Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

20
Jan24

Fogaça com Chocolate

Hoje há festa no concelho de Santa Maria da Feira, a chamada Festa das Fogaceiras, e à minha mesa já chegou a Fogaça (um pão doce) para satisfazer o meu santo desejo.

Este ano optei por fazer uma fogaça "fora da caixa", com chocolate, onde a tradicional massa é respeitada. Um símbolo antigo com uma abordagem moderna que convivem perfeitamente sem choques.

Experimentem a Fogaça que se abre com as suas mãos e "lasca" que é um regalo!

IMG_3481.jpeg

 

Fogaça com Chocolate 

Para o fermento:

  • 55ml de água, morna
  • 75g de farinha de trigo
  • 13 g de fermento de padeiro fresco

Para a massa:

  • Raspa de 1/2 limão, grande
  • 4g de sal marinho
  • 50g de manteiga
  • 70g de açúcar
  • 1 ovo M
  • 200g de farinha de trigo
  • 1/2 c. chá canela em pó
  • 80g de pepitas de chocolate negro
  • 1 ovo, para pincelar

 

Preparação:

  1. Dissolva o fermento na água morna e misture, numa tigela, com a farinha de trigo, até obter uma massa homogénea. Tape com um pano e deixe levedar 15 minutos, num local temperado.
  2. Depois, adicione o açúcar, a canela, o sal, os ovos, a raspa do limão e a manteiga amolecida. Misture bem.
  3. Por fim, adicione a farinha e amasse muito bem.
  4. Tape a tigela, com um pano, e deixe levedar 1 hora ou o necessário para a massa dobrar de volume.
  5. A seguir, utilize toda a massa (1 fogaça grande) ou divida dois pedaços de massa de +-150g (2 fogaças médias), de acordo com o tipo de fogaça que pretende confeccionar. Forme um rolo comprido semelhante a uma serpente, isto é, mais grosso num dos lados. Espalme o rolo com a mão, distribua algumas pepitas de chocolate, e começe a enrolar, resultando numa pirâmide. À medida que vai enrolando, coloque as "pirâmides" no tabuleiro forrado com papel vegetal, onde voltam a levedar (cerca de 1 a 2 horas), tapadas com um pano.
  6. Pincele com o ovo batido.
  7. Com uma tesoura, faça 4 golpes no topo da pirâmide de que resultarão as “torres do castelo“.

    IMG_3477.jpeg

  8. Coloque as fogaças no forno pré-aquecido a 170 °C e, 10 minutos depois, puxe o tabuleiro para fora e, à mão, separe os cortes no topo. Depois, retornam ao forno até estarem devidamente cozidas. Esta operação é determinante para que o calor penetre no interior das fogaças, cozendo-as uniformemente, apresentando-se a massa solta e leve por dentro, graças à conciliação do tempo e da temperatura de cozedura.

Bom apetite!


Dicas:

  • Quando a fogaça estiver pronta abra com as suas mãos, fica muito melhor do que cortar com uma faca!
16
Jan24

Formigos d’Avó

Formigos ou Mexidos, para quem desconhece é um doce português típico do Natal.

A minha avó apreciava bastante Formigos e tinha o costume de prepará-los na consoada do Natal e no réveillon! Nunca faltava! A minha mãe, como outra aficionada deste doce, passou-me este "bichinho" e esta maravilhosa receita! Pessoalmente adoro-os, mas faço-os sempre após os Reis, deste modo não corro o risco de perder algum do seu encanto no meio de tanta doçaria.

Cá está, uma iguaria já muito antiga no norte do país, que recomendo veementemente, especialmente nestes dias invernosos!

IMG_3448.jpeg

Formigos d' Avó

  • 1l leite meio-gordo
  • 100g açúcar
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 pau de canela
  • 3 cascas de limão
  • 3 gemas ovo
  • 1 colher de sopa de manteiga com sal
  • 50ml vinho do Porto
  • 250g-300g pão de cacete (consoante quiser, menos ou mais espesso)
  • 170g frutos secos, partidos aos pedaços (nozes, avelãs, pinhões)
  • canela em pó q.b.

Preparação:
  1. Parta o pão em pedacinhos muito pequeninos para uma tigela. Reserve.
  2. Leve ao lume o leite com o açúcar, o mel, o pau de canela, as cascas de limão, e deixe ferver durante 3 minutos. Junte a manteiga e o pão. Mexa bem, com uma colher de pau, para não agarrar no fundo do tacho e para desfazer bem o pão. Deixe ferver cerca de 2 minutos.
  3. Numa taça, bata as gemas com o vinho do Porto.
  4. Retire o tacho do lume e adicione ao preparado as gemas aos pouquinhos, mexendo sempre. Leve novamente ao lume até engrossar, continuando a mexer, sem deixar ferver.
  5. Com o tacho fora do lume, retire as cascas de limão e o pau de canela e junte os frutos secos, reservando alguns para decorar.
  6. Verta o preparado numa travessa ou em taças individuais. Polvilhe com canela e distribua os frutos secos reservados.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Esta receita não leva muito açúcar por isso estes Formigos ficam levemente doces, se quiser acrescente um pouco mais de açúcar.
09
Jan24

Aletria de Arroz com Banana e Sultanas

(Sem açúcar, lactose, glúten e ovos)

Na construção do puzzle dos doces momentos em 2024 esta "peça" gastronómica é basilar. Uma Aletria cheia de Alegria, concebível para todos! Uma receita saudável, com um resultado final cremoso e primoroso!

IMG_3367.jpeg


Aletria de Arroz com Banana e Sultanas

  • 100 g de Massa de Arroz fina
  • 2 Bananas* (bem maduras)
  • 2 Colheres de Sopa (cheias) de Xarope de Agave
  • 500 ml Bebida vegetal de Aveia 
  • 2 Colheres de Sopa de Manteiga (sem lactose)
  • 2 Cascas de Limão 
  • 1 Pau de Canela 
  • 1 Pitada de Sal
  • Canela em pó q.b
  • Sultanas q.b


Preparação:

  1. Coloque ao lume um tacho com a bebida vegetal, o xarope de agave, uma pitada de sal, a manteiga, as cascas de limão e o pau de canela e deixe ferver. Entretanto, esmague bem as bananas com um garfo e desfaça levemente a massa de arroz. Para soltar a massa parta o novelo nas extremidades.
  2. Adicione a massa e a banana à bebida vegetal e mexa gentilmente. Cozinhe a massa cerca de 5 a 6 minutos, mexendo de vez em quando com um garfo.
  3. Depois de a massa estar cozida, remova o tacho do lume, retire o pau de canela e as cascas de limão. Verta o preparado em pratos individuais ou numa travessa. Distribua umas sultanas (ao seu gosto) e decore com canela em pó. Deixe arrefecer, sirva e...

Bom apetite!

 

Dicas:

*Para esta receita sugiro que utilizem a nossa Banana da Madeira, a mais saborosa e doce.

07
Jan24

Leite Creme aromatizado com Fava Tonka

A Fava Tonka também conhecida como cumaru ou baunilha brasileira, é uma semente de uma árvore brasileira, nativa da região amazónica, tem um aroma adocicado semelhante à baunilha e é principalmente apropriada para perfumar sobremesas. Não é muito fácil de encontrar  à venda em Portugal, todavia, encontrei numa banca no Mercado do Bolhão. Tem um sabor e aroma forte, por isso, use com moderação.

Desconhecem o maravilhoso sabor/aroma da fava tonka? Satisfação a vossa curiosidade! Não deixem de provar!

IMG_3387.jpeg

Leite Creme aromatizado com Fava Tonka

  • 750 ml de Leite meio-gordo (Sem Lactose) 
  • 1 Pau de Canela 
  • 2 Cascas de Limão 
  • Raspa de Fava Tonka q.b
  • 75 g de Açúcar amarelo
  • 55 g de Amido de Milho
  • 2 Gemas de Ovo
  • 1 Colher de Chá de Manteiga (Sem Lactose) 
  • Açúcar (para queimar) q.b
  • Canela em pó (para finalizar) q.b


Preparação:

  1. Num fervedor de inox, aqueça o leite juntamente com o pau de canela, a raspa da fava tonka (a gosto) e as cascas do limão até ferver. Depois de fervida, desligue o lume e deixe a infusão repousar, tapada, durante 30-40 minutos. (Quanto mais tempo deixar repousar melhor).
  2. Numa tigela coloque o açúcar e as gemas, e mexa com uma colher de silicone até obter uma mistura cremosa. Adicione o amido de milho e misture bem até ficar um creme uniforme.
  3. De seguida, retire o pau de canela e as cascas do limão do leite. Lentamente, verta-o na mistura de gemas, mexendo constantemente para evitar a formação de grumos.
  4. Passe a mistura anterior por um coador para um tacho pequeno. Junte a manteiga e volte a aquecer em lume médio-baixo, mexendo sempre até engrossar. Este processo leva cerca de 7 minutos.
  5. Distribua o leite de creme por taças ou numa travessa grande e deixe arrefecer.
  6. Antes de servir o Leite Creme, polvilhe com um pouco de açúcar misturado com canela em pó e queime com o maçarico de cozinha ou com uma pá para leite creme em brasa até obter uma crosta dourada e crocante.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Da mesma forma que aromatiza o seu açúcar com a fava de baunilha, pode fazer o mesmo com a fava tonka cobrindo-a com açúcar (amarelo, branco ou confeiteiro). Uso a proporção de 2 sementes para 400 g de açúcar. Guarde o frasco num local seco e escuro por 1 mês antes de utilizar.

    IMG_3403.jpeg

05
Jan24

Para o Dia de Reis - Escangalhado de Batata-doce!

Para receber, em bom, os 3 Reis Magos, um bolo-rei com uma apresentação diferente, de massa elegantemente espirituosa, recheada com maçã e frutos secos!

IMG_3328.jpeg

Na terceira ronda, o "Rei" aparece na festa ... desmontado!💥

IMG_3310.jpeg


Escangalhado de Batata-doce

  • 200g de Batata-doce branca (descascada)
  • 400g de Maçã Reineta (descascada e descaroçada)
  • 70ml de Leite 
  • 30ml de Vinho do Porto
  • 10ml de Licor de Anis 
  • 10ml de Aguardente
  • 50g de Manteiga com Sal
  • 7g de Fermento de Padeiro seco
  • 1 Ovo M
  • 100g + 2 Colheres de Sopa de Açúcar amarelo 
  • Raspa de 1 Limão
  • Raspa de 1 Laranja
  • 450g de Farinha de trigo
  • 2 Colheres de Chá de Canela em pó 
  • 120g de Frutos secos, cortados grosseiramente (nozes, amêndoas, avelãs, pinhões, amendoins, ...)
  • 60 g de Sultanas
  • Decoração: Amêndoa palitada q.b; 1 Gema de ovo (pincelar); Geleia q.b; Canela em pó; Açúcar em pó q.b


Preparação:

  1. Coza a batata-doce, cortada em rodelas, em água com uma pitada de sal. Depois, escorra bem e deixe arrefecer completamente.
  2. Coloque num copo, a batata-doce, a manteiga (amolecida), o leite (morno), o vinho do Porto, o licor de anis, a aguardente, e triture bem com a varinha mágica. Transfira para a tigela da batedeira ou para o robot de cozinha e adicione o fermento, o ovo (à temperatura ambiente), 100g de açúcar, a raspa do limão e da laranja, 1 colher de chá de canela e a farinha. Amasse muito bem, em velocidade média, usando o gancho de massa, até formar uma massa lisa que se desprende das laterais da tigela. Este processo pode demorar 10 a 20 minutos dependendo da batedeira, da farinha e até da humidade do ar, por isso seja paciente. O resultado será uma massa solta.
  3. Forme uma bola com a massa, coloque numa tigela e tape com película aderente. Deixe a levedar 1 a 2 horas, até que duplique de tamanho.
  4. Entretanto, coloque a cozer, com um pouquinho de água, as maçãs descascadas, descaroçadas, e cortadas aos pedaços. Depois, escorra e deixe arrefecer. Triture com a varinha mágica até obter um puré e misture bem 2 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de chá de canela. Reserve.
  5. Depois de a massa levedar, transfira a massa para a bancada ligeiramente enfarinhada e estique-a, em forma de retângulo grande até obter uma espessura de cerca de 4mm. Barre uniformemente com o puré de maçã e sobreponha os frutos secos cortados e as sultanas, enrole uma das laterais até meio da massa e faça o mesmo do outro lado, formando dois caracóis com o mesmo diâmetro. Vire a massa ao contrário. Coloque num tabuleiro forrado com papel siliconizado e achate ligeiramente. Com uma faca afiada dê uns golpes nas laterais da massa, com 5 cm de distância, mas tendo o cuidado de não separar o bolo em fatias. Deixe levedar cerca de 1 hora ou até dobrar de tamanho.

     

  6. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  7. Pincele com a gema de ovo (misturada numa colher de sopa de leite) e decore com a amêndoa palitada. Leve ao forno por cerca de 25 a 30 minutos (dependendo do seu forno). Verifique se está cozido ao fim de 25 minutos.

    IMG_3306.jpeg

  8. Retire do forno, pincele com geleia e deixe arrefecer em cima de uma grelha. Polvilhe com um pouco de canela e açúcar em pó e sirva.

Bom apetite!

23
Dez23

🤶Cheira a Natal: Crepe recheado com Maçã Assada!

Vai um crepe leve e dourado, sem adição de açúcar, que permite compensar com uma cobertura e um recôndito imodestos?

Testem a minha massa de crepe, à sobremesa ou ao lanche, como forma de entrada no espírito natalino!✨

IMG_3190.jpeg

Um crepe delicioso e fácil de fazer!

IMG_3192.jpeg


Crepe recheado com Maçã Assada

  • 5-6 Maçãs (assadas)
  • 1 Pau de canela
  • 1 Estrela de Anis
  • 2 Cascas de Limão
  • 1 Cálice de Vinho do Porto
  • 150 g de Farinha de Trigo
  • 1 Colher de Sopa de Mel
  • 270 ml de Leite meio-gordo (à temperatura ambiente)
  • 1 Ovo M (ligeiramente batidos)
  • 30 g de Manteiga sem sal
  • Canela em pó q.b
  • Chocolate semi-amargo q.b
  • Açúcar em pó q.b
  • 30 g Miolo de Avelã (triturada grosseiramente)


Preparação:

  1. Coloque as maçãs numa travessa, junto com o pau de canela, a estrela de anis, as cascas de limão e o cálice de vinho do Porto. Leve ao forno até ficarem bem assadas. Depois, deixe que arrefeçam completamente.
  2. Comece a preparar os crepes: Numa tigela coloque a farinha e abra uma cova no centro. adicione os ovos, o mel e o leite. Misture muito bem. De seguida, mexendo sempre, misture a manteiga (derretida). Passe a mistura por um coador para um recipiente (para remover quaisquer grumos). Tape com película e leve ao frio durante 30 minutos.
  3. Numa frigideira anti-aderente, coloque um pouco da manteiga e espalhe bem com um pouco de papel de cozinha. Quando estiver bem quente, coloque uma concha de massa no centro da frigideira e rode-a rapidamente, para espalhar muito bem e ficar uma camada uniforme e fina. Quando ganhar uma cor, vire o crepe com jeitinho, para que coza do outro lado. Quando estiver pronto, coloque num prato. Repita o processo até acabar a massa. É importante que mexa sempre a massa antes de colocar na frigideira. 
  4. Deite uma folha de crepe num prato, coloque no centro uma porção de polpa de maçã assada e polvilhe um pouquinho de canelaDobre as pontas laterais e enrole-o. Repita o processo até terminar os crepes.
  5. Polvilhe cada crepe com um pouco de açúcar em pó e mais um pouco de canela, regue com chocolate (derretido) e distribua a avelã triturada. Sirva-os de imediato.

Bom apetite!

22
Dez23

☃️ Bolinhos de Cenoura e Alperce

Como é que se termina o dia da melhor forma? Comendo um bolinho leve e fofo, com o paladar da cenoura e da laranja, bem acompanhado por uma tranquila chávena de chá quente!

Estes bolinhos são apropriados para quem procura um momento realmente reconfortante!

IMG_3172.jpeg

 

Bolinhos de Cenoura e Alperce

  • 250 g de Cenoura crua (descascada)
  • 35 g de Alperces (secos, sem caroço)
  • 180 g de Farinha de trigo integral T150
  • 100 g de Farinha de milho fina (fubá)
  • 45 g de Polvilho doce
  • 45 g de Polvilho azedo 
  • (12 g) 1 Colher de Sopa de Fermento em pó
  • 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio
  • 100 g de Açúcar mascavado 
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó 
  • Raspa de 1 Laranja
  • 50 g de Manteiga com sal
  • 100 ml de Sumo de Laranja
  • 1 Colher de Sopa de Vinagre de Arroz 
  • 2 Ovos
  • 1 Pitada de Sal
  • +/-120 ml Sumo de Laranja
 
Preparação:
  1. Coloque os alperces numa taça pequena, cubra-os com sumo de laranja e deixe a hidratar por pelo menos 30 minutos.
  2. Coza a cenoura, aos pedaços, em água com uma pitada de sal. Depois, escorra e deixe arrefecer completamente.
  3. Pré-aqueça o forno a 220ºC.
  4. Num processador de alimentos, coloque as farinhas, os polvilhos, o fermento, o bicarbonato, o açúcar, a canela e a raspa da laranja, e processe até ficar tudo bem misturado. Adicione a manteiga (fria) cortada em cubos, e processe novamente. Transfira a mistura para uma tigela grande e faça uma cova no centro. Reserve.
  5. No processador, junte 100 ml de sumo de laranja (use o sumo que restou da hidratação dos alperces), o vinagre, a cenoura cozida, os alperces (cortados aos bocados) e os ovos e triture muito bem até obter um puré. Adicione a mistura à  mistura dos secos e envolva com uma colher, até incorporar. 
  6. Com a ajuda de duas colheres de sopa coloque colheradas de massa distribuídas por um tabuleiro forrado com papel vegetal.

    IMG_3166.jpeg

  7. Leve ao forno por 15 minutos ou até que os bolinhos fiquem dourados.
  8. Bolinhos prontos, deixe-os arrefecer sobre uma grelha, por alguns minutos, antes de servir.

Bom apetite!

20
Dez23

🌹 Bolo 7 Rosas de Maçã com Amêndoa e Noz

O bolo de maçã é um dos bolos mais célebres, até quem não aprecia doces gosta de um bolinho destes. 

Neste caso temos um bolo super húmido e fofo, com um ligeiro sabor do limão e canela, e pedacinhos suculentos de maçã espalhados por um todo, que o tornam ultra saboroso. Com uma veste exuberante, este bolo encantadoramente vanguardista merece mesmo ser repetido.
O meu bolo já ficou mais bonito noutras ocasiões, posto que as "rosas" não afundaram por completo na massa, no entanto a frustração aqui não entrou porque o sabor e o desígnio perduraram! 😇

🎄Preparem para a vossa ceia de Natal este "bouquet" de 7 Rosas que vai deixar os vossos convidados animados e serão presenteados com rostos sorridentes! 

IMG_3135.jpeg

Vamos foliar e "mergulhar de cabeça" nesta delícia?

IMG_3140.jpeg

Uma receita maravilhosa que conheço como a palma da minha mão!

Bolo 7 Rosas de Maçã com Amêndoa e Noz

  • Maçãs Fuji (grandes)
  • Espumante q.b
  • 100 g de Miolo de Amêndoa torrada com pele
  • 100 g de Miolo de Noz
  • 5 Ovos M
  • 150 g de Açúcar Mascavado
  • 1 Colher de Sopa de Mel de Urze
  • 70 g de Manteiga com Sal
  • 250 ml de Bebida vegetal de Amêndoa
  • 1 Colher de Sopa de Vinagre de Arroz 
  • 240 g de Farinha de Trigo T55
  • (15 g) 1 1/2 Colher de Sopa de Polvilho Doce
  • (14 g) 1 Colher de Sopa de Fermento em pó
  • (4 g) 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio 
  • Raspa de 1 Limão
  • (2 g) 1 Colher de Chá de Canela em pó 
  • Creme: 100 g de Leite Condensado Cozido; 1 Colher de Chá de Vinho do Porto; 1/2 Colher de Chá de Canela em pó
  • Açúcar em pó q.b. (para finalizar)


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 170°C. Unte uma forma e enfarinhe.
  2. Lave bem 2 maçãs, descaroce-as, corte-as em 4 e depois em fatias bem fininhas (lâminas com cerca de 1-2mm), coloque-as numa taça e cubra-as com espumante (para não oxidarem). Reserve.
  3. Coloque num processador, 60 g de amêndoa, 60 g de noz e o polvilho, e triture bem até oter uma farinha grossa. Verta para uma taça e reserve. Agora, coloque 40 g de amêndoa e 40 g de noz e triture grosseiramente. Reserve.
  4. Numa tigela coloque os ovos, o açúcar, o mel, a manteiga (derretida), a bebida vegetal e o vinagre e bata bem, na velocidade mínima.
  5. Junte a farinha de amêndoa e bata, na mesma velocidade, por 5 segundos. De seguida, adicione a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato (todos peneirados), a raspa do limão e a canela, e misture durante 7 segundos.
  6. Descasque 2 maçãs, remova os caroços, e corte-as em quadradinhos pequenos. Envolva na mistura anterior, com uma colher de silicone.
  7. Verta a massa na forma. Distribua 40 g da mistura de amêndoa e noz trituradas.
  8. Sobreponha 10 meias luas de maçã e depois enrole-as por forma a formar a rosa. Disponha cada rosa cuidadosamente na massa, afundando-as um pouco para fixar.

    IMG_3123.jpeg

  9. Leve ao forno por cerca de 45-50 minutos. Faça o teste com o palito para verificar a cozedura do bolo.
  10. Bolo cozido, retire do forno e deixe-o arrefecer na forma por 20 minutos. Depois, desenforme-o e deixe  arrefecer completamente.
  11. Prepare o creme: coloque numa taça pequena todos os ingredientes e mexa até obter um creme sedoso.
  12. Barre o creme pelas laterais do bolo e distribua as restantes 40 g de amêndoa e noz trituradas. Polvilhe a superfície com um pouco de açúcar em pó e sirva.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Os ovos e a bebida vegetal devem estar à temperatura ambiente.
  • Para fazer cada rosa utilizei cerca de 10 meias luas de maçã.
11
Dez23

Bolinhos de Abóbora e Uva Passa Dourada

(Sem glúten)

Vou avisar, estes bolinhos têm qualidade de estrela! Não uma, nem duas, mas três magníficas estrelas, reservadas para o que é excepcional!

Estes bolinhos possuem o melhor dos dois mundos, uma "carapaça" crocante e um interior macio. Melhor ainda, reúne os ​​sabores robustos da abóbora e da uva passa, electrificados pela mistura aromática das especiarias e dos citrinos, que nos faz lembrar os bons momentos do presente e do passado. Tudo isto, promove uma gulodice saudável (sem glúten) que desaparece em menos de 12 horas!

Foram avisados! Aproveitem estes bolinhos com uma chávena de chá quente, sob uma manta fofinha, enquanto ouvem a chuva a cair! Satisfaçam-se à grande... sem culpa!

IMG_3078.jpeg

 

Bolinhos de Abóbora e Uva Passa Dourada 

  • 190 g de Abóbora Manteiga (descascada)
  • 50 g de Uva Passa Dourada
  • 180 g de Farinha de Aveia (sem glúten)
  • 140 g de Farinha de Arroz
  • 100 g de Farinha de Milho fina (fubá)
  • 45 g de Polvilho doce
  • (14 g) 1 Colher de Sopa de Fermento em pó
  • 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio 
  • 50 g de Açúcar mascavado 
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó 
  • 1/4 Colher de Chá de Erva-doce em pó
  • Raspa de 1 Tangerina 
  • Raspa de 1 Limão 
  • 50 g de Manteiga com sal
  • 120 g de Bebida Vegetal de Amêndoa
  • 2 Ovos
  • 1 Pitadinha de Sal
  • Jeropiga q.b
 
Preparação:
  1. Coloque as uvas passas numa taça pequena, cubra-as com jeropiga e deixe de repouso pelo menos 30 minutos.
  2. Descasque a abóbora e rale grosseiramente. Reserve.
  3. Num processador de alimentos, coloque a farinha de trigo, a farinha de arroz, a farinha de milho, o polvilho, o fermento, o bicarbonato, o açúcar, a canela, a erva-doce, a raspa da tangerina e do limão, e processe até ficar tudo bem misturado. Adicione a manteiga (fria) cortada em cubos, e processe. Transfira a mistura para uma tigela grande. Reserve.
  4. No processador, junte a bebida vegetal, a abóbora ralada, as uvas passas (escorridas), os ovos e uma pitada de sal e triture muito bem até obter uma mistura uniforme.
  5. Adicione a mistura anterior na mistura dos secos. Com uma colher ou uma espátula, misture tudo até incorporar. Caso a sua massa fique muito pegajosa, acrescente um pouco mais de farinha.
  6. Com as mãos ligeiramente enfarinhadas (com farinha de milho) faça bolinhas e achate-as ligeiramente com a palma da mão, distribua por um tabuleiro forrado com papel vegetal.

    IMG_3060.jpeg

  7. Deixe no frigorífico, durante 10 a 15 minutos.
  8. Pré-aqueça o forno a 200ºC.
  9. Retire o tabuleiro do frigorífico e coloque no forno por 25 a 30 minutos ou até que os bolinhos fiquem dourados e tostados.
  10. Bolinhos prontos, deixe-os arrefecer sobre uma grelha, por pelo menos 5 minutos, antes de servir.

    IMG_3064.jpeg

Bom apetite!

04
Dez23

Brownie de Batata-doce e Amêndoa com Nozes

(Sem Glúten)

Este brownie mega cremoso, tem uma camada fina e rica de chocolate a cobrir a sua superfície, que fica estaladiça quando fria, acrescentando sabor e textura.

É um bolo incrivelmente extasiante!

Adoro esta receita por diversas razões, uma delas por ser uma opção simples ao clássico brownie de chocolate. É extremamente fácil de preparar, não há necessidade de usar a batedeira, e não contém glúten. Além disso, também é suficientemente delicioso para impressionar os aficionados do chocolate!

Experimentem e satisfaçam o vosso desejo de chocolate, por um tempo!

IMG_2977.jpeg

IMG_2985.jpeg


Brownie de Batata-doce e Amêndoa com Nozes

(Sem Glúten)

  • 600g de Batata-doce crua (descascada)
  • 90g de Manteiga com sal
  • 90g de Cacau Magro em pó
  • 1/2 Colher de Chá de Canela em pó
  • 150 g de Geleia de Arroz
  • 2 Ovos
  • 100g de Farinha de amêndoa
  • 20g de Amido de Milho
  • (8g) 2 Colheres de Chá de Bicarbonato de sódio 
  • 70g de Miolo de Noz + Noz q.b (para decorar)
  • 90g de Chocolate de culinária (para cobrir)
  • 1 Pitada de Sal


Preparação:

  1. Descasque e corte a batata-doce em rodelas. Coloque num tacho pequeno com um pouco de água e uma pitada de sal. Leve a cozer por cerca de 15 minutos. Escorra bem e triture com a varinha mágica até obter um puré. Adicione a manteiga e misture. Deixe arrefecer completamente.
  2. Coloque num processador de alimentos o miolo de noz e triture grosseiramente. Reserve.
  3. Numa taça, junte o puré de batata-doce, a farinha de amêndoa, o amido de milho, o cacau em pó (peneirado), o bicarbonato de sódio, a canela, a geleia e os ovos (ligeiramente batidos). Misture bem todos os ingredientes com uma colher de silicone. Por último, adicione as nozes picadas e misture.
  4. Verta numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha de arroz. Nívele, gentilmente, a superfície da massa com uma espátula.

    IMG_2967.jpeg

  5. Retire do forno e deixe arrefecer 25-30 minutos antes de desenformar. Depois, deixe arrefecer completamente.

    IMG_2973.jpeg

  6. Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas e cubra o brownie, com a ajuda de uma espátula. Decore com noz.
  7. Quando estiver frio, sirva.

Bom apetite!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub