Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

7 Dias Nutridos de Sabores

Sou uma apaixonada pelo mundo da cozinha e tenho o gosto de partilhar as minhas receitas favoritas. Considero este blog como o meu encantador livro de receitas. Receitas ricas de aromas e sabores memoráveis.

7 Dias Nutridos de Sabores

20
Fev23

Bilharacos de Abóbora e Cenoura

Comer Bilharacos é no Natal, dizem os tradicionalistas! Quem é que liga a isso!? Além do que, Natal é sempre que quisermos! E como Natal, para mim, significa amor, paz e partilha, confecionei estes apetitosos Bilharacos de Abóbora e Cenoura, que deliciei em união familiar.
Agora, com esta receita muito fácil, vocês podem fazer o mesmo na companhia da vossa família e/ou amigos!

8A9CE5A5-6A32-4C30-81FD-9D1D1FC4EBF5.jpeg


F6C71E37-24BA-44E4-80CF-7C48DD59E24B.jpeg

 

Bilharacos de Abóbora e Cenoura

  • 1.600Kg de Abóbora Menina ou Manteiga (descascada e sem pevides)
  • 125g de Cenoura (descascada)
  • Sal q.b
  • 1 Gema de Ovo
  • 55g de Açúcar Amarelo
  • 1 Colher de Sopa (cheia) de Vinho Moscatel
  • 50g de Farinha de Trigo sem fermento (aproximadamente)
  • 60g de Frutos secos (nozes, avelãs, amêndoas, pinhões) 
  • Óleo, para fritar 
  • Para polvilhar: 2 c. sopa de açúcar; 2 c. de sopa de canela em pó

 

Preparação:

  1. Na véspera, descasque a abóbora e a cenoura, coloque numa panela e coza em água com uma pitada de sal. De seguida, vire para dentro de um saco de pano e deixe escorrer, pendurado, para que enxugue, de preferência, de um dia para o outro.
  2. No dia seguinte, depois de escorrer (pode apertar bem o pano para perder quase toda a água), coloque a polpa de abóbora e cenoura numa tigela. (Fiquei com 460g de polpa, escorrida).
  3. Adicione a gema de ovo, o açúcar e o vinho Moscatel. Misture muito bem com as mãos.
  4. Adicione a farinha e misture. Se preferir uma massa mais consistente, adicione um pouco mais de farinha. A massa não deve ficar nem demasiado mole (de forma a que possa ser frita às colheradas), nem muito rija.
  5. Acrescente os frutos secos e envolva bem.

    3082EA0F-8597-4342-9BC5-23F4B027290B.jpeg

  6. Com a ajuda de 2 colheres de sopa, forme os bolinhos (em quenelle) e frite em óleo quente, até ficarem bem douradinhos de ambos os lados.
  7. Coloque os bolinhos a escorrer em papel de cozinha, para retirar o excesso de óleo.
  8. Misture o açúcar com a canela e passe os bolinhos.

Bom apetite!

18
Fev23

Rabanadas de Abóbora

Gostariam de comer uma Rabanada profundamente cremosa? Aqui está ela!

Assumo, no início estava um pouco reticente mas, depois de provar a mistura de abóbora com o leite aromatizado fiquei bastante entusiasmada. E, de facto, fica... deliciosamente cremosa! A abóbora realça o sabor clássico da rabanada e cria uma mistura rica, semelhante a um creme, que cobre as fatias do pão (aumentando a camada externa). E o interior da rabanada fica com uma consistência tipo pudim.

Tal como fiz nas Rabanadas de Leite, confeccionei estas Rabanadas com leite sem lactose para poderem ser experienciadas por todos, incluindo os intolerantes à lactose.

Podem preparar estas rabanadas durante a semana ou, façam como eu, no fim-de-semana quando posso sentar, descontrair e apreciar.

CFB967B7-D7AA-4C25-AE42-27C22ED755CD.jpeg

341BF397-17EA-4EC4-BA56-BF75E1ACF793.jpeg


Rabanadas de Abóbora 

  • 8 fatias de Pão de Cacete (fatias cortadas com 2 cm de largura; pão do dia anterior)
  • 100g de Abóbora manteiga ou menina, cozinha (escorrida)
  • 500ml de Leite meio-gordo (sem lactose)
  • 50g de Açúcar Amarelo
  • 3 cascas de Limão
  • 1/2 colher de café de Canela em pó 
  • ¼ colher de café de Noz-moscada
  • 1 ovo L
  • 1 colher de sobremesa de Vinho do Porto 
  • +-450ml de Óleo, para fritar
  • Para polvilhar: 2 colheres de sopa de Açúcar; 1 colher de sopa de Canela

 

Preparação:

  1. Coza uma rodela pequena de abóbora, sem casca e pevides, com uma pitadinha de sal. Depois, escorra e reserve.
  2. Ferva o leite, numa panela, com o açúcar, as cascas de limão, a canela e a noz-moscada. Quando ferver, desligue o lume.
  3. Junte a abóbora, retire as cascas do limão, e triture com a varinha mágica.
  4. Deixe repousar (com tampa) durante 20 minutos;
  5. Coloque a mistura de abóbora numa travessa de vidro e demolhe as fatias de pão. Utilize as mãos para espalhar a mistura, cobrindo todos os lados do pão. Reserve durante 20 minutos e vá virando, com muito cuidado, as fatias de 5 em 5 minutos, para ficarem bem húmidas;
  6. Bata muito bem o ovo com o vinho do Porto, com a ajuda de um garfo, numa travessa de vidro;
  7. Passe cada fatia de pão no ovo, à medida que for fritando. (A mistura de abóbora é muito mais espessa do que a mistura de leite tradicional das rabanadas, portanto, pode ser necessário retirar um pouco antes de passar no ovo).
  8. Frite em lume médio e óleo abundante, dos dois lados, até ficarem douradinhas. Reduza o lume conforme for necessário para cozinhar completamente sem queimar.
  9. Coloque as fatias a escorrer em papel de cozinha, para retirar o excesso de óleo;
  10. Misture o açúcar com a canela e passe as fatias, uma de cada vez.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Pão – Sempre que fizerem rabanadas utilizem o pão do dia anterior, pois vai absorver melhor o líquido, e evitem fatias finas de pão, cortem fatias grossas (2cm ou 2,5cm).
16
Jan23

Bilharacos de Abóbora e Batata-doce

Porque podemos cortar com o tradicional... aventurei-me a reinventar a receita de Bilharacos de Abóbora! A combinação de abóbora e batata-doce concebe uma textura extra cremosa ao interior dos Bilharacos, muito agradável, contrastando com os frutos secos crocantes.

Arrisque a experimentar estes Bilharacos de Abóbora e Batata-doce e, certamente, vai ficar agradavelmente surpreendido!

2102D1F8-6561-4AE1-AE30-970701469F89.jpeg

 

Bilharacos de Abóbora e Batata-doce

  • 2.100Kg de Abóbora Menina (descascada e sem pevides)
  • 200g de Batata-doce (descascada)
  • Sal q.b
  • 1 Gema de Ovo
  • 65g de Açúcar Amarelo
  • 1c. sopa de Vinho do Porto
  • 50g de Farinha de Trigo sem fermento (aproximadamente)
  • 80g de Frutos secos (nozes, avelãs, amêndoas, pinhões) 
  • Óleo, para fritar 
  • Para polvilhar: 3 c. sopa de açúcar; 3 c. de sopa de canela em pó

 

Preparação:

  1. Na véspera, descasque a abóbora e a batata-doce, coloque numa panela e coza em água com uma pitada de sal. De seguida, vire para dentro de um saco de pano e deixe escorrer, pendurado, para que enxugue, de preferência, de um dia para o outro.
  2. No dia seguinte, depois de escorrer (pode apertar bem o pano para perder quase toda a água), coloque a polpa de abóbora e batata-doce numa tigela. (Fiquei com 780g de polpa, escorrida).
  3. Adicione a gema de ovo, o açúcar e o vinho do Porto. Misture bem com as mãos.
  4. Adicione a farinha e misture. Se preferir uma massa mais consistente, adicione um pouco mais de farinha. A massa não deve ficar nem demasiado mole (de forma a que possa ser frita às colheradas), nem muito rija.
  5. Acrescente os frutos secos e envolva bem.

    18023815-C7D2-411A-A699-B81CA033A7A5.jpeg

  6. Com a ajuda de 2 colheres de sopa, forme os bolinhos (em quenelle) e frite em óleo quente, até ficarem bem douradinhos de ambos os lados.
  7. Coloque os bolinhos a escorrer em papel de cozinha, para retirar o excesso de óleo.
  8. Misture o açúcar com a canela e passe os bolinhos.

Bom apetite!

11
Jan23

Bolo de Abóbora, Cenoura, Azeite e Nozes

Esta receita é-me muito especial. Recebi a receita do Mattia's , numa viagem ao Reino Unido, no Mercadinho de rua (Organic farms) que se realizava ao fim-de-semana.

Este Bolo de Abóbora, Cenoura, Azeite e Nozes, é muito fácil de fazer e incrivelmente húmido e saboroso!

Bolo Cenoura, Abobora,Azeite,Nozes1.jpeg

 

Bolo Cenoura, Abobora,Azeite,Nozes2.jpeg

 

Bolo de Abóbora, Cenoura, Azeite e Nozes

  • 200g Farinha de trigo com fermento
  • 120g Açúcar Amarelo
  • 100g Nozes, aos pedaços
  • 100g Azeite Virgem-Extra
  • 3 ovos
  • 200g Abóbora-manteiga (ralada)
  • 100g Cenoura (ralada)
  • 1 c. chá Bicarbonato de sódio
  • 1 c. chá Canela e/ou Raspa de Limão

 

Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 180° C;
  2. Unte uma forma com manteiga e um pouco de farinha de trigo;
  3. Misture, numa tigela, os ingredientes secos. Abra uma cova no centro;
  4. Adicione os ovos, o azeite, a abóbora e a cenoura, e misture;
  5. Coloque na forma e leve ao forno a cozer, cerca de 40 minutos.

Bom apetite!

 

Dicas:

  • Pode substituir a Abóbora-manteiga e a Cenoura por: Abóbora-menina, Batata-doce, Courgette, Beterraba, Pastinaca, ...
  • Pode substituir a Noz por: Amêndoa, Avelã, Noz Pecan, Pinhão, ...
30
Dez22

Bilharacos de abóbora à moda da avó (com frutos secos)

Este é um doce tradicional de Natal na região de Aveiro. Os Bilharacos e os Sonhos, embora muito parecidos, são doces com massas muito distintas.

Os Bilharacos são confecionados na nossa família há longos anos, inicialmente pela minha avó, e todos temos os nossos próprios truques e gostos na hora de os preparar.

São fáceis de fazer mas convém iniciar a preparação com alguma antecedência, para que a abóbora escorra bem. Este é um dos truques deste doceNo dia seguinte, é necessário espremer bem a abóbora, no saco de pano, para eliminar o excesso de líquido (ainda vai largar bastante).

Como nós preferimos os Bilharacos um pouco mais húmidozinhos, não espremo muito a abóbora e adiciono o mínimo possível de farinha. A quantidade de farinha depende muito da consistência que se quiser obter. Se preferir os Bilharacos  mais secos adicione um pouco mais de farinha e/ou escorra mais a abóbora.

Esta é a receita de Bilharacos de Abóbora que tradicionalmente fazemos cá em casa, enriquecidos com frutos secos, para celebrar o Natal e a chegada do Novo Ano.

 

Bilharacos.jpeg

Bilharacos de Abóbora à
 moda da avó 

  • 2 Kg Abóbora Menina
  • Sal q.b
  • 1 Gema de Ovo
  • 40g Açúcar
  • 1/2 cálice de Vinho do Porto ou Aguardente velha
  • 150g Farinha de trigo sem fermento (aproximadamente)
  • 100g Frutos secos (nozes, avelãs, amêndoas, pinhões) 
  • Óleo, para fritar 
  • Para polvilhar: 4 c. sopa de açúcar; 2 c. de sopa de canela em pó

Preparação:

  1. Na véspera, descasque, e coza a abóbora em água temperada com sal até ficar macia.
  2. Coloque a abóbora dentro de um saco de pano e deixe escorrer, pendurado, para que a abóbora enxugue, de preferência, de um dia para o outro.
  3. No dia seguinte, depois de bem escorrida (pode apertar bem o pano até a abóbora perder quase toda a água), coloque-a numa tigela. 
  4. Adicione a gema de ovo, o açúcar e o vinho do Porto/Aguardente. Amasse bem com as mãos.
  5. Adicione farinha, aos poucos, e mexendo, até obter uma massa consistente, mas nem muito mole nem muito rija e que possa ser frita às colheradas.
  6. Acrescente os frutos secos e envolva bem.
  7. Com a ajuda de 2 colheres de sopa, forme os bolinhos (quenelle) e frite em óleo quente, até alourarem bem de ambos os lados.
  8. Coloque os bolinhos a escorrer em papel de cozinha, para retirar o excesso de óleo.
  9. Misture o açúcar com a canela e polvilhe os bolinhos.
Bom apetite!

Dicas:

  • Se o óleo não estiver suficientemente quente os bolinhos ficam ensopados em óleo; se, pelo contrário, o óleo estiver demasiado quente os bolinhos ficam rapidamente muito escuros e por vezes mal passados.
  • Se a massa estiver mole, o óleo tem de estar muito quente; se estiver um pouco dura, o óleo pode estar um pouco menos quente.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Direitos de Autor

Todas as fotografias publicadas são da minha autoria, incluindo a sua edição. Por favor, não utilizem as minhas fotografias sem a minha autorização. Muito obrigada.

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub