo um estranho destino, a tão bom fortunio juntei um pouco de farinha de amêndoa. Pera e amêndoa é uma combinação clássica e acrescenta uma doçura subtil!

Vamos lá, comam um Scone, acomodem a almofada e aproveitem deliciosas horas de sono!

IMG_4297.jpeg


Scones de Pera e Amêndoa
(Sem glúten)

  • 200 de pera madura (descascada e descaroçada)
  • 250 de farinha de milho fina
  • 100 g de farinha de aveia
  • 40 g de farinha de amêndoa
  • 50 g de açúcar amarelo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de psyllium em pó (facultativo)
  • 30 g de manteiga com sal
  • 30 ml de azeite
  • 1 ovo M
  • 1 colher de sopa de sumo de limão 
  • Raspa de 1/2 limão 
  • leite q.b


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 220ºC.
  2. Coloque numa tigela, as farinhas, o açúcar, o fermento, o psyllium e mexa. Misture a manteiga amolecida e o azeite, com um garfo ou uma vara de arames, até que fique uma mistura parecida com pão ralado grosso
  3. Triture a pera com o ovo, o sumo e a raspa de limão, até ficar um creme homogéneo, e depois adicione aos sólidos. Envolva até formar uma massa uniforme.
  4. Vire a massa sobre a bancada e forme um disco, envolva em película, e leve ao frigorífico por 20-30 minutos.
  5. Polvilhe ligeiramente a bancada com farinha de milho e com um rolo da massa estique gentilmente a massa com cerca de 2-2,5 cm de espessura. Com um cortador de biscoito ou um copo corte os scones e coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal.
  6. Pincele a superfície de cada bolinho com um pouco de leite ou, se preferir, com um ovo batido.
  7. Coloque no forno durante 15 minutos ou até dourar. Transfira os scones para uma grelha para arrefecerem um pouco e sirva.

Bom apetite!

16
Abr24

Scones de Batata-doce com Aveia (sem glúten)

À medida que as temperaturas da primavera se aproximam das do verão, beber um copo de leite bem geladinho torna-se um verdadeiro paraíso, especialmente quando inclui um bom Scone como este de Batata-doce e Aveia.

Contrariamente a alguns Scones, que precisam de uma pincelada de ovo ou um pouco mais de tempo no forno para obter aquela cobertura dourada, estes já trazem a graciosa vivacidade incorporada graças à batata-doce, com o seu rico tom. Estes bolinhos são internamente macios e têm o delicioso talento de se combinarem maravilhosamente com os mais variados recheios.

Esta receita é uma ótima forma de aproveitar as sobras de batata-doce e aqui a estrela é transformada num bolinho rico, bem saboroso e lindamente colorido!

IMG_4176.jpeg

 

Scones de Batata-doce com Aveia 
(Sem glúten)

  • 130 de batata-doce cozida
  • 150 g de iogurte sólido natural (usei, skyr)
  • 200 de farinha de aveia
  • 130 g de farinha de milho fina (fubá)
  • 60 g de açúcar amarelo
  • 1/2 colher de chá canela em pó
  • 1 colher de chá fermento em pó
  • colher de chá bicarbonato de sódio
  • 60 g de manteiga com sal


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 220ºC.
  2. Coloque numa tigela, as farinhas, o açúcar, a canela, o fermento e o bicarbonato e misture. Com a ponta dos dedos, um esmagador, um garfo ou duas facas, misture a manteiga (fria) até que fique uma mistura parecida com pão ralado grosso.
  3. Triture  a batata-doce cozida com o iogurte, até ficar um creme homogéneo, e depois adicione aos sólidos. Envolva até formar uma massa quebradiça.
  4. Vire a massa sobre a bancada e amasse delicadamente até formar uma massa quase macia (tenha cuidado para não a trabalhar demais). Com um rolo da massa estique gentilmente a massa com cerca de 2-2,5 cm de espessura. Com um cortador de biscoito ou um copo corte os scones e coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal. Leve ao frigorífico por 30 minutos.

    IMG_4174.jpeg

  5. Coloque no forno durante 15 minutos ou até dourar. Transfira os scones para uma grelha para arrefecerem um pouco e sirva.

Bom apetite!

10
Abr24

Bolo de Milho com Pera e Pinhão (sem glúten e ovos)

Sabem aquela textura leve e húmida, típica dos bolos de manteiga, que se dissolve na boca? Deliciosa, no entanto a elevada quantidade de gordura que é adicionada propicia o aumento do nível de colesterol! Então, a pensar na hipercolesterolemia, preparei esta receita sem ovos e com diminuta adição de gorduras saturadas e, para conseguir atingir a humidade e maciez perfeitas, utilizei um queijo "quark" (com teor reduzido de gordura e de hidratos de carbono).

Eis um delicioso bolo, com fruta suculenta aninhada numa massa fofa, húmida e super macia, numa conexão equilibrada, em que uma enaltece a outra. E como se não bastasse, o caviar da floresta (o pinhão), com o seu sabor ímpar, entre o resinoso e o adocicado, de textura aveludada, acrescenta outra dimensão ao bolo!

Sintam o entrelaçar da cremosidade natural com uma suavidade de fundo de rasgos aromáticos e tenham uma experiência sensorial labiríntica!

IMG_4155.jpeg


IMG_4152.jpeg

 

Bolo de Milho com Pera e Pinhão 
(Sem glúten e ovos)

  • 2 peras maduras, mas firmes (usei: Pera Packman’s)
  • 30 g de azeite 
  • 50 g de manteiga com sal
  • 150 g de queijo "quark" baunilha
  • 250 ml de leite magro ou meio-gordo
  • 290 g de farinha de milho fina (fubá)
  • 30 g de farinha de arroz 
  • (15 g) 1 colher de sopa de psyllium (facultativo)
  • 220 g de açúcar mascavado
  • 1/2 colher de chá de noz-moscada
  • (14 g) 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de sopa (cheia) de açúcar mascavado+1 colher de chá de canela em pó (p/ polvilhar a forma)
  • pinhões tostados q.b


Preparação:

  1. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com a mistura de açúcar mascavado e canela.
  2. Descasque as peras, corte-as em quartos e retire os caroços. Corte cada um em três fatias. Disponha as fatias de pera em forma de leque pelo fundo da forma.

    IMG_4131.jpeg

  3. Numa taça, misture com uma colher, o azeite, a manteiga derretida e o queijo "quark". Adicione o leite, aos poucos, mexendo sempre. 
  4. Numa tigela, misture as farinhas (peneiradas), o psyllium, o açúcar, a noz-moscada e o fermento. De seguida, envolva os líquidos até obter uma massa uniforme. (A massa fica bastante espessa.)
  5. Coloque, cuidadosamente, colheradas de massa por cima das peras e depois alise ligeiramente.

    IMG_4135.jpeg

  6. Leve ao forno pré-aquecido a 180 °C por cerca de 35 minutos ou até visualizar uma crosta dourada e ao inserir um palito no centro do bolo este sair seco.

    IMG_4139.jpeg

  7. Coloque um prato de servir sobre o bolo e vire com cuidado. Distribua os pinhões tostados sobre o bolo.
  8. Deixe arrefecer completamente e, se pretender, polvilhe com um pouco de açúcar em pó antes de servir.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Muitas variedades de pera funcionam, mas a Pera Packman’s tem uma textura maravilhosa. A polpa é cremosa, muito suave, consistente, aromática e sumarenta.
29
Mar24

Nesta Sexta-feira Santa temos um Bolo Singelo (sem glúten)!

Para a Sexta-feira Santa, também conhecida como Paixão de Cristo, criei um bolo que toda a gente pode comer, com sabores subtis que não se sobrepõem e húmidade de ponto de orvalho. Além do mais, a massa é fofa e incrivelmente macia, é como ter o requinte da seda na nossa boca. E a cobertura cremosa de "caramelo", combinada com a crocante amêndoa torrada, dá vontade de comer às colheradas!

Classifico este bolo como uma sedução à sultão!

Deem uma olhada nestas fotos e vejam se este maravilhoso bolo não vos fascina como me fascina a mim!

IMG_4018.jpeg

 

IMG_4030.jpeg


Bolo Singelo
(sem glúten)

  • 4 Ovos
  • 300 g de Açúcar amarelo
  • 80 g de Manteiga
  • 250 ml de Leite 
  • (15 ml) 1 Colher de Sopa de Sumo de limão 
  • Raspa de 1/2 Limão
  • (15 ml) 1 Colher de Sopa de Licor de amêndoa amarga 
  • 250 g de Farinha de milho fina (fubá)
  • 125 g de Fécula de batata 
  • 125 g de Polvilho doce
  • (15 g) 1 Colher de Sopa de Psyllium em pó (facultativo)
  • (28 g) 2 Colheres de Sopa de Fermento em pó
  • 1/2 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio 
  • 1/2 Colher de Chá de Canela em pó 

Cobertura:

  • 150 g de Leite condensado cozido
  • 30 g de Chocolate branco   
  • 50 g de Amêndoa torrada, picada


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 170 °C.
  2. Misture o leite com o sumo do limão e reserve.
  3. Bata as claras em castelo com 1 colher de sopa de açúcar. Reserve.
  4. Com uma batedeira, bata em velocidade alta as gemas com o restante açúcar, por 2 minutos. De seguida, junte a manteiga amolecida. Em velocidade baixa e lentamente, acrescente a mistura de leite. Inclua a raspa do limão e o licor e bata por 7 segundos.
  5. Noutra tigela, misture a farinha de milho, a fécula de batata, o polvilho doce, o psyllium, o fermento, o bicarbonato e a canela. Junte ao preparado anterior e misture até obter uma massa uniforme.
  6. Por fim, envolva as claras em castelo, em 2 fases.
  7. Verta numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha de milho.
  8. Leve ao forno por cerca de 40 minutos. Faça o teste com um palito.
  9. Aguarde que o bolo arrefeça por, pelo menos, 30 minutos na forma antes de desenformar.

    IMG_4008.jpeg

  10. Prepare o creme: derreta o chocolate branco, em banho-maria ou no microondas, e misture com o leite condensado até obter uma mistura uniforme.
  11. Quando o bolo estiver completamente frio, cubra com o creme e distribua a amêndoa. 

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Como o leite não altera o sabor da massa, pode ser substituído por água ou por uma bebida vegetal ao seu gosto.
  • Se procura uma alternativa à manteiga, a margarina ou o óleo de milho são uma óptima opção.
  • O Psyllium é facultativo, no entanto faz alguma diferença pois ajuda a tornar a massa mais fofa e macia.
28
Mar24

Scones de Milho e Aveia com Anis (sem glúten)

Scones servidos, ouço as vozinhas gulosas "És a senhora dos Scones!" Pois é com muito gosto que semanalmente elaboro as receitas destes bolinhos, tendo sempre em atenção o princípio basilar.

Quanto a estes Scones, têm um exterior ligeiramente crocante e um interior macio. A combinação de farinha de milho com farinha de aveia e psyllium, juntamente com a mistura de ovo e iogurte kefir, concebe uma massa macia e um pouco humedecida.

Podem não ser os tradicionais mas, mesmo assim, não deixam de ser incríveis! Ah, e sabor é o que não falta, até se consegue prescindir de recheios!

IMG_4004.jpeg

 
Scones de Milho e Aveia com Anis
(sem glúten)
  • 230 g de farinha de milho fina (fubá)
  • 230 g de farinha de aveia (sem glúten)
  • (16 g) 4 colheres de chá de fermento em pó 
  • 2 colheres de chá de psyllium (facultativo)
  • 70 g de açúcar mascavado
  • 1 colher de chá de canela em pó 
  • 80 g de manteiga com sal
  • 2 ovos grandes
  • 150 g de iogurte kefir natural 
  • 1 colher de sopa de licor de anis
  • leite q.b (p/ pincelar)
 
Preparação:
  1. Numa taça, bata os ovos com o iogurte e o licor. Reserve.
  2. Coloque num processador de alimentos, as farinhas, o fermento, o psyllium, o açúcar, a canela e a manteiga fria aos pedaços. Processe até ficar uma mistura parecida com pão ralado. Verta numa tigela e adicione a mistura de ovo. Envolva com uma colher ou espátula, fazendo movimentos circulares, até estar tudo misturado. (Se a massa estiver muito seca, adicione um pouco mais de kefir, 1 colher de chá de cada vez.)
  3. Com as mãos, forme um disco com a massa, embrulhe em película e coloque no frigorífico por 15 minutos.
  4. De seguida, coloque sobre uma superfície levemente enfarinhada (com farinha de milho) e estique cuidadosamente a massa com um rolo até ter cerca de 2,5 cm de espessura. Com um cortador redondo ou um copo, corte os scones (sem torcer a massa). Coloque os scones num tabuleiro forrado com papel vegetal e pincele-os levemente com um pouco de leite.

    IMG_3989.jpeg

  5. Leve ao forno pré-aquecido a 220ºC, por 15 minutos ou até dourar. Retire do forno e deixe arrefecer sobre uma grelha.
Bom apetite!
24
Fev24

Scones (sem glúten)

Já sou famosa na família e entre as minhas amigas pelos meus Scones e tenho recebido, frequentemente, alguns pedidos para fazer estes bolinhos sem glúten. Como realmente fazia faltava um Scone que pudesse ser saboreado pelos intolerantes ao glúten, fui testando algumas receitas até chegar à minha própria receita, aquela que, para mim e para a generalidade dos que experimentaram, preenche todos os requisitos!

Esta receita, faz uns scones macios no meio e super crocantes por fora! A maior parte das pessoas ficam admiradas ao saberem que são preparados sem farinha de trigo e sem farinhas com glúten e, além disso, também referem que têm um sabor muito semelhante ao “scone normal”.

Bem, agora a inveja (saudável) já era! Aqui está a receita destes incríveis Scones!

IMG_3737.jpeg

 

Scones (sem glúten)

  • 250 g de farinha de aveia (sem glúten)
  • 65 g de farinha de milho fina (fubá)
  • 60 g de farinha de arroz 
  • 60 g de açúcar amarelo
  • 1/2 colher de chá de canela em pó 
  • 30 g de manteiga com sal
  • 75 ml de leite
  • 1 colher de sopa de sumo de limão 
  • raspa de 1 limão 
  • 1 ovo M
  • 10 g de fermento em pó

 

Preparação:

  1. Junte as farinhas, o fermento, o açúcar e a canela num processador e misture bem. Adicione a manteiga fria (aos pedaços) e processe até obter uma espécie de areia.
  2. Numa taça, misture com um garfo o ovo com o leite, o sumo e a raspa do limão, e depois junte aos secos. Processe, somente até que os ingredientes estejam todos ligados.
  3. Transfira a massa para a bancada, com as duas mãos forme um disco e deixe a repousar 10 minutos, coberto por uma película, no frigorífico.
  4. Com um rolo da massa, estique gentilmente a massa com cerca de 2,5 cm de espessura e corte os scones com um cortante redondo de 5 cm largura ou utilize um copo. Disponha os scones num tabuleiro forrado com papel vegetal, deixando algum espaço entre eles.

    IMG_3735.jpeg

  5. Leve ao forno pré-aquecido a 220 ºC, por cerca de 15 minutos ou até estarem dourados.
  6. Retire do forno, sirva mornos ou frios e recheie com os seus ingredientes favoritos!

Bom apetite!

 
20
Fev24

Bolo de Milho e Coco

Como aficionada de coco, este é um dos meus bolos de eleição!

Este bolo compõe-se de migalhas super macias e húmidas, cobertas por um creme incrivelmente delicioso, envolvido com coco ralado que entra em cena adicionando textura e sabor! Além do mais, a minha receita não inclui apenas o coco ralado, mas também o iogurte kefir de coco que enriquece o paladar e contribui para a textura macia e húmida do bolo.

É muito yummy e encanto!

IMG_3715.jpeg

 

IMG_3721.jpeg


Bolo de Milho e Coco

  • 4 ovos
  • 190 g açúcar amarelo
  • 320 g iogurte kefir de coco
  • 1 colher de sopa sumo de limão 
  • 80 g manteiga com sal
  • 130 g farinha de milho fina (fubá)
  • 120 g farinha de trigo T55
  • 50 g coco ralado 
  • (14 g) 1 colher de sopa fermento em pó
  • (4 g) 1 colher de chá bicarbonato de sódio 
  • coco ralado q.b (decoração)
  • Creme de pasteleiro250 ml leite; 70 g açúcar amarelo; 2 gemas de ovo; 35 g amido de milho; 1/2 colher de chá de extracto ou aroma de baunilha 

 

Preparação:

  1. Bata bem, com uma batedeira, o açúcar e os ovos até obter um creme fofo. Adicione a manteiga (derretida) e depois kefir e o sumo de limão e bata por mais 30 segundos.
  2. Noutra tigela, misture a farinha de milho e a farinha de trigo (peneiradas), o fermento, o bicarbonato e o coco ralado. Acrescente aos líquidos e misture todos os ingredientes, na velocidade mínima da batedeira, até obter uma massa homogénea (cerca de 5-7 segundos). Verta numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha. Alise gentilmente a massa com uma colher.

    IMG_3695.jpeg

  3. Coloque a cozer, no forno pré-aquecido a 180 ºC, por cerca de 30 minutos. Faça o teste com um palito.
  4. Retire do forno, deixe arrefecer 15 minutos na forma e desenforme.

    IMG_3699.jpeg

  5. Creme de pasteleiro: leve ao lume num tacho o leite, o extracto ou aroma de baunilha e metade do açúcar. Numa taça, bata bem as gemas com o restante açúcar e a farinha. Misture um pouco de leite morno na mistura de ovos e de seguida verta no tacho. Mexa bem. Leve o creme à fervura e deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 3 minutos, mexendo sempre. Retire do lume e deixe arrefecer coberto por uma película, "colada" à superfície do creme, para evitar que se forme uma crosta. Antes de utilizar o creme, volte a bater.
  6. Cubra completamente o bolo com o creme de pasteleiro e polvilhe com a quantidade de coco ralado a gosto.

Bom apetite!

Dicas:

  • Como alternativa ao extracto ou aroma de baunilha, pode utilizar meia vagem de baunilha, raspando as sementes. Coloque a vagem e as semente no leite que vão ao lume até à fervura e depois retira-se.
  • Pode substituir a manteiga por óleo de coco, de girassol ou milho e o leite por uma bebida vegetal da sua preferência (amêndoa, soja, aveia,...).
  • “Cada forno é um forno” e o tempo de cozedura total varia em função do forno, por isso é tão importante que faça o teste com um palito, no centro do bolo porque o centro demora mais a cozer. Assim que o bolo estiver cozido, retire do forno. Se o bolo cozer em demasia, além de ficar queimado, vai ficar seco.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub