Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

29
Abr24

Rancho vegetariano com Shittake

Quando um prato é bonito, com cores e texturas que conversam entre si, ele torna-se muito mais saboroso!

Embarque nesta conversa onde a larica conhece a satisfação!

IMG_4218.jpeg


Rancho vegetariano com Shittake

  • 1 Cebola
  • 1 Tomate maduro 
  • Azeite q.b.
  • 1 Folha de louro
  • 3 Dentes de alho
  • 30 ml Vinho branco
  • 1/2 colher de chá Paprika fumada
  • +/- 500 ml Caldo de legumes ou água
  • 125 g Massa argolinhas
  • Sal q.b
  • Pimenta preta q.b
  • 1 Cenoura
  • 1/2 Couve-lombarda
  • 1 Alho-francês 
  • 1 colher de sopa Salsa, picadinha
  • 1 colher de chá Orégãos secos
  • 100 g Grão-de-bico cozido (escorrido)


Preparação:

  1. Pique muito finamente a cebola e refogue num generoso fio de azeite. Assim que estiver amolecida, junte o tomate (pelado e cortado aos bocadinhos), uma folha de louro, os dentes de alho picadinhos e deixe cozinhar 2 a 3 minutos. Refresque com o vinho tinto e deixe evaporar o álcool. Junte a paprika fumada, a salsa, os orégãos, e um pouco de caldo e deixe cozinhar por 2 a 3 minutos.
  2. Acrescente os cogumelos (cortados em quartos), a cenoura (às rodelas), tempere com sal e pimenta, e deixe cozinhar por 4 a 5 minutos. 
  3. Acrescente o caldo e junte a massa, a couve (cortada em tiras grossas) e o alho-francês (às rodelas), e mexa bem. Se necessário rectifique os temperos. Baixe o lume e deixe cozinhar cerca de 10 a 15 minutos, mexendo regularmente. Acrescente caldo ou água quente sempre que for necessário, pois deverá ficar com bastante molho.
  4. Por fim, junte o grão de bico e deixe cozinhar, em lume baixo, cerca de 10 minutos. Retire do lume e sirva num prato fundo.

Bom apetite!

04
Abr24

Regresso ao equilíbrio: Cogumelos Shiitake estufados com Puré de Batata

Depois destes "dias doces" estava na altura de voltar ao equilíbrio! O almoço de hoje, teve sabor e leveza!

Para "fugir" ao rotineiro arroz, preparei um puré bem aveludado e gostoso! Soube bem, muito bem! Uma dupla satisfação, uma durante e outra após a refeição.

IMG_4094.jpeg


Cogumelos Shiitake estufados com Puré de Batata
(2 doses)

  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 1 Tomate maduro
  • 4 colheres de sopa de Azeite Virgem-Extra
  • 1 colher de chá de Mistura de Especiarias Orientais 
  • 1 colher de sopa de Vinho Branco 
  • Salsa fresca
  • 100 g de Cogumelos Shiitake
  • 1 Cenoura pequena 
  • 1 chávena de chá de Ervilhas
  • 1/3 Couve lombarda 
  • 4 Batatas grandes
  • 1/2 colher de sopa de Manteiga
  • 2 colheres de sopa de Leite 
  • Noz-moscada q.b
  • Sal q.b
  • Pimenta preta q.b
  • Água q.b

 

Preparação:

  1. Prepare o puré: coloque as batatas (descascadas e cortadas em pedaços) numa panela e adicione água fria suficiente para cobrir. Adicione o sal e pimenta a gosto. Tape com um testo e coloque a ferver em lume alto. Depois, reduza o lume e deixe a cozinhar até que as batatas estejam bem macias, cerca de 15 minutos. Faça o teste com uma faca, esta deve passar com muita facilidade pela batata. Escorra as batatas e esmague utilizando um passe-vite, para a panela em que foram cozidas. Adicione o leite, a manteiga e uma pitada de noz-moscada, retifique o sal e a pimenta, e misture bem.
  2. Lave rapidamente os cogumelos em água fria. Eles são muito porosos, por isso não devemos mergulhá-los na água. Corte os cogumelos ao meio. Reserve.
  3. Leve um tacho ao lume com o azeite e a cebola picada. Deixe refogar um pouco, adicione os dentes de alho picados e o tomate pelado aos bocadinhos. Desfaça o tomate com a ajuda de uma colher. Junte a mistura de especiarias orientais. Deixe cozinhar durante 2 minutos. Junte o vinho branco e deixe evaporar o álcool.
  4. Adicione os cogumelos, a cenoura (cortada em cubos) e a salsa picadinha (a gosto). Acrescente um pouco de água e tempere com sal e pimenta (a gosto). Depois de ferver, deixe cozinhar por cerca de 10 minutos em lume brando. De seguida, acrescente o repolho (cortado em juliana) e as ervilhas. Se for necessário acrescente um pouco de água. Deixe cozinhar por 10 minutos. Retifique o tempero se necessário.
  5. Retire e sirva de imediato com o puré.

Bom apetite!

02
Fev24

Judas e a messe negra: Feijoada de Feijão Preto com Cogumelos Orelha de Judas e Pleurotus ostreatus

A armadilha do amor, depois de experimentar não se consegue largar! Quando experimentei este petisco fiquei apaixonada.

Os mais ousados também podem experimentar!

IMG_3558.jpeg

 

Feijoada de Feijão Preto com Cogumelos Orelha de Judas e Pleurotus ostreatus

  • 500g Feijão Preto (seco)
  • Alga Kombu
  • 2 Cebolas
  • 2 Dentes de alho
  • Azeite Virgem Extra q.b
  • 2 Tomates maduros, pelados
  • 50ml de Vinho Branco
  • 1 Cenoura grande
  • 2 Couves Repolho
  • 100g Cogumelos Orelha de Judas, frescos
  • 350g Cogumelos Pleurotus ostreatus, frescos
  • Pimentão doce fumado q.b
  • Cominhos q.b
  • 1 Chávena Arroz Basmati
  • 2 Chávenas de Água
  • 1 Fio de Azeite Virgem-Extra
  • 20g Cenoura, ralada
  • 1 pitadinha Noz-moscada (facultativa)
  • Sal q.b

 

Preparação da Feijoada:

  1. Demolhe o feijão preto, com um pouco de Alga Kombu, de um dia para o outro. No dia da confeção, coza-o em água temperada com um pouco de sal e a Alga;
  2. Descasque a cebola e o alho, pique-os, e coloque num tacho com um pouco de azeite. Leve ao lume e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione o vinho branco, o pimentão, os cominhos, a pimenta e o tomate picado. Deixe cozinhar por 5 minutos;
  3. Adicione a cenoura (descascada e cortada em rodelas), os cogumelos (aos pedaços), a couve (cortada ao meio), e um pouco do caldo da cozedura do feijão. Deixe cozinhar 15 minutos;
  4. Acrescente depois o feijão, com mais um pouco do caldo, retifique o sal e a pimenta, tape e deixe cozinhar até apurar.


Preparação do Arroz Basmati:

  1. Coloque num tacho a água, o sal, a cenoura, um fio de azeite, uma pitadinha de noz-moscada, e leve ao lume até ferver;
  2. Entretanto, lave o arroz Basmati em água corrente, com um coador de rede fino, e escorra bem para eliminar o excesso de amido;
  3. Quando a água ferver, coloque o arroz a cozer 8 a 10 minutos;
  4. Desligue o lume, deixe o arroz repousar, com o tacho tapado, por 5 minutos;
  5. Destape o tacho e, muito delicadamente, solte os grãos do arroz. 

Bom apetite!


Dicas
:

  • A Alga Kombu é habitualmente utilizada para cozinhar com as leguminosas porque torna as suas fibras macias e digeríveis.
21
Nov23

Outono: temporada dos Cogumelos! 🍄

Primavera, época das flores, dos pássaros, dos morangos, das cerejas e dos mirtilos;
Verão, época dos melões/meloas/melancias, dos figos, do ananás, das uvas e dos pêssegos; 
Outono, época dos cogumelos, das castanhas, dos marmelos, das romãs e dos dióspiros; 
Inverno, época das clementinas, dos kiwis, dos frutos secos (noz, avelã, amêndoa), das laranjas e das anonas.

Cada fruto, flor, legume ou fungo - cada Ser - na sua temporada, aparecerá nos campos, nos bosques, nos mercados, por todo o lado. Só se pode dizer que, não desfrutar de cada um deles é um... desperdício!

IMG_2850.jpeg

IMG_2851.jpeg

IMG_2852.jpeg

IMG_2853.jpeg

IMG_2854.jpeg


Cogumelos (Mushrooms)

Varando a noite, com
Brandura, brancura,
Silêncio absoluto,

Do artelho aos narizes
Tomamos posse da argila
E do ar adquirido.

Ninguém nos avista,
Nos detém, nos agride;
Evadem-se os grãozinhos.

Punhos suaves insistem
Em brandir agulhas,
O recheio folhudo,

Até o calçamento.
Nossos martelos, marretas,
Sem olhos e ouvidos,

De voz nem um fio
Alargam as gretas,
Ombro abrindo fendas. Nós

Vivevos a pão e água,
Migalhas de sombra,
Com modos afáveis,

Inquirindo pouco ou nada.
São tantos de nós!
São tantos de nós!

Somos estantes, somos
Mesas, somos humildes,
Somos comestíveis,

Aos trancos e arranques
Apesar de nós mesmos
Nossa espécie se expande:

Pela manhã, havemos
De herdar o planeta.
E nosso pé porta adentro.


Poema de Sylvia Plath, traduzido por Flávio Quintiliano 
(in jornal LEIA, nº 121, Brasil, 1989, p. 50)

31
Out23

A Monstra "Laringela" 🧟‍♀️

(Sem lactose)

Querem um prato de Halloween deliciosamente assustador?🧌

Sugiro esta Monstra "Laringela", cujas "entranhas" têm um delicioso molho de tomate, atum e cogumelos salteados, combinados com diversos vegetais, todos, encarcerados entre fatias de beringela, e na "face" estão uns "olhos" de cenoura roxa e azeitona verde, um "nariz" de cenoura e uns "dentes" de cenoura roxa.

Experimentem e tenham um jantar, "mostruosamente", saboroso! 

IMG_2654.jpeg

 

🦇Lasanha de Beringela com Atum🦇

  • 1 Lata de Atum em Azeite
  • Azeite q.b
  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 1 Colher de Chá de Salsa (fresca, picadinha)
  • 1 Colher de Chá de Paprika Fumada
  • 20 ml de Vinho Branco
  • 2 Beringelas
  • 1 Cenoura grande ou 2 pequenas
  • 3 Alhos-franceses
  • 1 Couve roxa
  • 1/2 Pimento vermelho
  • 1/3 Cabeça de Funcho
  • 6 Azeitonas verdes
  • 4 Fatias de Queijo (de preferência, amanteigado, sem lactose)
  • Sal e pimenta q.b

 

Preparação dos vegetais:

  1. Comece por refogar a cebola e os dentes de alho picados, com o azeite.
  2. Acrescente a couve roxa (cortada fininha), o alho francês (em rodelas finas), as cenouras e o pimento (aos quadradinhos), e o funcho laminado. Adicione a paprika, o vinho branco, e a salsa. Deixe cozinhar durante 2 minutos.
  3. Junte, ainda, 30 ml da água quente, sal e pimenta preta. Deixe cozinhar por cerca de 15 minutos em lume brando. (Os vegetais não devem ficar secos, por isso, se for necessário acrescente mais um pouco da água quente).
  4. Verifique os temperos e reserve.

 

Molho de Tomate:

  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 2 Tomates
  • 1/4 Pimento vermelho
  • 4 Alcaparras
  • 30 ml de Vinho Branco
  • Azeite q.b
  • Manjericão, q.b.
  • Oregãos q.b
  • Sal e pimenta preta q.b
  1. Pique a cebola e o alho e coloque num copo juntamente com um fio de azeite. Junte o tomate, as alcaparras, o vinho branco, o pimento (aos bocados), o manjericão, os oregãos, o sal e a pimenta. Triture tudo com a varinha mágica até obter um molho homogéneo.


Cogumelos salteados:

  • 200 g de Cogumelos Paris Inteiros, frescos
  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 2 Colheres de Sopa de Azeite
  • 1 Colher de Chá de Oregãos
  • Sal e Pimenta preta
  1. Lave e corte os cogumelos em fatias. Salteie, numa frigideira, com azeite, a cebola e os dentes de alho picadinhos, os oregãos e um pouco de sal e pimenta. Cozinhe até ficarem tenros, e reserve.


Montagem:

  1. Corte as beringelas, com casca, em fatias finas no sentido longitudinal. Coloque numa tigela e mergulhe-as em água com um pouco de vinagre ou limão, para não oxidarem.
  2. Em duas assadeiras pequenas ou numa grande, coloque uma camada de: molho de tomate, beringela, vegetais, cogumelos e atum (escorrido). De seguida, cubra com molho de tomate e repita as camadas até terminar todos os ingredientes. No final, cubra com molho de tomate e acrescente uma camada de queijo.
  3. Leve ao forno pré-aquecido, a 180 ºC, durante 25 a 30 minutos. A beringela irá cozer no próprio molho.
  4. Sirva de seguida.

Bom apetite!🧛‍♀️

 

Dicas:

  • Se quiser pode adicionar um Molho Bechamel. Este molho em união com a beringela fica muito agradável.
26
Out23

Arroz de Caril com Legumes e Ovo Estrelado

É com todo o gosto que, uma vez por mês, preparo este prato cá em casa. Adoro-o por ser extremamente fácil, delicioso e saudávelUma refeição onde não falta sabor e aroma. Na minha opinião, a estratégia principal passa por cortar os legumes em pedaços pequenos e adicionar a amêndoa tostada.

Se são fãs de caril, vejam como este prato, com um leve toque cremoso e adocicado, pode ser tão apaixonante!

Experimentem e fiquem sob o "feitiço" do caril por muito e bom tempo!

IMG_2494.jpeg

 

IMG_2505.jpeg


Arroz de Caril com Legumes e Ovo Estrelado

  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de Alho
  • 3 Colheres de Sopa de Azeite
  • 1 Alho-francês
  • 3 Colheres de Sopa de Ervilhas (congeladas)
  • 300 g Abóbora Hokkaido ou Manteiga
  • 100 g Cogumelos Shitake
  • 1 Cenoura
  • 1/3 Pimento Vermelho
  • 2 Colheres de Sopa de Vinho Branco
  • Sal q.b
  • 1 Colher de Chá de Caril
  • 2 Colheres de Sopa (cheias) de Leite de Coco
  • 100 g de Arroz Basmati
  • 200 ml de Água
  • 40 g de Amêndoa laminada
  • 2 Ovos
  • Salsa fresca q.b
 

Preparação:
  1. Descasque e pique a cebola e os alhos.
  2. Corte o alho-francês em rodelas finas, descasque a cenoura e a abóbora e corte em quadradinhos. Corte o pimento em pequenos pedacinhos e fatie os cogumelos.
  3. Junte a cebola e os alhos num tacho com o azeite e leve ao lume (baixo) até ficar translúcidos.
  4. Adicione os cogumelos e o pimento e salteie por alguns minutos. Refresque com vinho branco.
  5. Junte as ervilhas, o alho-francês, a cenoura e a abóbora. Tape o tacho e deixe cozinhar em lume brando durante 2 minutos.
  6. Tempere com o sal, junte o caril e misture bem. Deixe tapado durante mais 1 minuto.
  7. Acrescente o arroz, o leite de coco e envolva. Regue com a água, tape e deixe cozinhar, em lume moderado, durante cerca de 10-12 minutos. Se necessário, retifique o sal.
  8. Entretanto, leve a amêndoa ao forno para tostar e frite os ovos: primeiro separe a clara da gema; coloque só a clara na frigideira anti-aderente com um pouco de azeite; deixe a clara fritar +/- 1 minuto, em lume médio, até ficar quase totalmente opaca; e por fim, coloque a gema por cima e deixe por mais 1 ou 2 minutos (consoante se gosta da gema mais ou menos liquida). Se quiser, tempere com uma pitadinha de sal.
  9. Na hora de servir, junte o ovo estrelado, salpique com a salsa picadinha e com a amêndoa torrada.

 

Bom apetite!
 
19
Out23

Trouxas de Lasanha com Cogumelos e Vegetais

Já fazia um bom tempo que estava à espera do momento ideal para servir este prato, com o outono a servir de inspiração. Com este tempo cinzentão, considerei ser o momento perfeito para avançar com esta receita fácil, saborosa e que conforta qualquer coração!

Preparei uma massa para lasanha caseira que funciona muito bem e, ao contrário da massa de compra, não precisa de pré-cozer. Fica macia graças ao molho que a cobre e ao tempo que permanece no forno. A versátil massa fresca transforma-se em deliciosas trouxas, recheadas com cogumelos e vegetais, num molho de tomate e mozzarella, revestidas com um rico molho bechamel.

Uma refeição caseira de Lasanha é sempre uma sugestão irresistível para toda a família. No final da refeição, estavam todos satisfeitos e só pensei "Com dedicação e paixão, qualquer um pode parecer um autentico chef!"

Experimentem acreditar que conseguem e serão capazes de criar refeições incríveis!

 

Trouxas de Lasanha com Cogumelos e Vegetais 

Ingredientes:

  • Massa fresca para Lasanha 
  • Molho de Tomate 
  • Cogumelos Marron (frescos)
  • Vegetais variados 
  • (125 g) 1 Mozzarella de Búfala
  • Molho Bechamel 
 
 

Massa fresca para Lasanha:

  • 100 g de Farinha de Trigo
  • 1 Colher de Chá de Azeite
  • 1 Ovo, grande
  • 1 Pitadinha de Sal

 

  1. Coloque num processador a farinha, o azeite, o sal e o ovo. Processe até obter uma massa semelhante a pão ralado grosso.
  2. Passe a mistura para a bancada e una com as mãos até formar uma massa. Amasse um pouco, cerca de 1-2 minutos, até ficar macia e sedosa. Forme uma bola e embrulhe bem em película aderente. Leve ao frigorífico por, pelo menos, 30 minutos.
  3. Agora é tempo de estender a massa! Quem tiver uma máquina, tem o trabalho simplificado, não necessita do rolo da massa. Passe por todas as configurações da máquina, da mais larga para a mais estreita (até à espessura que desejar). Polvilhe levemente ambos os lados da massa com um pouco de farinha todas as vez que a passar na máquina. (Polvilhar a massa com farinha facilita o seu manuseamento).
  4. Passe a massa na configuração mais larga da máquina e, depois, dobre-a ao meio. Volte a passar na máquina, na mesma configuração. Repita este processo 5-6 vezes, para que a massa fique incrivelmente macia!
  5. No final, polvilhe novamente com farinha.
  6. Massa pronta, prepare o seu recheio.


Salteado de Cogumelos e Vegetais:

  • 1 Cebola média
  • 2 Dentes de Alho
  • 220 g Cogumelos Marron frescos (cortados aos bocados)
  • 2 Alhos francês grandes (cortado em meias-luas)
  • 1 Cenoura média (ralada grosseiramente)
  • 2 Beringelas (costadas em cubos)
  • 1 talo de Funcho (cortado em rodelas pequenas)
  • 8 Azeitonas Pretas descaroçadas (cortadas ao meio)
  • Azeite q.b.
  • 50 ml de Vinho Branco
  • Sal e pimenta preta q.b
  • Salsa fresca q.b
  • Oregãos q.b
 
  1. Numa frigideira refogue a cebola e o alho (picadinhos) num fio de azeite.
  2. Adicione os vegetais e refresque com o vinho branco. Deixe cozinhar em lume brando por 5 minutos, mexendo sempre que for necessário.
  3. Junte os cogumelos, envolva e deixe cozinhar por mais 3 minutos.
  4. Adicione a salsa picadinha, os oregãos, e tempere com sal e pimenta. Envolva bem, retire para uma taça e deixe arrefecer.

 

Molho de Tomate:

  • 1 Cebola média
  • 2 Dentes de Alho
  • 3 Tomates
  • 1/4 Pimento vermelho
  • Azeite q.b
  • Manjericão, q.b.
  • Oregãos q.b
  • Sal e pimenta preta q.b

 

  1. Pique a cebola e o alho e coloque num copo juntamente com um fio de azeite. Junte o tomate e o pimento aos pedaços, bem como, o manjericão, os oregãos, o sal e a pimenta. Triture tudo com a varinha mágica até obter um molho homogéneo.


Molho Bechamel:

  • 1 Colher de Sopa (cheia) de Manteiga com Sal
  • 2 Dentes de Alho
  • 2 Colheres de Sopa de Amido de Milho
  • 250 ml de Leite Meio-Gordo
  • 1 Colher de Café de Mostarda Dijon
  • Sal q.b
  • Noz-moscada q.b
  • 40 g de Queijo da Ilha de S. Jorge

 

  1. Derreta a manteiga num tacho em lume médio-baixo, de seguida misture a farinha e mexa por 5 minutos, até desfazer os grumos de farinha.
  2. Sem parar de mexer, misture o leite em fio (lentamente). 
  3. Junte os alhos esmagados (com o esmagador de alhos) e a mostarda. Tempere com sal e noz-moscada ralada. Deixe ferver e cozinhe por alguns minutos, antes de retirar do lume. (Se necessário acrescente um pouco mais de leite).
  4. Rale e misture o queijo. Retifique o tempero.

 

Montagem:

  1. Pré-aqueça o forno a 180 °C.
  2. Coloque o molho de tomate numa assadeira e distribua a mozzarella ralada (grosseiramente).
  3. Recheie a massa para lasanha, com o salteado de cogumelos e vegetais, e enrole cuidadosamente. Com uma faca afiada, corte os rolos com a dimensão que pretender e coloque-os na assadeira. De seguida, regue com o molho bechamel.
  4. Leve ao forno por 20-30 minutos, até ficar bem dourado.
  5. Sirva de seguida.

Bom apetite!
18
Set23

Um “estrondo” de Crepe!

Sinceramente, acho que os crepes assentam bem a qualquer hora do dia e em qualquer altura do ano! Os crepes doces são perfeitos para o pequeno-almoço e lanche, e as alternativas salgadas são óptimas para um brunch, uma “entrada” ou, ainda, refeição principal.

São o petisco reconfortante perfeito, seja na companhia de família/amigos ou num momento a dois!

Estes crepes são esplêndidos para todos os que desejam desfrutar de uma refeição "low carb" e bem saborosa!  

IMG_1900.jpeg

Uma receita imprescindível se pretendem incluir legumes ao vosso cardápio!

 

Crepes recheados com Shiitake e Legumes 

Para os Crepes:

  • 100 g de Farinha de Trigo
  • 1 Pitada de Sal
  • 200 ml de Leite meio-gordo (à temperatura ambiente)
  • 2 Ovos M (ligeiramente batidos)
  • 50 g de Manteiga sem sal (derretida)

 

  1. Comece por preparar os crepes: Numa tigela misture a farinha e o sal. Abra uma cova no centro e adicione os ovos e o leite. Misture muito bem. De seguida, mexendo sempre, misture a manteiga. Passe a mistura por um coador para uma tigela (para remover quaisquer grumos).
  2. Numa frigideira anti-aderente, coloque um pouco da manteiga e espalhe bem com um pouco de papel de cozinha. Quando estiver bem quente, coloque uma concha de massa no centro da frigideira e rode-a rapidamente, para espalhar muito bem e ficar uma camada uniforme e fina. Quando ganhar uma cor, vire o crepe com jeitinho, para que coza do outro lado. Quando estiver pronto, coloque num prato.

    IMG_1836.jpeg

  3. Repita o processo até acabar a massa. É importante que mexa sempre a massa antes de colocar na frigideira. 

 

 Para o Recheio:

  • 250 g de Cogumelos Shiitake (frescos)
  • 1/2 Couve Lombarda, pequena
  • 2 Cenouras, pequenas
  • 1 Alho Francês, grande
  • 1/4 de Pimento (vermelho)
  • 2 Cebolas, pequenas
  • 6 Dentes de Alho
  • 3 Colheres de Sopa (cheias) de Azeite
  • 1 Colher de Sopa de Vinho Branco
  • Sal e Pimenta preta q.b
  • Oregãos secos q.b
  • 2 Ovos (para panar)
  • Pão ralado (para panar)
  • Óleo (para fritar)

 

  1. Lave os cogumelos sob água corrente, para remover a sujidade, escorra-os bem e envolva-os num pano seco (para eliminar o excesso de humidade). Remova a ponta do caule dos cogumelos. Corte os cogumelos em tiras. 
  2. Numa frigideira coloque 1 c. sopa de azeite, 1 cebola e 2 dentes de alho (ambos picadinhos). Quando estiverem translúcidos junte os cogumelos e deixe saltear, em lume médio-alto, até que estejam ligeiramente dourados. Tempere com sal, pimenta e oregãos, e envolva tudo muito bem. Retire para uma taça e reserve.
  3. Lave bem a couve lombarda e corte-a em tiras finas. Descasque a cenoura e rale-a grosseiramente. Lave bem o alho francês e corte-o em meias luas. Corte o pimento em quadradinhos. Descasque e pique 1 cebola e 4 alhos.
  4. Coloque a cebola e os alhos num tacho com 2 c. sopa de azeite e deixe refogar um pouco. Junte os legumes todos, o vinho branco e tempere com sal e pimenta. Envolva tudo muito bem e deixe cozinhar cerca de 10 minutos. Retifique o tempero, se necessário, e mexa. Retire para uma taça e deixe arrefecer completamente.

    IMG_1844.jpeg

  5. Deite uma folha de crepe num prato e coloque uma porção de legumes e outra de cogumelos.

    IMG_1852.jpeg

  6. Dobre as pontas laterais e enrole-o. Repita o processo até terminar os crepes.

    IMG_1864.jpeg

  7. Passe os crepes pelo ovo batido e por pão ralado.

    IMG_1868.jpeg

  8. Frite os crepes, de ambos os lados, em óleo quente. Depois de fritos, deixe-os escorrer sobre papel absorvente.
  9. Sirva-os de imediato.


Bom apetite!

 
Dicas:
  • Caso não queira servir os crepes todos no mesmo dia pode congelar já panados.
  • Junte ao recheio tomate, xuxu, berinjela, milho, courgette, abóbora, batata-doce, brócolos, espargos, couve flor, beterraba, rabanete, o que quiser, ficará fantástico!
19
Jul23

Sopa com Bagos e Cogumelos Shimeji

Não sei se é do tempo, mas, andava a almejar há já uns dias uma sopa com massa, uma refeição confortante e relaxante. No dia em que encontrei os cogumelos Shimeji (fresquinhos), na prateleira do supermercado, soube que era a ocasião para preparar a sopa. Adicionei a cenoura e as ervilhas para ser mais nutritiva, ter mais texturas, sabor e cor! Soube-me tão bem como um "manjar dos deuses"!

IMG_1449.jpeg

 

Sopa com Bagos e Cogumelos Shimeji 

  • 1 Cebola
  • 1 Dente de Alho
  • 1 Cenoura pequena 
  • 1 Alho-francês 
  • 1 Folha de Louro 
  • 1/4 Raminho de Salsa, fresca
  • 1/2 Chávena de Chá de Ervilhas
  • 150 g de Cogumelos Shimeji, frescos
  • 1,5 L de Água
  • 125 g de Massa Bagos
  • Sal, a gosto
  • Pimenta preta, a gosto
  • 2 Colheres de Sopa de Azeite
  • 1 Colher de Chá de Manteiga


Preparação:

  1. Comece por colocar a água a ferver.
  2. Inicie a preparação do caldo de legumes: descasque e pique a cebola, e coloque numa panela com azeite. Deixe cozinhar por alguns minutos até a cebola ficar translúcida. Junte a água fervente, o alho inteiro, o alho-francês em pedaços, a salsa e a folha de louro, e deixe cozinhar por 30 minutos, em lume brando.
  3. Enquanto confecciona o caldo, limpe e corte a base dos pés dos cogumelos; descasque e corte a cenoura (bocados pequenos).
  4. Coe o caldo e adicione a massa. Mexa muito bem. Junte a cenoura e as ervilhas. Mexa, novamente, tempere com sal e pimenta, e deixe ferver.
  5. Deixe cozinhar por 5 minutos, em lume médio-alto, e depois adicione os cogumelos e a manteiga. Mexa e retifique o tempero.
  6. Tape a panela e deixe cozinhar, em lume brando, durante 12 minutos. Se a massa absorver  o caldo todo, junte um pouco de água quente.
  7.  Disponha a sopa nos pratos e sirva.

Bom apetite!

05
Jul23

Flores de Abóbora Recheadas com Shimeji, Brócolos e 2 Queijos

Comi esta iguaria gourmet fora de casa, mais especificamente... na varanda da minha casa! Sim, é possível trazer a "gourmetização" para a nossa mesa, sem ter que pagar mais pelo termo "gourmet"!

Avançando para o que interessa, a Flor de Abóbora tem um sabor muito subtil que é avultado pelo recheio que se incorpora. 

Escolhi assar as minhas Flores, em vez de as fritar, tornando-se mais leve e saudável, além de que a torrefação realça os sabores. Não sendo mergulhadas em óleo, as Flores ficam sequinhas e crocantes... uma delicia!

Esta é uma receita maravilhosa para um brunch, um almoço ou jantar. E também, é tão versátil que se pode rechear de acordo com o gosto de cada um ou com o que houver no frigorífico! 

IMG_1387.jpeg


Flores de Abóbora Recheadas com Shimeji, Brócolos e 2 Queijos

  • 12-14 Flores de Abóbora (dependendo do tamanho da flor)
  • 150 g de Cogumelos Shimeji
  • 1 Cabeça de Brócolos, média
  • 3 Dentes de Alho, picados
  • 1 Colher de Chá Alecrim fresco, picadinho
  • Colher de Chá Salsa fresca, picadinha
  • 2 Colheres de Sopa de Vinho Branco
  • 125 g de Ricota
  • 25 g de Queijo Esrom, ralado
  • 1 Gema de Ovo
  • 1/2 Colher de Chá de Mostarda Dijon
  • Sal, a gosto
  • Pimenta preta, a gosto
  • Azeite

 

Preparação:

  1. Para começar, as flores de abóbora devem ser limpas, principalmente se vierem da nossa horta. Como são muito delicadas é importante manuseá-las com cuidado para manter as pétalas intactas.
  2. Coloque as flores numa tigela com água e, cuidadosamente, agite-as. Certifique-se de que não há insetos ou lixos dentro e, de seguida, coloque-as sobre um pano de cozinha.
  3. Remova o estame interno das flores masculinas ou o carpelo das flores femininas (para evitar um sabor desagradável), com uma tesoura. Alguns cozinheiros removem a folha verde da base da flor, mas podemos mantê-la para ter mais crocância.
  4. Escalde as flores em água fervente, por cerca de 30 segundos. Retire-as com uma espumadeira e coloque em água gelada. Depois, coloque-as numa tigela e reserve. (Este processo amolece as flores, tornando-se mais fácil dobrar sobre o recheio).
  5. Lave a cabeça dos brócolos. Corte as folhas e o caule aos bocados, e corte os floretes em pedaços. Coloque num tacho com água e tempere com sal, a gosto. Leve ao lume para cozer. Quando estiverem macios, escorra e deixe arrefecer.
  6. Num tacho coloque 2 colheres de sopa de azeite, os alhos, os shimeji cortados aos bocados, o alecrim, a salsa, o vinho, o sal e a pimenta a gosto. Tape o tacho e cozinhe por cerca de 5 minutos. Depois, retire e deixe arrefecer.
  7. Numa tigela, misture o ricota, os cogumelos, os brócolos, o queijo esrom, a mostarda e a gema de ovo. Tempere com sal e pimenta, se for necessário.
  8. Abra delicadamente as flores e recheie com a mistura anterior, cerca de 1 a 2 colheres de chá por flor, dependendo do seu tamanho. Embrulhe as pétalas à volta do recheio e torça no topo.
  9. Coloque as flores recheadas numa assadeira levemente untada com azeite e regue ou borrife levemente com azeite.
  10. Leve ao forno pré-aquecido a 200°C por 10-15 minutos, até que as flores fiquem douradas.
  11. Retire a assadeira do forno e sirva de imediato.

Bom apetite !

 

Dicas:

  • Não encha demais a Flor de Abóbora. Apenas o suficiente para que a consiga manusear sem que se desmanche.
  • Se acidentalmente rasgar um lado da Flor de Abóbora, está tudo bem, apenas pressione suavemente as pétalas da flor contra o recheio, elas unem-se e pode fechar.
  • Se pretender experimentar outros ingredientes, sugiro: azeitonas (pretas e/ou verdes), pimento (verde e/ou vermelho), bacon, chouriço, fiambre, espinafres, cogumelos paris, queijo feta, muzzarela, manjericão, entre outros.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub