Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

09
Jan24

Aletria de Arroz com Banana e Sultanas

(Sem açúcar, lactose, glúten e ovos)

Na construção do puzzle dos doces momentos em 2024 esta "peça" gastronómica é basilar. Uma Aletria cheia de Alegria, concebível para todos! Uma receita saudável, com um resultado final cremoso e primoroso!

IMG_3367.jpeg


Aletria de Arroz com Banana e Sultanas

  • 100 g de Massa de Arroz fina
  • 2 Bananas* (bem maduras)
  • 2 Colheres de Sopa (cheias) de Xarope de Agave
  • 500 ml Bebida vegetal de Aveia 
  • 2 Colheres de Sopa de Manteiga (sem lactose)
  • 2 Cascas de Limão 
  • 1 Pau de Canela 
  • 1 Pitada de Sal
  • Canela em pó q.b
  • Sultanas q.b


Preparação:

  1. Coloque ao lume um tacho com a bebida vegetal, o xarope de agave, uma pitada de sal, a manteiga, as cascas de limão e o pau de canela e deixe ferver. Entretanto, esmague bem as bananas com um garfo e desfaça levemente a massa de arroz. Para soltar a massa parta o novelo nas extremidades.
  2. Adicione a massa e a banana à bebida vegetal e mexa gentilmente. Cozinhe a massa cerca de 5 a 6 minutos, mexendo de vez em quando com um garfo.
  3. Depois de a massa estar cozida, remova o tacho do lume, retire o pau de canela e as cascas de limão. Verta o preparado em pratos individuais ou numa travessa. Distribua umas sultanas (ao seu gosto) e decore com canela em pó. Deixe arrefecer, sirva e...

Bom apetite!

 

Dicas:

*Para esta receita sugiro que utilizem a nossa Banana da Madeira, a mais saborosa e doce.

20
Dez23

🌹 Bolo 7 Rosas de Maçã com Amêndoa e Noz

O bolo de maçã é um dos bolos mais célebres, até quem não aprecia doces gosta de um bolinho destes. 

Neste caso temos um bolo super húmido e fofo, com um ligeiro sabor do limão e canela, e pedacinhos suculentos de maçã espalhados por um todo, que o tornam ultra saboroso. Com uma veste exuberante, este bolo encantadoramente vanguardista merece mesmo ser repetido.
O meu bolo já ficou mais bonito noutras ocasiões, posto que as "rosas" não afundaram por completo na massa, no entanto a frustração aqui não entrou porque o sabor e o desígnio perduraram! 😇

🎄Preparem para a vossa ceia de Natal este "bouquet" de 7 Rosas que vai deixar os vossos convidados animados e serão presenteados com rostos sorridentes! 

IMG_3135.jpeg

Vamos foliar e "mergulhar de cabeça" nesta delícia?

IMG_3140.jpeg

Uma receita maravilhosa que conheço como a palma da minha mão!

Bolo 7 Rosas de Maçã com Amêndoa e Noz

  • Maçãs Fuji (grandes)
  • Espumante q.b
  • 100 g de Miolo de Amêndoa torrada com pele
  • 100 g de Miolo de Noz
  • 5 Ovos M
  • 150 g de Açúcar Mascavado
  • 1 Colher de Sopa de Mel de Urze
  • 70 g de Manteiga com Sal
  • 250 ml de Bebida vegetal de Amêndoa
  • 1 Colher de Sopa de Vinagre de Arroz 
  • 240 g de Farinha de Trigo T55
  • (15 g) 1 1/2 Colher de Sopa de Polvilho Doce
  • (14 g) 1 Colher de Sopa de Fermento em pó
  • (4 g) 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio 
  • Raspa de 1 Limão
  • (2 g) 1 Colher de Chá de Canela em pó 
  • Creme: 100 g de Leite Condensado Cozido; 1 Colher de Chá de Vinho do Porto; 1/2 Colher de Chá de Canela em pó
  • Açúcar em pó q.b. (para finalizar)


Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 170°C. Unte uma forma e enfarinhe.
  2. Lave bem 2 maçãs, descaroce-as, corte-as em 4 e depois em fatias bem fininhas (lâminas com cerca de 1-2mm), coloque-as numa taça e cubra-as com espumante (para não oxidarem). Reserve.
  3. Coloque num processador, 60 g de amêndoa, 60 g de noz e o polvilho, e triture bem até oter uma farinha grossa. Verta para uma taça e reserve. Agora, coloque 40 g de amêndoa e 40 g de noz e triture grosseiramente. Reserve.
  4. Numa tigela coloque os ovos, o açúcar, o mel, a manteiga (derretida), a bebida vegetal e o vinagre e bata bem, na velocidade mínima.
  5. Junte a farinha de amêndoa e bata, na mesma velocidade, por 5 segundos. De seguida, adicione a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato (todos peneirados), a raspa do limão e a canela, e misture durante 7 segundos.
  6. Descasque 2 maçãs, remova os caroços, e corte-as em quadradinhos pequenos. Envolva na mistura anterior, com uma colher de silicone.
  7. Verta a massa na forma. Distribua 40 g da mistura de amêndoa e noz trituradas.
  8. Sobreponha 10 meias luas de maçã e depois enrole-as por forma a formar a rosa. Disponha cada rosa cuidadosamente na massa, afundando-as um pouco para fixar.

    IMG_3123.jpeg

  9. Leve ao forno por cerca de 45-50 minutos. Faça o teste com o palito para verificar a cozedura do bolo.
  10. Bolo cozido, retire do forno e deixe-o arrefecer na forma por 20 minutos. Depois, desenforme-o e deixe  arrefecer completamente.
  11. Prepare o creme: coloque numa taça pequena todos os ingredientes e mexa até obter um creme sedoso.
  12. Barre o creme pelas laterais do bolo e distribua as restantes 40 g de amêndoa e noz trituradas. Polvilhe a superfície com um pouco de açúcar em pó e sirva.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Os ovos e a bebida vegetal devem estar à temperatura ambiente.
  • Para fazer cada rosa utilizei cerca de 10 meias luas de maçã.
11
Dez23

Bolinhos de Abóbora e Uva Passa Dourada

(Sem glúten)

Vou avisar, estes bolinhos têm qualidade de estrela! Não uma, nem duas, mas três magníficas estrelas, reservadas para o que é excepcional!

Estes bolinhos possuem o melhor dos dois mundos, uma "carapaça" crocante e um interior macio. Melhor ainda, reúne os ​​sabores robustos da abóbora e da uva passa, electrificados pela mistura aromática das especiarias e dos citrinos, que nos faz lembrar os bons momentos do presente e do passado. Tudo isto, promove uma gulodice saudável (sem glúten) que desaparece em menos de 12 horas!

Foram avisados! Aproveitem estes bolinhos com uma chávena de chá quente, sob uma manta fofinha, enquanto ouvem a chuva a cair! Satisfaçam-se à grande... sem culpa!

IMG_3078.jpeg

 

Bolinhos de Abóbora e Uva Passa Dourada 

  • 190 g de Abóbora Manteiga (descascada)
  • 50 g de Uva Passa Dourada
  • 180 g de Farinha de Aveia (sem glúten)
  • 140 g de Farinha de Arroz
  • 100 g de Farinha de Milho fina (fubá)
  • 45 g de Polvilho doce
  • (14 g) 1 Colher de Sopa de Fermento em pó
  • 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio 
  • 50 g de Açúcar mascavado 
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó 
  • 1/4 Colher de Chá de Erva-doce em pó
  • Raspa de 1 Tangerina 
  • Raspa de 1 Limão 
  • 50 g de Manteiga com sal
  • 120 g de Bebida Vegetal de Amêndoa
  • 2 Ovos
  • 1 Pitadinha de Sal
  • Jeropiga q.b
 
Preparação:
  1. Coloque as uvas passas numa taça pequena, cubra-as com jeropiga e deixe de repouso pelo menos 30 minutos.
  2. Descasque a abóbora e rale grosseiramente. Reserve.
  3. Num processador de alimentos, coloque a farinha de trigo, a farinha de arroz, a farinha de milho, o polvilho, o fermento, o bicarbonato, o açúcar, a canela, a erva-doce, a raspa da tangerina e do limão, e processe até ficar tudo bem misturado. Adicione a manteiga (fria) cortada em cubos, e processe. Transfira a mistura para uma tigela grande. Reserve.
  4. No processador, junte a bebida vegetal, a abóbora ralada, as uvas passas (escorridas), os ovos e uma pitada de sal e triture muito bem até obter uma mistura uniforme.
  5. Adicione a mistura anterior na mistura dos secos. Com uma colher ou uma espátula, misture tudo até incorporar. Caso a sua massa fique muito pegajosa, acrescente um pouco mais de farinha.
  6. Com as mãos ligeiramente enfarinhadas (com farinha de milho) faça bolinhas e achate-as ligeiramente com a palma da mão, distribua por um tabuleiro forrado com papel vegetal.

    IMG_3060.jpeg

  7. Deixe no frigorífico, durante 10 a 15 minutos.
  8. Pré-aqueça o forno a 200ºC.
  9. Retire o tabuleiro do frigorífico e coloque no forno por 25 a 30 minutos ou até que os bolinhos fiquem dourados e tostados.
  10. Bolinhos prontos, deixe-os arrefecer sobre uma grelha, por pelo menos 5 minutos, antes de servir.

    IMG_3064.jpeg

Bom apetite!

02
Dez23

Bolinhos de Coco

(Sem Glúten e Lactose)

O hábito NÃO faz o monge! Podem não ser os bolinhos mais bonitos que já viram mas, deliciosos, garantidamente, o são!

Já dizia o ditado “A necessidade aguça o engenho!", e é precisamente pela necessidade de servir alimentos isentos de glúten e/ou lactose que vou descobrindo algumas maravilhas gustativas!

Experimentem, se não, como vão saber se gostam?

IMG_2959.jpeg


Bolinhos de Coco

  • 2 Ovos
  • 80 g de Açúcar amarelo 
  • 140 g de Farinha de arroz
  • 140 g de Amido de milho
  • 140 g de Polvilho doce
  • 1 Colher de Sopa de Fermento em pó 
  • 120 g de Coco ralado
  • 80 ml de Bebida vegetal de Coco
  • 100 g de Óleo de Coco
  • Raspa de 1 Limão 
  • Cobertura (Opcional): Coco; Canela; Açúcar Branco q.b

 

Preparação:

  1. Coloque numa tigela o açúcar com os ovos e bata bem com uma colher de pau.
  2. Junte as farinhas e o polvilho (peneirados), o fermento, o coco ralado, a bebida vegetal, o óleo de coco e a raspa do limão, e misture com as mãos, somente o suficiente até obter uma massa uniforme. (Não amasse.)
  3. Faça bolinhas com as mãos, acha-te-as ligeiramente, passe pela(s) sua(s) cobertura(s) favorita(s) e disponha num tabuleiro forrado com papel vegetal.

    IMG_2941.jpeg

  4. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C, por cerca de 10-15 minutos. Os bolinhos estão prontos quando estiverem ligeiramente douradinhos.
  5. Depois, retire do tabuleiro e deixe arrefecer em cima de uma grelha.
  6. Sirva e delicie-se.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Pode substituir: o polvilho doce por amido de milho; o óleo de coco por óleo de milho, óleo de amendoim ou outra gordura vegetal.
07
Nov23

Bolo de Marmelo e Canela

Estaria a mentir, se dissesse que ontem não me lambuzei no tempo do prazer inebriante!

Este prazenteiro bolo sumarento e fofo, é uma verdadeira revolução doceira e está destinado a ser dividido desenfreadamente, já que, toda a gente anseia por uma generosa fatia. Além disso, posso garantir que o sabor não trânsfuga de forma alguma para se filiar noutro qualquer bolo. A integração do marmelo concede-lhe húmidade, além de sabor, e a canela dá-lhe um toque ímpar!

Convide o(a) seu(sua) amigo(a) para se juntar a si na experiência desta façanha, para que não seja preciso "vir a salto"! 

IMG_2672.jpeg

 

IMG_2698.jpeg


Bolo de Marmelo e Canela

  • (300 g) 2-3 Marmelos (descascados e descaroçados)
  • 2 Cascas de Limão
  • 130 ml de Bebida vegetal de Aveia
  • 70 g de Manteiga
  • 2 Ovos
  • 240 g de Açúcar Mascavado
  • 450 g de Farinha de Trigo
  • 20 g de Fermento em pó
  • (2 g) 1 Colher de Chá de Bicarbonato de sódio
  • (3 g) 1 1/2 Colheres de Chá de Canela em pó
  • Raspa de 1 Limão

 

Cobertura:
  • 150 g de Leite Condensado Cozido
  • 1 Colher de Sobremesa de Bebida vegetal de Aveia
  • 1 Colher de Chá de Manteiga
  • 1/2 Colher de Chá de Canela em Pó
  • 50 g de Miolo de Noz, picado grosseiramente

 

Preparação do Bolo:

  1. Descasque e retire o caroço dos marmelos, corte-os aos pedaços e coza-os em água com as cascas de limão. Depois, escorra bem, retire as cascas, e deixe arrefecer por completo.
  2. Pré-aqueça o forno a 180°C.
  3. Numa tigela, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, a canela e a raspa do limão. Reserve.
  4. Num copo, coloque a bebida vegetal e os marmelos cozidos, e triture muito bem com a varinha mágica até obter um creme. Reserve.
  5. Noutra tigela, junte o açúcar e os ovos e bata, com uma batedeira, em velocidade média-alta, por 30 segundos. Acrescente a manteiga derretida e o creme anterior, e misture bem, por 15 segundos.
  6. Adicione o preparado anterior aos ingredientes secos e misture, em velocidade baixa, apenas até incorporar e ficar uma massa uniforme. (Cerca de 7-10 segundos).
  7. Verta a massa numa forma préviamente untada com manteiga e enfarinhada. Alise a massa, gentilmente, com uma espátula de silicone.

    IMG_2660.jpeg

  8. Leve ao forno, por 30-35 minutos, até que ao inserir um palito no centro do bolo este saia seco.
  9. Deixe o bolo arrefecer na forma por cerca de 10 minutos e depois desenforme. Deixe arrefecer.

    IMG_2670.jpeg

  10. Prepare a Cobertura: Coloque todos os ingredientes num tacho, menos a noz, e leve a lume baixo. Mexa bem até ficar um creme bem macio e sem "grumos"De seguida, cubra o bolo com o creme e distribua o miolo de noz.
  11. Deixe arrefecer completamente e sirva.

Bom apetite!

30
Out23

🎀 Bolo de Pera com Abóbora 💞

(Sem lactose)

Um simples Espumante, levemente doce, com notas florais e fresco, funciona muito bem quando se trata da harmonização de vinhos com frutas. Além disso, se forem incluídas algumas especiarias como, por exemplo, a canela, o anis-estrelado, a noz-moscada ou o cravinho, o sabor fica ainda mais surpreendentemente!

Quanto à massa deste bolo, tem uma textura macia, bem húmida, com a cremosidade da pera entranhada no seu íntimo que se "derrete" na boca, tornando-se desnecessário acrescentar uma grande quantidade de manteiga (ou seja, gordura). Para culminar, os pedaços de pera "deslaçam-se" no forno, formando uma "calda" que se funde com a massa, dando um sabor soberbo!

Vejam vocês mesmos como, um Espumante acessível e um Fruto, são capazes de dar um charme, um encanto especial, a um bolo!

IMG_2620.jpeg

 

IMG_2636.jpeg


Bolo de Pera com Abóbora

  • 100 ml de Bebida Vegetal de Amêndoa 
  • 1 Estrela de Anis-estrelado
  • 1 Casca de Tangerina ou Laranja (sem a parte branca)
  • 1 Pau de Canela 
  • 150 g de Pera (polpa)
  • 140 g de Açúcar Mascavado
  • 2 Ovos
  • 240 g de Farinha de Trigo T55
  • 20 g de Amido de Milho
  • (5 g) 1 Colher de Chá (cheia) de Fermento em pó
  • 60 g de Manteiga sem Lactose 
  • 3 Peras (descascadas, descaroçadas e cortadas ao meio)
  • 60 g de Abóbora (descascada e fatiada)
  • Espumante q.b
  • Manteiga sem Lactose q.b. (para barrar a forma)
  • 2 Colheres de Sopa de Açúcar amarelo
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó
  • 40 g de Amêndoa com pele (triturada)

 

Preparação:

  1. Coloque a bebida vegetal, o anis, o pau de canela e a casca da tangerina num tacho pequeno e leve ao lume até ferver. Depois, tape o tacho e deixe em infusão até arrefecer.
  2. Descasque 3 peras e a abóbora e corte-as. Coloque numa taça e adicione o espumante (suficiente para cobrir). Tape com película aderente e deixe ao frigorífico, no mínimo 1 hora.
  3. Unte bem uma forma com manteiga. Retire 1 colher de sopa de amêndoa triturada e reserve. Distribua a restante pelas laterais da forma e polvilhe o fundo com 2 colheres de sopa de açúcar amarelo misturado com 1 colher de chá de canela em pó.

    IMG_2561.jpeg

  4. Distribua pela base da forma as metades da pera e as fatias da abóbora.
  5. Com uma batedeira, bata o açúcar com os ovos até ficar um creme fofo e esbranquiçado.
  6. Peneire, para uma tigela, a farinha de trigo, o fermento e o amido de milho. Reserve.
  7. Retire da bebida vegetal, o anis, o pau de canela e a casca da tangerina. Adicione a polpa da pera, cortada aos pedaços, e triture bem com a varinha mágica até ficar um puré.
  8. Misture, gentilmente, com uma colher de silicone, metade da mistura dos secos no preparado de açúcar e ovos. Depois, junte o puré e, de seguida, o que resta da mistura dos secos.
  9. Por fim, derreta a manteiga, em banho-maria ou no microondas, sem deixar que fique demasiado quente, e envolva-a delicadamente na massa.
  10. Com cuidado, verta a massa na forma, por cima da pera e da abóbora.

    IMG_2568.jpeg

  11. Cubra a forma com película aderente e deixe no frigorífico no mínimo 30 minutos. (Se puder, deixe no frigorífico durante a noite).
  12. No dia seguinte, pré-aqueça o forno a 180 °C.
  13. Retire a forma do frigorífico e distribua a amêndoa anteriormente reservada.
  14. Leve ao forno durante 30-35 minutos. Confira a cozedura do bolo com um palito, que deverá sair seco depois de espetado no centro.
  15. Retire do forno e deixe arrefecer na forma por 10 minutos, de seguida, desenforme.

    IMG_2572.jpeg

  16. Deixe arrefecer por completo e sirva.


Bom apetite!

 

Dicas:

  • Se pretender um bolo mega húmido, leve ao lume, num tacho pequeno, o espumante que utilizou/restou para cobrir a pera e a abóbora, uma casca de tangerina, um pauzinho de canela e 1 colher de chá de açúcar mascavado, e deixe ferver durante 7-10 minutos. De seguida, desligue o lume e deixe arrefecer. Depois de desenformar o bolo, retire a casca de tangerina e o pauzinho de canela da calda. Pincele a superfície do bolo com um pouco desta calda.
  • Este bolo deve ser servido, preferencialmente, à temperatura ambiente.
15
Set23

Um fenómeno da noite, para o dia! Bolo de Amêndoa com Vinho do Porto, Canela e Uva-morangueira!

A Uva-morangueira resulta do cruzamento de vinhas americanas (Vitis labrusca) e europeias (Vitis vinifera). Quando atinge a maturidade é doce e super saborosa.

Como este tipo de uva não é comercializado no supermercado, resta-me "rezar" para conseguir "caçar" este tesouro no mercado local. Esta semana "a sorte bateu-me à porta"... encontrei-a! Assim sendo, preparei este prazeroso Bolo de Amêndoa com Vinho do Porto, Canela e Uva-morangueira.

Bom, ter que levantar de madrugada, num fim de semana, para preparar um bolo é deveras azucrinante! Especialmente para os que têm filhotes! Por isso, ter a possibilidade de preparar a massa do bolo no dia anterior, para cozer no dia seguinte, sem perder qualidade, é... estonteante! Deste modo, temos condições para nos levantar de manhã, sair para uma caminhada e aproveitar o ar fresco, relaxada...mente! Que foi o que fiz! Nas manhãs como a desta, fico grata por ter uma fatia de bolo, recheada com uma mistura de sabores deliciosos e um perfume frutado, em casa à minha espera!

Este bolo tem uma massa macia, fofa e húmida (sem deixar aquela sensação gordurosa na boca). Nada denso e não é excessivamente doce!

Soa-vos bem? Então, experimentem e tenham um pequeno-almoço, incrível, bem rápido!

IMG_1962.jpeg

 

IMG_1984.jpeg

É a receita perfeita para as manhãs e/ou tardes de fim de semana, feriados e, também, uma inclusão bem-vinda à mesa do almoço ou jantar!

 

Bolo de Amêndoa com Vinho do Porto, Canela e Uva-morangueira

  • 300 g de Farinha de Trigo
  • 6 g de Fermento em pó
  • 4 g de Bicarbonato de Sódio
  • 150 g de Açúcar Amarelo 
  • 2 g de Canela em pó 
  • 50 g de Amêndoa torrada com pele (picada grosseiramente) 
  • 100 g de Manteiga com Sal
  • 2 Ovos
  • 1 Colher de Chá de Mel (usei, de Urze)
  • 200 g de Bebida vegetal de Amêndoa 
  • 50 g de Vinho do Porto
  • Raspa de 1/2 Limão 
  • 60 g de Maçã ralada (descascada) 
  • 1 Cacho de Uva-morangueira 


Preparação:

  1. Unte bem uma forma e polvilhe com farinha.
  2. Numa tigela grande, misture a farinha (peneirada), o fermento, o bicarbonato, a canela e a amêndoa. Faça uma cova no centro e coloque a manteiga amolecida.
  3. Noutra tigela misture a bebida vegetal, o mel, a raspa do limão e os ovos (ligeiramente batidos com um garfo).
  4. Acrescente a mistura anterior na tigela dos sólidos, juntamente com o vinho do Porto e a maçã.
  5. Envolva todos os ingredientes com uma espátula de silicone até ficar uma massa cremosa.
  6. Verta a massa na forma e espalhe gentilmente, de forma a que fique uniforme.

    IMG_1944.jpeg

  7. Cubra a forma com película aderente e deixe no frigorífico durante a noite, ou pelo menos durante 8 horas.
  8. No dia seguinte, pré-aqueça o forno a 180 °C.
  9. Retire a forma do frigorífico e distribua as uvas pela superfície da massa.

    IMG_1954.jpeg

  10. Leve ao forno por cerca de 30 a 35 minutos, até que ao inserir um palito no centro do bolo este saia seco. Retire do forno e deixe arrefecer na forma durante 20-30 minutos.

    IMG_1958.jpeg

  11. Desenforme o bolo e deixe arrefecer completamente antes de servir.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • A colheita da uva-morangueira é, geralmente, feita na altura do Outono. Da fermentação desta uva, também conhecida por Uva-americana, resulta o Vinho "Morangueiro” ou Vinho "Americano”, como é conhecido em algumas regiões do país, inclusive, nos Açores, é apelidado de “Vinho de cheiro” por conter um aroma frutado e sabor característico, bem acentuado.
  • Podem substituir as uvas por outro fruto, tal como, mirtilos, morangos, ameixas (em cubinhos), maçã (fatiada), ou por frutos secos.
25
Jul23

Farófias com Creme de Amêndoa e Gemas

(Sem Lactose e sem Glúten)

A doçaria tradicional portuguesa é riquíssima, e as farófias fazem parte da nossa cozinha há numerosas gerações, não se perderam no tempo para nossa alegria. As farófias feitas à moda antiga são cozidas em leite e, por isso, não se torna viável servi-las a toda a gente (especialmente aos que apresentam a incapacidade total para digerir a lactose). Para quebrar esse "obstáculo", substitui-o pela Bebida Vegetal. Visto por outra perspetiva, este câmbio acrescenta a riqueza do sabor da Amêndoa Torrada ao creme. Para além disso, suprimi o açúcar refinado e abasteci com mel e agave (alimentos com menor índice glicémico).

Se adoram umas Farófias leves, com um interior suave, que se desfaz na boca, e um Creme requintado, então esta receita é para vocês... cativa qualquer paladar!

A base de qualquer refeição deve começar no sabor! Isto é um dever! 

IMG_1499.jpeg


Farófias com Creme de Amêndoa & Gemas 

(Sem Lactose e sem Glúten)

  • 700 ml de Bebida vegetal de Amêndoa Torrada 
  • 4 Ovos (bem frescos)
  • 1 Casca de Limão
  • 1 Pau de Canela
  • 1 Colher de Sopa de Mel
  • 2 Colheres de Sopa de Agave
  • 1 Colher de Sobremesa (cheia) de Amido de Milho
  • Canela em pó (para polvilhar)


Preparação:

  1. Leve a bebida vegetal ao lume, num tacho largo, com o agave, o pau de canela e a casca de limão. Quando ferver, reduza o lume para o mínimo.
  2. Separe as gemas das claras. Reserve as gemas, para mais tarde fazer o creme.
  3. Bata as claras em castelo com 1 pitadinha de sal, e, quando estiverem quase firmes, adicione o mel, continuando a bater até obter um preparado bem firme.

    IMG_1497.jpeg

  4. Remova o pau de canela e a casca de limão da bebida vegetal. Deite colheradas do preparado de claras. Deixe cozer cerca de 3 minutos de cada lado, voltando-as cuidadosamente. Retire as farófias com uma escumadeira, deixando escorrer bem, e disponha num Prato ou Travessa (fundos). 
  5. Coloque as gemas numa tigela e misture o amido de milho (peneirado). De seguida, comece por temperar a gemas com um pouco da bebida vegetal e, depois, verta lentamente a restante bebida; mexa sempre com uma colher de silicone ou uma vara de arames. 
  6. Coe para um tacho pequeno e leve a lume brando, mexendo continuamente para cozer e engrossar. Verta o creme para uma Molheira.
  7. Regue as farófias com um pouco do creme (sirva o restante à parte) e polvilhe com canela em pó. Sirva mornas ou frias.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Não encha demasiado o tacho quando cozer as claras, elas vão flutuar e crescer um pouco. E também, não deixe cozer demasiado; se elas começarem a ficar mais pequenas então é porque já passaram do ponto.
  • Se o seu creme criar grumos basta passar a varinha mágica e ficará macio. "Crise" evitada!
  • Pode, também, regar as farófias com a totalidade do creme ou servi-lo à parte numa Molheira.
23
Jul23

Leite Creme aromatizado com Anis Estrelado, Canela & Limão

(Isento de Lactose e Glúten)

Não me perguntem se este Leite Creme e do 7º ou do 8º Céu, porque não vos sei dizer qual o número do "andar"!  O que sei dizer é que, é uma delícia aveludada, um tesouro de sabores e, claro, pode ser apreciado por toda a gente  (intolerantes à lactose e celíacos). Honestamente, não sinto falta nenhuma do leite, aliás, a bebida vegetal torna o creme mais leve e de fácil digestão.

Experimentem este Leite Creme, super saboroso/aromático, e digam se não é surpreendente!

IMG_1494.jpeg

 

Leite Creme aromatizado com Anis Estrelado, Canela & Limão
(Isento de Lactose e Glúten)

  • 600 ml de Bebida vegetal de Amêndoa (sem adição de açúcar)
  • 1 Anis Estrelado
  • 1 Pau de Canela 
  • 1 Casca de Limão 
  • 1 Colher de Sopa (cheia) de Mel
  • 2 1/2 Colheres de Sopa de Xarope de Agave
  • 45 g de Amido de Milho
  • 2 Gemas de Ovo
  • Açúcar (para queimar) q.b
  • Canela em pó (para finalizar) q.b


Preparação:

  1. Num fervedor de inox, aqueça a bebida vegetal de amêndoa juntamente com o anis estrelado, o pau de canela e a casca do limão até ferver. Depois de fervida, desligue o lume e deixe a infusão repousar, tapada, durante 30-40 minutos. (Quanto mais tempo deixar repousar melhor).
  2. Numa tigela junte o mel, o xarope de agave e as gemas, e mexa com uma colher de silicone até obter uma mistura cremosa. Adicione o amido de milho (peneirado) e misture bem até ficar homogéneo.
  3. De seguida, retire o anis estrelado, o pau de canela e a casca do limão da bebida vegetal. Lentamente, despeje a bebida vegetal na mistura de gemas, mexendo constantemente para evitar a formação de grumos.
  4. Passe a mistura anterior por um coador, para um tacho pequeno e volte a aquecer em lume médio-baixo, mexendo sempre até engrossar. Este processo leva cerca de 7 minutos.
  5. Distribua o leite de creme por taças ou numa travessa grande e deixe arrefecer.
  6. Antes de servir o Leite Creme, polvilhe com um pouco de açúcar e queime com o maçarico de cozinha ou com uma pá para leite creme em brasa até obter uma crosta dourada e crocante. Para finalizar, polvilhe com canela em pó (ao seu gosto).

Bom apetite!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub