Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

11
Jun24

Lasanha de Berinjela com Bacalhau e Grão

Não consigo resistir a um belo prato gratinado, com uma cobertura borbulhando e douradinha!
Mas, para servir o gratinado perfeito, não chega colocar uma camada de queijo sobre o prato! Um bom prato gratinado pede um molho, por um ponto bem simples: ministra a humidade necessária para que os diversos alimentos não fiquem secos!

IMG_4492.jpeg

 

IMG_4490.jpeg


Lasanha de Berinjela com Bacalhau e Grão

  • 1 posta de bacalhau grande 
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • 30 ml vinho branco 
  • 1 cenoura 
  • 1 alho francês 
  • 1/2 repolho
  • 1 couve-flor pequena 
  • 1 berinjela grande ou 2 pequenas
  • 170 g grão-de-bico cozido (escorrido)
  • 1 colher de sopa salsa fresca, picadinha
  • 2 tomates maduros
  • azeite
  • sal
  • pimenta preta
  • noz-moscada

Molho Bechamel:

  • 2 Colheres de Sopa Manteiga
  • 2 Colheres de Sopa Amido de Milho
  • 250 ml Leite Meio-Gordo
  • 150 ml Água de cozer o Bacalhau 
  • Sal e pimenta preta
  • Noz-moscada
  • 30 g de Queijo Cheddar ralado

 

Preparação:

  1. Coloque o bacalhau num tacho, cubra com água e coza. Deverá cozer cerca de 10 minutos ou então até o bacalhau lascar. Retire do lume e deixe arrefecer. Coe a água com um coador e reserve. Remova a pele e espinhas do bacalhau, lasque-o e reserve.
  2. Escalde o repolho (cortado em juliana), durante 2 minutos, e escorra.
  3. Corte a cebola em meias-luas finas e refogue-a num tacho com 4 colheres de sopa de azeite e 3 dentes de alho picados, em lume brando.
  4. Descasque e rale a cenoura. Lave e corte o alho-francês em rodelas finas. Adicione ao tacho e salteie.
  5. Lave a couve-flor e separe os floretes. Junte ao tacho juntamente com o repolho e misture.
  6. Acrescente o grão-de-bico, o bacalhau e a salsa picadinha. Tempere com sal, pimenta e um pouco de noz-moscada. Adicione o vinho e envolva tudo. Tape o tacho e deixe cozinhar até que os legumes fiquem macios, mais ainda um pouco crocantes.
  7. Lave e corte a berinjela em fatias longitudinais, bem finas. Não esqueça de remover e descartar o talo e as partes laterais cortadas que só tenham a casca. Coloque numa tigela com água e umas gotas de limão.
  8. Descasque os tomates, corte aos pedaços e coloque num copo juntamente com um dente de alho picado e uma pitada de sal. Triture bem com a varinha mágica. Junte 1 colher de sopa de azeite e misture.
  9. Num tabuleiro de vidro (pirex), coloque um pouco de molho de tomate, uma camada de berinjela e acrescente uma camada da mistura de bacalhau. Repita a operação de modo a que a última camada seja de beringela.
  10. Prepare o Molho Bechamel: Derreta a manteiga num tacho em lume médio-baixo, de seguida misture bem a farinha e mexa por 2-3 minutos; Sem parar de mexer, misture o leite em fio e depois a água de cozer o bacalhau; Tempere com sal, pimenta e noz-moscada ralada a gosto. Deixe ferver e cozinhe por alguns minutos, antes de retirar do lume. (Se necessário acrecente um pouco mais de leite); Misture o queijo ralado e retifique o tempero. Espalhe o molho por cima das fatias de berinjela.

    IMG_4484.jpeg

  11. Leve ao forno pré-aquecido a 200˚C por 30 a 35 minutos (o próprio molho cozinhará a berinjela). Sirva logo a seguir.

    IMG_4487.jpeg

Bom apetite!

07
Mai24

Gratinado de Bacalhau e Legumes

Bacalhau assado, frito, estufado ou "com todos", seja como for, adoro este peixe! 

Esta receita não tem grande dificuldade e é uma alternativa muito menos calórica ao clássico Bacalhau com natas.

Apesar de não ter as tradicionais natas, tem um molho bechamel amarelinho, enriquecido com gema de ovo, que fica bem cremoso e saboroso. Além disso, por tradição, as batatas são fritas mas eu faço com batatas cozidas, porque o prato já é tão rico em sabores e texturas que se torna desnecessário acrescentar gordura.

Experimentem esta delícia sem natas e sem batata frita!

IMG_4288.jpeg

 

IMG_4285.jpeg


Gratinado de Bacalhau e Legumes 

  • 1 posta de bacalhau (alta)
  • 800 ml leite
  • 1 folha de louro
  • (500 g) +/- 3 batatas médias 
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • azeite q.b
  • 1 cenoura, grande
  • 1 alho-francês 
  • 1/4 pimento vermelho 
  • 220 g brócolos 
  • 90 g couve coração 
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 gema
  • (20 g) 2 colheres de sopa de amido de milho
  • 1 colher de sopa de salsa fresca, picadinha 
  • sal, pimenta e noz moscada q.b.
  • 5 fatias de queijo ou 2 colheres de sopa de queijo ralado: edam, parmesão ou mozzarella


Preparação:

  1. Coza o bacalhau no leite, junto com a folha de louro. Deverá cozer cerca de 10 minutos ou então até o bacalhau lascar. Retire do lume e deixe arrefecer. Coe o leite com um coador e reserve. Remova a pele e espinhas do bacalhau, lasque-o e reserve.
  2. Descasque as batatas, corte em rodelas (não muito grossas), coza em água e sal até ficarem macias (sem que se desfaçam) e escorra.
  3. Escalde os raminhos dos brócolos e a couve coração (cortada em fatias grossas), durante 2 minutos, e escorra.
  4. Corte a cebola em rodelas finas e refogue-as num tacho com 2 colheres de sopa de azeite e os alhos picados, em lume brando.
  5. Descasque e rale a cenoura. Lave e corte o alho-francês em rodelas finas. Corte o pimento em cubinhos. Adicione ao tacho e salteie.
  6. Adicione a manteiga e o amido, mexa bem. Acrescente aos poucos 650 ml de leite (reservado), mexendo sempre até engrossar. Junte uma pitada de noz-moscada e pimenta (a gosto).
  7. Numa taça, misture a gema com 2 colheres de sopa de leite, junte ao tacho e mexa rapidamente. Deixe cozinhar cerca de 1 minuto e depois adicione os brócolos, a couve, o bacalhau e a salsa, envolva e deixe cozinhar por mais alguns minutos. Rectifique o sal, a pimenta e a noz-moscada se necessário. (Mexa de vez em quando e se necessário acrescente mais um pouco de leite.)
  8. Num tabuleiro de vidro de ir ao forno (pirex), untado com um pouco de azeite, coloque uma camada com metade das rodelas de batatas, outra com metade da mistura de bacalhau e legumes e, novamente, uma camada com as restantes rodelas de batatas e outra com a mistura de bacalhau e legumes. Finalize com o queijo fatiado ou ralado por cima.

     

  9. Leve ao forno pré-aquecido a 200°C, por cerca de 15 minutos ou até que fique coradinho. Retire do forno e sirva de imediato.

Bom apetite!

16
Nov23

Empadão de Bacalhau 🎣

Esta é um receita de empadão, com peixe, muito fácil de preparar e cheia de sabor. A cama de bacalhau estufado com o alecrim fresco e a cebola caramelizada, coberta por um cremoso puré de batata e couve-flor, vai deixar-vos a pedir mais!

São os bons ingredientes, a simplicidade e o gosto, que tornam este empadão sedutor!

Experimentem e distribuam boas vibrações, porque é isso que conta!

IMG_2761.jpeg

 

Empadão de Bacalhau 

  • 5 Batatas grandes 
  • 1 Couve-flor
  • 2 Postas de Bacalhau (demolhado)
  • 4 Cebolas
  • 4 Dentes de Alho
  • 1 Tomate maduro 
  • 1/2 Pimento vermelho 
  • Azeite q.b
  • 25 ml de Vinho Branco
  • 1/2 Colher de Chá Alecrim fresco
  • 1 Folha de Louro
  • Sal q.b
  • Pimenta q.b
  • Noz-moscada q.b
  • Salsa fresca q.b
  • 1 Ovo batido (para pincelar)

 

Preparação:

  1. Prepare o puré: descasque as batatas e retire as folhas da couve-flor, corte em quartos e coza, em água temperada com sal e pimenta, juntamente com 1 cebola. Quando estiver cozido, escorra e com um passe-vite desfaça tudo, para o mesmo tacho. Acrescente a noz-moscada (a gosto), e envolva bem até formar um puré homogéneo. Retifique os temperos e reserve.
  2. Coloque ao lume um tacho com água. Assim que a água começar a levantar fervura junte as postas do bacalhau e reduza o lume. Deixe cozer em lume brando durante cerca de 8 minutos. Retire o bacalhau e deixe arrefecer um pouco. Retire a pele e as espinhas do bacalhau e lasque-o. Reserve.
  3. Corte 2 cebolas em rodelas finas. Coloque num tacho juntamente com um pouco de azeite e leve a lume baixo até a cebola ficar ligeiramente caramelizada. Retire para uma taça e reserve.
  4. No mesmo tacho, prepare um refogado com azeite, os dentes de alho picados e 1 cebola picada. De seguida, adicione o tomate (pelado), cortado aos pedaços, o pimento vermelho (cortado aos quadradinhos), a folha de louro, o alecrim picadinho, a salsa picada, a pimenta (a gosto), e o vinho branco. Mexa bem e deixe cozinhar por 5 minutos. Junte um pouquinho de água quente, mexa e deixe ferver. Adicione o bacalhau às lascas e deixe cozinhar por uns 3 minutos, envolvendo tudo delicadamente. Se necessário rectifique o sal e a pimenta. Com o bacalhau pronto, retire a folha de louro, coloque numa assadeira, cubra com a cebola (reservada) e regue com o azeite. Termine com o puré.
  5. Pincele o topo com o ovo batido, faça uns riscos com ajuda de um garfo e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 15 a 20 minutos, até ficar dourado. Sirva de imediato.

Bom apetite!

04
Nov23

Bacalhau Assado no Forno com Puré de Batata e Couve-flor

… Brócolos salteados e Cebolinhas!

Bacalhau... como adooooro este peixe! E o glorioso combinado de batata e couve-flor cria um puré especial! Na minha humilde opinião, este puré fica muito mais saboroso do que o habitual e simples puré de batata. Para tornar o prato mais composto, adicionei um vegetal crocante, bem verdejante - o brócolo - rico em vitaminas e minerais, considerado um super alimento com pouquíssimas calorias e, também, umas cebolinhas.

Esta deliciosa refeição é bastante simples e não demora muito a confecionar. Com alguns temperos e apenas 30 minutos, é possível comer de forma saudável e com prazer!

Porque é que é uma das melhores receitas de bacalhau assado no forno? Porque "derrete" na boca, como uma delícia! Suculência, com todo o sabor!

Preparem hoje mesmo este prato, ou amanhã (para o almoço, p. ex.), e desfrutem da tranquilidade que advém de uma boa nutrição!

IMG_2584.jpeg

 

Bacalhau Assado no Forno com Puré de Batata e Couve-flor

  • 3 Lombos de Bacalhau (demolhados)
  • 6 Batatas grandes (para cozer)
  • 1 Couve-flor
  • 9 Cebolinhas 
  • 400 g de Brócolos 
  • 2 Cebolas
  • 6 Dentes de Alho
  • 1 Tomate
  • 1/3 Pimento vermelho 
  • 50 ml de Vinho Branco 
  • 1 Folha de Louro
  • 1/2 Colher de Sopa de Manteiga
  • Sal e Pimenta q.b
  • Salsa fresca q.b

 

Puré de Batata e Couve-flor:

  1. Coloque as batatas (descascadas e cortadas em pedaços), a couve-flor (cortada em quatro) e uma cebola numa panela e adicione água fria suficiente para cobrir. Adicione o sal e pimenta a gosto. Tape com um testo e coloque a ferver em lume alto. Depois, reduza o lume e deixe a cozinhar, cerca de 15 minutos ou até que as batatas e a couve-flor estejam macias. Faça o teste com uma faca, esta deve passar com muita facilidade pelo interior da batata.
  2. Escorra e esmague tudo com um passe-vite, para a panela em que foram cozidas. Adicione a manteiga e retifique o sal e a pimenta, e misture bem.

 

Brócolos Salteados:

  1. Separe e lave bem os brócolos. Coza-os num pouco de água, temperada com sal. Depois, escorra e reserve.
  2. Num tacho, com 3 colheres de sopa de azeite, aloure (ligeiramente) 3 dentes de alho picadinhos. Adicione os brócolos e mexa. Reserve.

 

Bacalhau Assado no Forno:

  1. Numa frigideira, prepare um refogado com 5 colheres de sopa de azeite, 3 dentes de alho picados e 1 cebola picada. De seguida, adicione o tomate (pelado), cortado aos pedaços, o pimento vermelho (cortado aos quadradinhos), a folha de louro, a salsa picada, o sal e a pimenta (a gosto), e o vinho branco. Mexa bem e deixe cozinhar por 5 minutos. Junte um pouco de água quente, mexa e deixe ferver.
  2. Numa assadeira, coloque os lombos de bacalhau e as cebolinhas inteiras (descascadas). Cubra com o preparado anterior e coloque no forno a 200°C por cerca de 20 minutos. (Se for necessário acrescente mais um pouco de água quente, para que não fique seco.)
  3. Sirva o bacalhau assado com o puré de batata e couve-flor, os brócolos salteados e as cebolinhas.

Bom apetite!

02
Nov23

Omelete de Bacalhau com Couve e Feijão-fradinho

A omelete de bacalhau é uma das minhas omeletes favoritas e, juntamente com a couve e o feijão-fradinho, cria um prato incrivelmente saudável, com fibras ​​e proteínas (entre outros nutrientes), e, também, avuloma o sabor no prato. Uma opção... eletrizante!

Esta refeição, atesta o nosso "motor" com boa energia, fundamental, para enfrentarmos a labuta do dia.

Sigam a receita, passo a passo, e experimentem uma refeição simples que supera as adversidades, de forma natural!

IMG_2555.jpeg


Omelete de Bacalhau com Couve e Feijão-fradinho
 

  • 120 g Feijão-fradinho (cozido e escorrido)
  • 200 g Couve (Penca)
  • 3 Dentes de alho
  • Sal q.b
  • Azeite q.b
  • 3 Ovos
  • +/- 150 g de Bacalhau demolhado (desfiado)
  • 1 Cebola


Molho Verde:

  • 2 Colheres de Sopa de Salsa, picadinha 
  • 1 Cebola, pequena 
  • 1/3 Chávena de Chá de Azeite
  • 1/2 Colher de Chá de Mostarda Dijon
  • 1 Colher de Café de Vinagre de Arroz
  • Sal q.b


Preparação:

  1. Lave e corte as folhas de penca em tiras grossas. Leve a cozer numa panela com água e um pouco de sal. Quando estiverem cozidas, escorra.
  2. Entretanto, prepare o Molho Verde: Pique a cebola e a salsa para uma taça pequena. Junte uma pitadinha de sal, o vinagre e a mostarda e misture bem. Acrescente aos poucos o azeite enquanto mistura.
  3. Adicione numa frigideira um fio de azeite e os alhos picadinhos. Acrescente a penca e refogue bem, mexendo de vez em quando. Tenha atenção para não queimar. Quando já estiver ao seu gosto rectifique o tempero, se for necessário. 
  4. Caso opte pelo feijão-fradinho de lata, lave-o bem e escorra-o. Junte-o à penca e mexa. Se a mistura estiver seca, pode acrescentar mais um pouco de azeite, mas não exagere para que também não fique gordurosa. Reserve.
  5. Prepare a Omelete: Numa taça, bata os ovos, envolva o bacalhau e 1 cebola picadinha. Reserve.
  6. Numa frigideira anti-aderente, coloque um pouco de azeite e leve ao lume a aquecer. Acrescente 1/3 da mistura de ovos, deixe cozinhar em lume brando até a omelete estar ligeiramente dourada e, por fim, dobre-a. Retire para um prato e repita o processo, por mais duas vezes.
  7. Sirva a Omelete acompanhada com a mistura de Couve e Feijão-fradinho. Termine com o molho verde.

Bom apetite!

14
Jul23

Pataniscas de Bacalhau e Azeitona

(Acompanhadas com Risotto de Feijão Verde e Cenoura)

A Patanisca de Bacalhau é um clássico da gastronomia portuguesa e é um pitéu em qualquer estação do ano. Adoro acabadinha de sair da frigideira no inverno, quase a queimar a língua, e morninha no verão. Quem não concorda?! Só quem não gosta de bacalhau...!

Esta receita para mim é uma das melhores, dado que, a Patanisca não fica "banhada" de gordura, mantém-se suculenta por dentro (graças ao bacalhau e à azeitona) e estaladiça por fora. Além disso, sabor é o que não lhe falta!

IMG_1434.jpeg


Patanisca de Bacalhau e Azeitona

  • 450 g Bacalhau (desfiado e demolhado)
  • 12 Azeitonas, descaroçadas
  • 3 Cebolas, médias
  • 5 Dentes de Alho
  • 1/2 Molho de Salsa
  • 190 g Farinha de Trigo 
  • 95 g Amido de Milho
  • 1/2 Colher de Sopa de Fermento em pó 
  • 225 g Água com gás
  • 2 Ovos
  • Sal
  • Pimenta preta
  • Óleo para fritar

 

Preparação da Patanisca:

  1. Peneire a farinha de trigo, o amido de milho e o fermento em pó para uma taça. Junte o bacalhau, as azeitonas (cortadas aos bocados), a cebola, o alho e a salsa (todos picadinhos). 
  2. Acrescente os ovos, a água com gás (fria), a pimenta e o sal (cuidado, pois depende do próprio sal do bacalhau). Envolva delicadamente. 
  3. Encha uma frigideira larga com óleo, até 1/2 cm de altura, e aqueça para fritar. Mergulhe o cabo de uma colher de pau seca, para testar a temperatura do óleo, se fizer bolhinhas à volta, está pronto.
  4. Disponha colheradas da massa no óleo e deixe fritar, de ambos os lados, até estarem firmes, crocantes e douradas.
  5. Quando estiverem prontas, retire e coloque sobre papel absorvente para remover o excesso de gordura.
  6. Acompanhe com Risotto de Feijão Verde e Cenoura, como eu, ou então com uma salada colorida.

 

Risotto de Feijão Verde e Cenoura

  • 240 g Arroz para Risotto
  • 1 L Água (aproximadamente)
  • 1 Cebola, picadinha
  • 2 Dentes de Alho, picadinhos
  • 1/2 Cenoura
  • 150 g Feijão Verde
  • 1/2 Colher de Chá Manteiga
  • Azeite
  • Sal
  1. Num tacho, coloque um fio de azeite, a cebola e os alhos, e deixe em lume baixo até ficarem macios, sem deixar alourar.
  2. Adicione o arroz e mexa bem. Junte 1 concha de água (quente), a cenoura e o feijão verde cortados aos bocadinhos, e tempere com sal.
  3. Baixe o lume, quando ferver, para que o arroz não cozinhe muito rápido por fora. Continue adicionando conchas de água e aguarde até que seja quase totalmente absorvida, antes de adicionar a próxima. Mexa sempre o tacho. (Se acabar a água, antes do arroz estar cozido, adicione um pouco mais de água a ferver). Este processo demora cerca de 15 minutos. Prove o arroz para saber se está cozido. O arroz deve ficar macio, mas com uma ligeira firmeza. Não se esqueça de retificar o sal.
  4. Depois, retire o tacho do lume, acrescente a manteiga e mexa. Tape o tacho e deixe descansar 5 minutos. Esta etapa é importante para conseguir o risotto perfeito, pois é quando fica super cremoso, como deve ser.
  5. Sirva.

Bom apetite!

28
Abr23

Omelete de Bacalhau com Arroz de Favas

Se me disserem "Vai à fava!", eu respondo "Com muito gosto! Até porque, eu adoro favas!". E se for com um delicioso arroz cremoso, bem malandrinho... yummy!

Para esta refeição, que bem se pode qualificar como comida de conforto, muito rápida de preparar, combinei uma Omelete com, saborosas, sobras de Bacalhau e um Arroz de Favas (leguminosas ricas em proteína e fibra). E para refrescar este "casal", nada melhor do que uma cenoura leve e crocante.

IMG_0842.jpeg

 

Omelete de Bacalhau com Arroz de Favas

(2 Doses)

  • 2 Colheres de Sopa de Azeite
  • 1 Cebola
  • 1 Chávena de Arroz Carolino
  • 3 Chávenas de Água
  • 100 g de Favas (descascadas)
  • Sal (a gosto)
  • 2 Ovos, grandes
  • 1 Cebola
  • 1/2 Posta de Bacalhau, cozido
  • Salsa, picadinha (a gosto)
  • 1 Cenoura
  • 1 Azeitona Verde

 

Preparação:

  1. Para o Arroz: coloque o azeite e a cebola picadinha num tacho e deixe cozinhar em lume brando, até que a cebola fique translúcida. Junte o arroz e a água (quente), e tempere com sal. Mexa bem.
  2. Junte as favas e deixe cozinhar em lume brando, durante 20 minutos. Vá mexendo, de vez em quando, de forma a atingir um arroz solto e cremoso. 
  3. Para a Omelete: Numa taça, bata os ovos e envolva o bacalhau (lascado) e a salsa. Reserve.
  4. Numa frigideira anti-aderente, coloque uma colher de sopa de azeite e 1/2 cebola picadinha. Deixe cozinhar, em lume baixo, até ficar macia. Depois acrescente metade da mistura de ovo, deixe cozinhar em lume brando até estar dourada e, por fim, dobre a omelete. Retire e repita o processo.
  5. Sirva a Omelete e o Arroz de Favas, acompanhados com a Cenoura ralada, decorada com a bela Azeitona Verde.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Se as favas forem tenras, podem utilizá-las com a casca, caso contrário, como é o caso, retire-a e use apenas o interior.
08
Dez22

Bolinhos de Grão-de-Bico e Bacalhau

Esta receita com Grão-de-Bico e Bacalhau é a solução ideal para uma refeição saborosa e aconchegante. Estes bolinhos isentos de glúten e ricos em proteína vegetal são perfeitos para aproveitar sobras de comida. Aproveitar, é muito usual aqui em casa. Além de se reduzir o desperdício alimentar poupa-se um valor significativo na alimentação. Por isso, tenho o hábito de guardar todos os restinhos que sobram de comida. Aqui está um exemplo - aproveitei o grão-de-bico e o bacalhau que sobraram do almoço do dia anterior, para confecionar estes bolinhos.

As refeições mais apetitosas e aromáticas podem ser confecionadas a partir de sobras, tal como estes Bolinhos de Grão-de-Bico e Bacalhau, experimentem!

Bolinhos grao-bico+bacalhau1.jpeg

 

Bolinhos de Grão-de-Bico e Bacalhau

  • 1 Chávena Grão-de-Bico (cozido);
  • Meia posta de Bacalhau (cozido);
  • 2 Batatas médias;
  • 1 Cebola pequena;
  • 50g Flocos de Aveia (sem Glúten);
  • Sal q.b.;
  • Pimenta q.b.;
  • Cominhos q.b.;
  • Salsa q.b.;

 

Preparação:

  1. Coloque no processador, o grão-de-bico, o bacalhau, a cebola, a salsa e os cominhos e pique;
  2. Coza as batatas (sem casca) com um pouco de sal. Depois, escorra e guarde a água da cozedura. Reduza as batatas a puré e junte à mistura do grão;
  3. Coloque num tacho, os flocos de aveia e uma chávena de água da cozedura das batatas. Leve ao lume até engrossar. Depois, junte à massa do grão e misture bem. Tempere com sal e pimenta;

    Bolinhos grao-bico+bacalhau2.jpeg

  4. Com o auxílio de duas colheres de sopa modele bolinhos arredondados (quenelles) e coloque num tabuleiro, forrado com papel vegetal;
  5. Leve ao forno a assar, a 180ºC.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Pode juntar cenoura ralada, alho-francês laminado  e/ou pimento aos cubinhos. Deve saltear, com um fiozinho de azeite, antes de juntar à massa, para cozer um pouco.

 

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub